"Quando me Apaixono" chega ao Brasil pelo SBT

Novela mexicana é uma nova versão de "A Mentira".

Univisión anuncia exibição de "A Dona do Pedaço" nos Estados Unidos

Novela de Walcyr Carrasco deverá ser exibida no Prime Time da emissora hispânica nos próximos meses.

"Verdad Oculta" estreia na Colômbia pelo Canal RCN

Trama policial é protagonizada por Verónica Orozco e Rodrigo Candamíl.

"Amar e Viver" chega à Plataforma Netflix

Novela colombiana está disponível para os assinantes do Brasil.

"Chiquititas" volta à tela do SBT

Produção ganha segunda reprise, mas como "edição especial".

Notícias

quarta-feira, 25 de dezembro de 2019

NOVELAQUIZ: Teste os seus conhecimentos (15)

Foto: Reprodução

No quiz desta semana, resgatamos um sucesso da TV Globo da década de 70. Você sabe que novela é essa? Entre e confira!

quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

NOVELAQUIZ: Teste os seus conhecimentos (14)

Foto: Reprodução

No quiz desta semana vamos relembrar uma curiosidade da novela "A Madrasta", um grande sucesso da Televisa exibido na tela do SBT.  Aperte o play e divirta-se.

quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

NOVELAQUIZ: Teste os seus conhecimentos (13)

Foto: Reprodução

No vídeo desta semana, vamos relembrar um grande clássico da TV brasileira. Aperte o play e curta mais um quiz!

terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Fique por dentro da história de "Amor Sem Igual"

Foto: Reprodução

Na infância Angélica (Day Mesquita) perdeu a mãe e foi rejeitada pelo pai por ser fruto de um caso, além de ter sido abusada por homens mais velhos, crescendo numa vida miserável e sem amor e recorrendo a prostituição sob o nome de Poderosa para se sustentar. O pai dela é o milionário Ramiro (Juan Alba), dono da Brás Talentos Esportivos – empresa que agencia jovens jogadores de futebol – e que precisa de um transplante de rim para não morrer, embora os filhos legítimos, Tobias (Thiago Rodrigues) e Fernanda (Bárbara França), sejam incompatíveis. Ele decide procurar a filha bastarda na esperança dela ser doadora, o que irrita Tobias, que não quer dividir a herança, contando com a ajuda de Bernardo (Heitor Martinez) e Leandro (Gabriel Gracindo) para elimina-la antes e garantir o fim do pai. Após quase ser morta, Angélica é salva por Miguel (Rafael Sardão), um agricultor de Mogi das Cruzes que aprendeu a não julgar, florescendo um romance conturbado, uma vez que ela ela não confia em ninguém e não acredita no amor.
Miguel trabalha no Mercadão de São Paulo e considerada como sua família Oxente (Ernani Moraes) e Zenaide (Andréa Avancini), casal de nordestinos que quatro filhos de personalidades opostas. Maria Antônia (Michelle Batista) sempre desprezou o amor do peão Hugo (José Victor Pires) por gostar de Miguel, ficando revoltada quando ele se envolve com Angélica e sendo disposta a tudo para separa-los, o que agrava seus surtos de bipolaridade. O nerd José Antônio (César Cardadeiro) é apaixonado pela enfermeira Donatella (Sthefany Brito), mas nem imagina que ela também é prostituta e atende fetiches vestida de médica, além de viver um relacionamento abusivo com Tobias. Júnior (Miguel Coelho) odeia a vida humilde e é capaz de qualquer coisa para se dar bem e sair da fazenda, ainda que prejudique a família. Já Pedro (Guilherme Dellorto) se envolve com Fernanda, mas tem que enfrentar a arrogância de Ramiro e as armações de Leandro, namorado da inocente Fabiana (Manuela do Monte), que tenta conquistar também a herdeira pelo dinheiro.
Angélica atende no bordel da rígida Olympia (Françoise Forton) junto com sua melhor amiga Furacão (Dani Moreno), a rival Ioná (Malu Falangola), que inveja seu sucesso, e Cindy (Juliana Lohmann), por quem Bernardo é obcecado e é a paixão de Wesley (Thiago Amaral). Filho de Furacão, o rebelde Caio (Henrique Camargo) treina pela Brás e disputa a maria-chuteira Rosa (Brenda Sabryna) com Santiago (Marcio Elizzio), além de maltratar e se envergonhar da mãe pela vida que leva. Avó de Fernanda e Tobias, Norma (Selma Egrei), foi morar numa casa de repouso após a morte da filha e redescobre o amor com Geovani (Paulo Figueiredo). Na Brás ainda trabalham Sônia (Marcela Muniz), que tenta desmascarar Tobias, e Vânia (Camila Mayrink), que sonha dar um golpe nele.

Fonte: Record TV

segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

"O Clone" está de volta no Canal Viva

Foto: Reprodução

A partir de hoje, dia 9 de Dezembro, "O Clone" está de volta no Canal Viva. Produzida em 2001 pela TV Globo, a novela é um dos grandes sucessos da dramaturgia nacional da última década.
A história de "O Clone" começa há dezoito anos, quando Jade (Giovanna Antonelli) ficou órfã e voltou para o Marrocos, onde passou a viver com o tio Ali (Stênio Garcia), a prima Latiffa (Letícia Sabatella) e Zoraide (Jandira Martini). Lá, ela tem que se reconciliar com a religião de sua família, totalmente formada por muçulmanos, e conhece Lucas (Murilo Benício), que está de férias na África. Mas uma série de fatos impede a união do casal. O primeiro deles é a oposição de Ali, que obriga Jade a seguir os ensinamentos do Alcorão, livro sagrado islâmico, e arranja para a moça um casamento com Said (Dalton Vigh), mesmo com toda a rebeldia da sobrinha. Diogo (Murilo Benício), irmão gêmeo de Lucas, morreu em consequência da explosão de seu helicóptero no Rio de Janeiro. 
Antes da tragédia, Diogo estava no Marrocos com o irmão e havia brigado violentamente com o seu pai, o milionário Leônidas Ferraz (Reginaldo Faria), por este tê-lo preterido em favor de Yvete (Vera Fischer), mulher com quem o rapaz teve uma aventura amorosa sem saber que era a namorada de seu pai, na noite anterior à chegada dele ao Marrocos. 
O falecimento de Diogo causa um profundo remorso em Leônidas, que passa a fugir constantemente de Yvete, cujas intrigas causaram desentendimentos entre pai e filho. Apesar das mágoas, Leônidas exige de Lucas que cuide de suas empresas. O rapaz, retraído e sonhador, bem diferente do falecido irmão, almeja ser músico. Mas Leônidas não ouve seus argumentos e seus projetos não são concretizados. Com as pressões do pai, o jovem é obrigado a abandonar Jade, o seu grande amor. É a partir daí que começa a se desenrolar a trajetória de sua infeliz união com Maysa (Daniela Escobar), que foi namorada do Diogo anteriormente. Os dois viverão discutindo e com isso, Mel (Débora Falabella), a filha do casal, se envolverá com drogas. 
Quem não se conforma com a morte de Diogo é o seu padrinho, o cientista Augusto Albieri (Juca de Oliveira), que decide fazer um clone de Lucas a partir de uma célula somática. A célula é introduzida em segredo nos óvulos colhidos em laboratório vindos de Deusa (Adriana Lessa), uma manicure que almeja ter um filho por meio da inseminação artificial. Entretanto, ela desconhece a verdade: não houve nenhuma fertilização de seus óvulos com o sêmen de um doador qualquer, e sim, a experiência genética de Albieri. Por isso, Deusa não é a mãe de Léo (Murilo Benício) e apenas serviu como mãe de aluguel para o clone de Lucas.
"O Clone" é uma história de Glória Perez, com direção de Teresa Lampreia e Marcelo Travesso. A direção geral é de Jayme Monjardim, Mário Márcio Bandarra e Marcos Schechtmann. A novela ocupará a faixa das 11 da noite do canal pago, com reprise à 1 e meia da tarde.

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Rubí - Primeiro Promocional

Foto: Reprodução

Terceiro título do projeto "Fábrica de Sueños", em que 12 novelas de sucesso ganharão uma nova versão em formato de série de 25 capítulos, "Rubí" será uma das primeiras estreias de 2020 na TV americana. Diferentemente de "La Usurpadora" e "Cuna de Lobos", que estrearam primeiro no México, a história da descarada fará sua estreia primeiramente nos Estados Unidos.
A mais recente adaptação da famosa história de Yolanda Vargas Dulché está a cargo de Leonardo Padrón, em seu retorno à televisão depois do grande sucesso de "Amar a Muerte", repetindo a parceria com o produtor Carlos Bardassano.
Camila Sodí, José Ron, Rodrigo Guirao, Mayrín Villanueva, Kimberly dos Ramos, são alguns dos nomes dos artistas que integram o elenco desta série.
"Rubí" deverá estrear nas primeiras semanas de 2020 em data a ser confirmada.

Divulgação: WStudios / Univisión

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

NOVELAQUIZ: Teste os seus conhecimentos (12)

Foto: Reprodução

No quiz desta semana, vamos falar de uma novela mexicana com personagens idênticos. Você se lembra de alguma história? Aperte o Play e curta mais um vídeo com curiosidades!

 

terça-feira, 3 de dezembro de 2019

Amor Sem Igual - Primeiros Promocionais

Foto: Reprodução

Faltando pouco dias para o final de "Topíssima", a Record TV começou a promover sua próxima novela. "Amor Sem Igual" narra a história de Angélica (Day Mesquita) que adota o nome de Poderosa como garota de programa. Filha bastarda de Ramiro (Juan Alba), ela será perseguida pelo meio irmão Tobias (Thiago Rodrigues), que tenta matá-la para não ter que dividir a herança. No meio do caminho, Angélica conhece Miguel (Rafael Sardão), que se apaixonará por ela e lhe mostrará um outro lado da vida. Além da trama central, a novela abordará outros temas como o combate ao racismo, bipolaridade, câncer de mama e venda de órgãos humanos.
"Amor sem Igual" é uma história de Cristianne Fridman, com direção-geral de Rudi Lagemann. O primeiro capítulo vai ao ar na próxima terça-feira, dia 10 de Dezembro, às 8 e meia da noite.






segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Fique por dentro da história de "Amor de Mãe"

Foto: Reprodução

Há 26 anos, Lurdes (Regina Cazé) saiu de um vilarejo no interior do Rio Grande do Norte rumo ao Rio de Janeiro com os três filhos pequenos - Magno, Ryan e Érica - em busca do quarto herdeiro, Domênico. A nossa heroína estava na maternidade no parto de Érica quando Jandir (Daniel Ribeiro), seu marido e pai das crianças, vendeu Domênico. Na época, o menino tinha dois anos de idade. No caminho, encontrou um bebê recém-nascido abandonado na estrada e o levou consigo. Foi assim que Camila entrou para a família.
Todos os filhos de Lurdes a admiram muito. Magno (Juliano Cazarré), o mais velho, é casado com Leila (Arieta Corrêa), que está em coma há anos, e cuida sozinho da filha Brenda (Clara Galinari).
É no hospital onde Leila está internada que ele conhece Betina (Isis Valverde) e os dois se aproximam. A enfermeira, que cuida da filha e da esposa de Magno, é vítima de violência doméstica e enfrenta problemas com o ex-marido, Vicente (Rodrigo Garcia), que não aceita o fim do casamento.
Ryan (Thiago Martins) é músico, toca em churrascarias e dá aulas para bebês. Alegre, carinhoso e tranquilo, é apaixonado pela namorada Marina (Erika Januza), uma jovem que trabalha num bar e treina muito para ser campeã de tênis:
Camila (Jéssica Ellen) é a única formada da família. Professora de uma escola pública, ela tem como objetivo de vida transformar o mundo através da educação. 
Érica (Nanda Costa) não quer mudar o mundo como sua irmã, ela quer conquistá-lo. Autêntica e exuberante, é uma talentosa cabeleireira e maquiadora. Vai se envolver com o empresário Raul (Murilo Benício) e conhecer uma vida completamente diferente da que leva com a família.
Thelma (Adriana Esteves) ficou viúva há mais de 20 anos e vive para o filho Danilo (Chay Suede). O jovem sobreviveu ao incêndio que matou seu pai graças ao amor incondicional da mãe, que se arriscou entre as chamas para salvá-lo.
A vida dela muda quando, durante um exame de rotina, descobre um aneurisma cerebral inoperável e começa uma corrida contra o tempo para conseguir realizar seus sonhos. Mas todos os desejos da sua lista envolvem o herdeiro, que não sabe da doença.
Filho único, Danilo trabalha no restaurante português da família. A novela começa com ele querendo se desgarrar da superproteção da mãe após descobrir, através da namorada, Amanda (Camila Márdila), que é totalmente dependente e não faz nada de forma autônoma.
Vitória (Taís Araújo) é uma advogada que ganha muito dinheiro defendendo políticos e empresários corruptos. Seu principal foco é o trabalho, e sua maior frustração é não conseguir engravidar. A busca incessante pela gravidez acaba destruindo o seu casamento com Paulo (Fabrício Boliveira).
Após a separação, ela segue com o projeto de adotar uma criança e, enquanto espera a chegada do filho, conhece Davi (Vladimir Brichta). A atração entre os dois é forte e, depois de uma noite juntos, ela se surpreende ao descobrir estar grávida, o que faz com que o contato com o pai da criança precise ir muito além de um encontro casual.
Davi é um ativista ambiental e faz da sua vida uma luta para salvar a última parte não poluída da Baía de Guanabara. Ele é um grande empecilho para as ambições de Álvaro (Irandhir Santos), empresário de ética duvidosa que é o principal cliente de Vitória.
Já Álvaro é dono de uma fábrica de plástico em expansão e que burla normas ambientais. Com todos esses acontecimentos e relações, a advogada, e agora mãe de dois, precisa rever seus valores e comportamento.
"Amor de Mãe" é a primeira produção gravada no MG4, novos estúdios da Globo inaugurados em Agosto. Criada e escrita por Manuela Dias e com direção artística de José Luiz Villamarim, a nova novela das 9 da Globo estreia hoje, dia 25 de Novembro, às 9 da noite.

Fonte: TV Globo

quarta-feira, 13 de novembro de 2019

"Chapa tu Combi" estreia no Peru pela América Televisión

Pôster oficial de "Chapa Tu Combi"
Divulgação: América Televisión / Del Barrio Producciones

Nesta quarta-feira, tem novela estreando no Peru. Trata-se de "Chapa tu Combi", a mais recente produção da Del Barrio Producciones para a América Televisión, a principal emissora do país.
O ponto de partida da trama está baseado em um incidente ocorrido em 2017, no qual o Centro Comercial de Las Malvinas, situado na capital Lima, foi totalmente consumido pelas chamas. O incêndio é considerado uma das maiores tragédias registradas nos últimos anos.
A novela conta a história de Paloma (Daniela Feijoó), uma jovem órfã, que tem força para transformar dificuldades em oportunidades para realizar seus sonhos. Em sua vida, aparece Valentín (Gustavo Borjas), um jovem humilde com quem ela descobre o amor e juntos eles começam a planejar o futuro. No entanto, o destino terá preparado para eles um terrível infortúnio que mudará suas vidas, uma tragédia com nome e sobrenome, semeando em Paloma uma enorme necessidade de buscar os responsáveis ​​e fazer justiça.
Daniela Feijoó, Gustavo Borjas, Emmanuel Soriano, Stephanie Orúe, Juan Carlos Rey de Castro, Patricia Alquinta, Pold Gastello, Fiorella Díaz e Miguel Álvarez são alguns nomes que integram o elenco desta novela.
"Chapa tu Combi" é uma história de Eduardo Adranzén, com direção de Francisco Álvarez e produção geral de Michelle Alexander. O primeiro capítulo vai ao ar hoje no Peru, a partir das 9 e meia da noite.

terça-feira, 12 de novembro de 2019

NOVELAQUIZ: Teste os seus conhecimentos (11)

Foto: Reprodução

No quiz desta semana, vamos relembrar uma novela que se confunde com o fim das transmissões de uma grande emissora de TV. Aperte o play e confira!

segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Fique por dentro da história de "Médicos: Línea de Vida"

Pôster oficial de "Médicos: Línea de Vida"
Divulgação: Televisa

O Instituto de Especialidades Médicas é um dos hospitais mais renomados e movimentados do país, devido ao número de emergências que atende e porque também abriga as mentes mais experientes em cada um dos ramos da medicina.
A história começa durante uma grande emergência, quando o Dr. Lara (Jorge Ortiz de Pinedo), diretor do Instituto, nega a internação de um paciente. Essa decisão é o início de uma série de eventos fatídicos, quando o paciente morre e um de seus parentes decide se vingar do diretor.
Dada a necessidade de um novo diretor, o melhor candidato é o Dr. Gonzalo Olmedo (José Elías Moreno), um renomado neurocirurgião que dedicou sua vida para as pessoas que precisam. A nomeação de Gonzalo não é do agrado do doutor René Castillo (Rodrigo Murray), diretor administrativo do instituto, pois ele costumava tirar vantagem pessoal através de negócios obscuros com fornecedores e laboratórios, entre outros atos de corrupção.
Assim que Gonzalo assume a diretoria, descobre-se  uma série de irregularidades deixando claro que o Instituto é pior do que ele pensava. Entretanto, em vez de desistir, ele pretende trabalhar duro com sua equipe de especialistas para implementar um processo de atendimento bem-sucedido.
Sua mão direita nesse processo é a Dra. Regina Villaseñor (Livia brito), uma cirurgiã apaixonada, especializada em emergências, que Gonzalo nomeia como Chefe de Emergência. Regina aceita sem imaginar as consequências que isso trará para o casamento, porque ela sofre a pior decepção amorosa de sua vida, fazendo com que ela se feche para o amor.
Além de Regina, Gonzalo conta com David (Daniel Arenas), outro cirurgião competente, que tem um grande coração por trás de sua aparência áspera; Arturo (Rodolfo Salas), um cirurgião nobre e gentil que vive para ajudar seus pacientes; Rafael (Federico Ayros), um jovem charmoso, especializado em anestesiologia, cuja fraqueza é passar seu tempo livre com mulheres; Cinthia (Isabel Burr), residente em traumatologia, com caráter forte e determinado; Luis (Carlos de la Mota), o cardiologista do hospital, eminência em sua especialidade; e a Dra. Ana Caballero (Grettell Valdez), responsável pela consulta externa, uma médica obsessiva e trabalhadora.
Juntos, eles começam a trabalhar em equipe, atendendo aos casos mais complicados e sob condições que não são necessariamente ideais. Além disso, eles contam com o apoio de quatro residentes do primeiro ano, com personalidades diferentes, mas todos comprometidos com sua profissão.
Todos estão determinados a apoiar os esforços de Gonzalo, atender seus pacientes, resolver os casos mais complexos e, embora sofram em sua vida pessoal, são os melhores para salvar a vida de todos que precisam.

Fonte: Televisa

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

NOVELAQUIZ: Teste os seus conhecimentos (10)

Foto: Reprodução

Nesta quarta-feira, saiba uma curiosidade sobre a versão mexicana de uma famosa história. Aperte o play e teste os seus conhecimentos.

 

terça-feira, 5 de novembro de 2019

Médicos: Línea de Vida - Primeiros Promocionais

Foto: Reprodução

Faltando poucos capítulos para o desfecho de "Cuna de Lobos", a Televisa já iniciou a promoção de sua próxima novela. "Médicos: Línea de Vida", ou simplesmente "Médicos", é a nova produção da emissora mexicana para a faixa das 21 horas.
Produzida por José Alberto Castro ("Por Amar Sin Ley", "Teresa", "La Malquerida". "La que no podía amar", "Corona de Lágrimas"), a trama é protagonizada por Livia Brito e Daniel Arenas.
A história de "Médicos" se desenvolve no renomado Hospital de Especialidades Médicas, liderado por um diretor idealista: Gonzalo Olmedo (José Elías Moreno), que percebe a complexidade de administrar um hospital dessa magnitude, e por isso ele recruta os melhores especialistas em cada um dos ramos da medicina.
"Médicos" estreia no México no dia 11 de Novembro, às 9 e meia da noite, pelo Las Estrellas.




segunda-feira, 4 de novembro de 2019

"Meu Coração é Teu" volta à tela do SBT

Foto: Reprodução / Televisa / SBT

Para quem esperava uma novela inédita como substituta de "A que não podia amar" se frustrou com a notícia da reprise precoce de "Meu Coração é Teu". Mas se tratando de SBT não é nenhuma surpresa.
Exibida em 2016 pela emissora de Silvio Santos, a trama teve um bom desempenho e conquistou o telespectador com uma história leve e familiar. A novela foi produzida por Juan Osorio Ortiz para a Televisa em 2013, rompeu todos os recordes de audiência e virou sensação no México. 
Baseada na série espanhola "Ana y los Siete", "Meu Coração é Teu" conta as peripécias de Ana (Silvia Navarro), dançarina de pole dance em uma boate da capital mexicana. Por ironia do destino, ela acaba indo parar na casa do viúvo Fernando (Jorge Salinas) e é confundida com a nova babá de seus sete filhos, que possuem entre 7 e 16 anos.
Buscando um futuro melhor, ela acaba topando o desafio de ser babá. Com o tempo, Ana acaba se envolvendo afetivamente com as crianças e ainda se apaixona por seu chefe, ao mesmo tempo em que tenta esconder de Fernando e de todos na casa sua vida dupla: babá de dia e dançarina de noite. 
"Meu Coração é Teu" estreia hoje, às 5 e 15 da tarde, no SBT.

Créditos: SBT / Televisa

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

NOVELAQUIZ: Teste seus conhecimentos (9)

Foto: Reprodução

No teste desta semana, a novela da capa deste vídeo representa um momento importante da TV brasileira. Você sabe que novela é esta e do que se trata a história? Aperte o play e teste os seus conhecimentos.

segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Amor de Mãe - Primeiros Promocionais

Foto: Reprodução

Enquanto "A Dona do Pedaço" caminha para as emoções finais, foi dada a largada para a promoção de "Amor de Mãe", a nova novela das nove da Globo. Escrita por Manuela Dias, a trama conta com a direção artística de José Luiz Villamarim.
"Amor de Mãe" traz a s histórias de Lurdes (Regina Casé), Thelma (Adriana Esteves) e Vitória (Taís Araujo), mulheres que exercem a maternidade em toda sua plenitude, cada uma à sua maneira. Apesar de viverem em realidades diferentes, com trajetórias distintas, a vida das três conta com vários pontos em comum.
No elenco, Fabrício Boliveira, Thiago Martins, Humberto Carrão, Tuca Andrada, Nanda Costa, Adriana Esteves, Vera Holtz, Jéssica Ellen, Taís Araújo, Chay Suede, Regina Casé, Juliano Cazarré, Claudio Gabriel, Isis Valverde, Antonio Benício, Irandhir Santos, Julio Andrade, Dan Ferreira, Letícia Lima, Rodrigo Garcia, Camila Márdila, Débora Lamm, Clarissa Kiste, Vladimir Brichta, Milhem Cortaz, entre outros.
"Amor de Mãe" estreia em Novembro em data a confirmar.




sexta-feira, 25 de outubro de 2019

Fique por dentro da história de "Soltero Con Hijas"

Pôster oficial de "Soltero Con Hijas"
Divulgação: Televisa

"Soltero Con Hijas" se desenvolve no porto exótico e colorido de Acapulco e conta a história romântica de Nicolás Contreras (Gabriel Soto) e Victoria Robles (Vanessa Guzmán), dois mundos opostos que se unem, fazendo com que um mude radicalmente a vida da outro, descobrindo assim, o amor sincero que pode mudar tudo.
Solteirão e galanteador, Nicolás não quer responsabilidades na vida e só deseja diversão e mulheres. Ao mesmo tempo, Victoria é uma psiquiatra que está prestes a se casar com Mauricio (Mauricio Aspe). Com a desistência de seu amado, Victoria vê cada vez mais distante o sonho de ser mãe e de formar uma família. Por acasos da vida, Nico e Victoria começam a se encontrar em lugares diferentes, começando um relacionamento com o pé esquerdo e como resultado de uma série de mal-entendidos.
O estilo de vida monótono de Nico é interrompido no dia em que sua irmã Cristina (Karla Gómez) e o cunhado Antonio (Víctor González) morrem em um acidente automobilístico, deixando suas três sobrinhas órfãs: Camila (Azul Guaita), Alexa (Ana Tena) e Sofía (Charlotte Carter). Por esse fato, Cristina confia seu irmão para cuidar de suas filhas e nunca deixá-las desprotegidas. Isso leva Nico a cuidar de suas três sobrinhas e levá-las para morar em seu loft.
A partir desse momento, a vida de Nicolás será uma luta para preencher o vazio de pai e mãe de que as meninas precisam, um papel que ele acredita não estar preparado.
Com a ajuda de Victoria, esse desafio da vida se tornará um caminho cheio de felicidade, mas não antes de passar por diferentes obstáculos, como o capitão Efrain (Carlos Mata), o pai de Victoria; Masha Simonova (Irina Baeva), uma jovem russa apaixonada por Nico; e Rodrigo Montero (Pablo Montero), um amor ao passado de Victoria, que vai se opor a esta união; além de Alondra Ruvalcaba (Laura Flores), que irá para Acapulco com o objetivo de reivindicar a custódia das três meninas. Guiados por suas convicções, Nicolás e Victoria abrirão seus corações para aprender um com o outro, superar adversidades, crescer como seres humanos e perceber que, do ódio ao amor, há apenas um passo.

Fonte: Televisa

quinta-feira, 24 de outubro de 2019

Aberturas de Novelas - Los Ricos También Lloran (Televisa, 1979)

"Los Ricos también Lloran", a primeira novela mexicana a ser exibida no Brasil
Foto: Reprodução

Em 1979, Valentín Pimstein produziu uma das novelas mais emblemáticas da televisão mexicana. Grande sucesso mundial, "Los Ricos También Lloran" está baseada em duas radionovelas de Inés Rodena, com adaptação de María Zarattini e, posteriormente por Carlos Romero.
Na trama, Mariana Villareal (Verónica Castro) vive com seu pai, Leonardo (Leonardo Daniel), em uma fazenda no estado mexicano de Guanajuato. Desde que ficou viúvo e teve um acidente que o deixou paralisado, ele se refugiou no álcool. Dessa forma, Mariana cresceu como uma selvagem e graças às mentiras de sua ambiciosa madrasta Irma (Flor Procuna), acredita que seu pai está arruinado. Com a morte de Leonardo, Mariana é expulsa de sua casa por Irma. Analfabeta e sem dinheiro, ela viaja para a Cidade do México, onde um padre consegue que a contratem como empregada na mansão da família Salvatierra. Já instalada na casa, Mariana passa a sofrer humilhações por parte de alguns membros da família. Entre aqueles que simpatizam com a jovem está Luis Alberto (Rogelio Guerra) que se apaixona por ela e o patriarca Alberto (Augusto Benedico), que decide adotá-la e educá-la. Certo dia, Mariana descobre que seu pai lhe deixou uma fortuna e decide confrontar sua madrasta para recuperá-la. Transformada em uma mulher rica, ela sente que pertence à mesma classe que Luis Alberto e concorda em se casar com ele. Sua felicidade é impedida pelo ciúme de seu marido, que graças a um mal-entendido, duvida que o filho que ela espera seja dele. Transtornada, Mariana perde a cabeça e inconscientemente, entrega seu filho para Chole (Aurora Clavel), uma vendedora de bilhetes de loteria. Chole aceita e cuida do menino como se fosse dela. Ela só sabe que o menino se chama Beto. Mariana percebe o que fez e fica desesperada, pois não se lembra com quem deixou a criança. Anos mais tarde, Luis Alberto se arrepende e adota uma menina para aliviar a dor de sua esposa, enquanto seu filho está em outro canto da cidade, cometendo pequenos roubos para sobreviver. O destino coloca Beto (Guillermo Capetillo) e Mariana frente a frente, quando o rapaz entra para roubar a mansão Salvatierra.
No México, "Los Ricos También Lloran" foi um grande fenômeno de audiência, sendo promovida ao horário das 21 horas, depois de estrear na faixa das 18 horas. De olho nos resultados, o produtor Valentín Pimstein decide esticar a novela. María Zarattini, que vinha desenvolvendo a trama com o argumento da radionovela homônima de Inés Rodena, não concordou com a decisão do produtor. Conhecida por escrever novelas mais curtas, a autora preferiu demitir-se a ter que continuar um trabalho do qual não gostaria de ver na tela. Dessa forma, Valentín convidou o venezuelano Carlos Romero para continuar a novela. Nesta "nova etapa", Romero propõe uma ideia arriscada para manter o ritmo da história: agregar o argumento da radionovela "Cuándo se regala un hijo", outra de autoria de Inés Rodena, para dar um giro na história. É nesta parte que Mariana enlouquece e entrega seu filho a uma desconhecida, fator que começa a gerar outras situações dentro da trama. O que poderia dar errado, fez com que a novela continuasse na preferência dos telespectadores e chegasse com fôlego suficiente ao esperado final feliz. 
"Los Ricos También Lloran" foi um divisor de águas na produção de novelas mexicanas. A novela chegou aos quatro cantos do planeta, abriu portas para a exportação de outros títulos da Televisa e projetou a carreira de Verónica Castro, que posteriormente protagonizou outras tramas de sucesso, tornando-se uma das atrizes mais populares da época.
Em 1982, sob o título de "Os Ricos Também Choram", a novela chegou ao Brasil pelo SBT, sendo esta a primeira novela mexicana exibida no país e a responsável pela continuidade da exibição de tramas da Televisa na emissora de Silvio Santos. Na ocasião, Verónica Castro veio ao país e teve a oportunidade de comprovar o sucesso da novela.
Em 1995, a Televisa volta a realizar outra adaptação desta história com "María la del Barrio", outro fenômeno que também deixou sua marca no SBT por conta da ótima audiência e das várias reprises já realizadas.
Nos anos seguintes, "Os Ricos Também Choram" ganhou duas novas adaptações: uma no Brasil, em 2005, com o mesmo nome e outra nos Estados Unidos, em 2006, com o título de "Marina". Nestes casos, ambas não conseguiram repetir o impacto de suas antecessoras.
Na coluna desta semana, vamos relembrar a abertura original de "Los Ricos También Lloran", a produção que aproximou Brasil e México, dois países que, apesar da distância e de suas particularidades, possuem uma mesma paixão: a novela.

Créditos: Televisa

quarta-feira, 23 de outubro de 2019

NOVELAQUIZ: Teste seus conhecimentos (8)

Foto: Reprodução

No teste desta semana, vamos relembrar uma trama que foi exibida no SBT na década de 80. Você lembra o nome desta novela? Aperte o play e teste os seus conhecimentos.

terça-feira, 22 de outubro de 2019

"Enfermeras" estreia na Colômbia pelo Canal RCN

Foto: Reprodução / RCN Televisión

Nesta semana, o canal colombiano RCN prepara a estreia de uma história inédita em horário nobre. "Enfermeras" marca o retorno da emissora à produção de novelas, depois de passar por alguns meses apostando somente em reprises.
"Enfermeras" conta a história de María Clara González (Diana Hoyos), a chefe de enfermagem do "Santa Rosa", um dos hospitais mais reconhecidos da cidade. A vida lhe parece sorrir se não fosse a monotonia de seu casamento com Román (Pedro Palacio), com quem ela tem dois filhos. No dia de seu aniversário, María Clara toma a decisão de reconquistar o marido e reserva um quarto de hotel para passar a noite com ele. No entanto, Román sofre um ataque cardíaco no local, sendo transferido ao hospital para receber ajuda médica. 
No dia seguinte, uma mulher chamada Paula (Susana Rojas), acompanhada de seu filho mais novo, aparece no hospital para visitar Román. O inesperado encontro faz com que María Clara descubra que o menino é o filho de seu marido, fruto de um relacionamento extraconjugal. 
Enquanto isso, a chegada do Dr. Carlos Pérez (Sebastián Carvajal), um jovem residente de medicina, faz com que se estabeleça uma ligação especial com María Clara. A amizade espontânea, em uma questão de meses, se transforma em amor. No entanto, este relacionamento será testado por vários obstáculos, entre eles, a intervenção de Maritza (Mariana Gómez) e Valeriano (Hugo Gómez), a esposa e o pai de Carlos, ao descobrirem que existe algo mais entre o casal. 
Além disso, a inimizade de María Clara com a chefe Gloria (Viña Machado), a oposição de seus filhos ao seu novo amor, os negócios turbulentos que ocorrem no hospital por causa do diretor científico Manuel Castro (Lucho Velasco) e o surgimento de uma nova pessoa na vida do Dr. Pérez fará com que suas vidas tomem direções diferentes.
Assim como "La Ley Del Corazón", outra produção do canal colombiano já noticiado neste espaço, "Enfermeras" também usará a mesma dinâmica de apresentação de casos que se resolvem no mesmo capítulo, enquanto as tramas dos protagonistas se desenvolvem de maneira mais lenta e detalhada.
Com previsão de 100 capítulos, "Enfermeras" é uma produção de Ana María Pérez, com direção geral de Víctor Cantillo y Luis Sierra. A equipe de roteiristas é formada por Patricia Ramírez, Carolina López, Catalina Palomino, Juliana Lema, Rodrigo Holguín, Carolina Becerra, Jorge Ribón, Andrés Guevara, Catalina Coy, Diego Chálela e Johanna Gutiérrez. O primeiro capítulo vai ao ar na Colômbia nesta quarta-feira, dia 23 de Outubro, a partir das 10 da noite, pelo Canal RCN.

Créditos: RCN Televisión

segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Soltero Con Hijas - Novos Promocionais

Banner oficial de "Soltero Con Hijas"
Divulgação: Televisa

Já estão no ar os novos promocionais de "Soltero Con Hijas", a nova novela da Televisa. Produzida por Juan Osorio ("Mi Corazón Es Tuyo", "Mi Marido Tiene Familia" e "Porque El Amor Manda"), a trama é protagonizada por Gabriel Soto e Vanessa Guzmán.
A história da novela gira em torno de Nicolás (Gabriel Soto), um solteirão convicto e sem preocupações, além de festas e mulheres. Sua vida muda completamente ao ser encarregado de cuidar de suas três sobrinhas, recentemente órfãs. Ele recebe ajuda de sua vizinha Victoria (Vanessa Gusmán) e inesperadamente se apaixona por ela.
"Soltero Con Hijas" reabre novamente o horário de novelas no México às 8:30 da noite, substituindo o segundo horário ocupado pela série "La Rosa de Guadalupe", que volta a ser exibida diariamente em capítulos de 1 hora.





quarta-feira, 16 de outubro de 2019

NOVELAQUIZ: Teste seus conhecimentos (7)

Foto: Reprodução

Nesta semana, vamos relembrar um momento histórico da nossa televisão. Aperte o play e teste os seus conhecimentos.

quarta-feira, 9 de outubro de 2019

NOVELAQUIZ: Teste seus conhecimentos (6)

Foto: Reprodução

Você se lembra desta novela? Qual o nome dela? Quem são estas atrizes? Aperte o play e teste os seus conhecimentos em mais um vídeo super especial.

segunda-feira, 7 de outubro de 2019

Fique por dentro da história de "Cuna de Lobos"

Pôster oficial de "Cuna de Lobos"
Divulgação: Televisa

Catalina Creel (Paz Vega), matriarca da família Larios, comemora com seu filho Alejandro (Diego Amozurrutia) e seu marido Carlos (Leonardo Daniel) o aniversário da rede de joalherias Gothier. Em contraste com a sofisticação e o glamour da festa, a aparição de Leonora (Paulete Hernández), uma talentosa jornalista que participa da cobertura do evento, faz com que se estabeleça uma conexão repentina entre ela e Alejandro.
Naquele momento, Catalina havia conseguido assumir o controle absoluto do empório familiar, conseguindo banir seu enteado José Carlos (Gonzalo García Vivanco), o filho do primeiro casamento de Carlos com sua primeira esposa Gloria, que morreu há alguns anos atrás.
Depois da celebração luxuosa, o casal Larios Creel se prepara para desfrutar de uma viagem a bordo de um imponente iate, mas toda essa atmosfera romântica é interrompida após a chamada abrupta que Carlos recebe de um homem misterioso, colocando em risco todo o plano macabro que Catalina conseguiu construir por anos.
Carlos se recusa a desconfiar de sua esposa, mas o homem lhe dá evidências reveladoras. Decepcionado e cheio de fúria confronta Catalina, que nega categoricamente a acusação. No entanto, dadas as evidências irrefutáveis, Catalina acaba aceitando cinicamente sua culpa e aproveita a oportunidade para se livrar dele.
Após o funeral de Carlos, o advogado da família faz a leitura do testamento, que estipula uma cláusula clara e vigorosamente dirigida aos dois filhos: o herdeiro universal de todo o seu empório será o primeiro a dar-lhe um neto de sangue para garantir a continuidade da casta Larios.
Embora os vícios de José Carlos sugiram que Alejandro tenha uma vantagem, a realidade é que ele mantém um segredo sombrio que compromete seriamente a garantia da herança: há anos, ele mantém uma vida dupla.
Catalina, que ama seu filho acima de tudo, nunca o confrontou. No entanto, dada a nova realidade e com a herança em perigo, ele é obrigado a iniciar um caso com Leonora, a quem ele deve usar para conceber o filho que eles tanto precisam.
O que vai acontecer? Catalina alcançará seu objetivo de aproveitar toda a fortuna de Larios-Creel?
"Cuna de Lobos" é uma história original de Carlos Olmos, com adaptação de Lily Ann Martín e Claudio Lacelli. A produção geral é de Giselle González. A estreia oficial no México será hoje, dia 7 de Outubro, a partir das 9 e meia da noite, no Las Estrellas.

Fonte: Televisa

"A Escrava Isaura" está de volta na Record TV

Foto: Reprodução

Para substituir a reprise de sucesso de "Bela, a feia", a Record TV escala uma das melhores produções da casa dos últimos tempos. Produzida em 2004, a nova adaptação do romance de Bernardo Guimarães, “A Escrava Isaura”, foi escrita por Tiago Santiago e Anamaria Nunes, sendo um grande êxito naquele ano. Em 2017, a trama foi escalada para uma reprise na faixa noturna.
Nesta história, Isaura (Rayana Vidal) nasceu em 1835, na fazenda do comendador Almeida (Rubens de Falco), em Campos dos Goitacazes, Rio de Janeiro. Ela é filha da bela Juliana (Valquíria Ribeiro), escrava do comendador, e do feitor da fazenda, Miguel (Jackson Antunes). Juliana morre pouco depois do parto e Isaura é criada e educada por Gertrudes (Norma Blum), mulher do comendador, que sempre quis ter uma filha. Apesar da excelente educação e de ter a pele clara, Isaura é escrava do comendador, por ter nascido filha de sua escrava. Em 1854, Isaura (Bianca Rinaldi) tem 19 anos e é uma bela casta donzela. Tudo se complica na vida dela, quando volta para a fazenda o jovem senhor Leôncio, filho do comendador, que desenvolve uma paixão louca pela linda escrava. Leôncio é obrigado a se casar por interesse com Malvina (Maíra Ribeiro), filha do rico Coronel Sebastião Cunha (Paulo Figueiredo), mas mesmo assim tenta seduzir Isaura, querendo que ela seja sua amante. Mas todas as tentativas e propostas de Leôncio (Leopoldo Pacheco) são sempre rechaçadas pela virtuosa Isaura. Gertrudes tem muita vontade de dar a liberdade à sua querida Isaura, mas morre antes de conseguir realizar este objetivo. Pouco depois da morte de Gertrudes, o comendador Almeida também morre. Leôncio queima o testamento onde ele deixava a alforria para Isaura e torna-se assim o dono da escrava. A vida de Isaura se transforma num inferno. Leôncio se torna cada vez mais insistente, e sua paixão secreta pela escrava é descoberta, primeiro por Henrique (Gabriel Gracindo), cunhado de Leôncio, que também é apaixonado por Isaura, e logo depois por Malvina, que não demora muito a perceber a obsessão de seu marido pela bela escrava. Em meio a tanto sofrimento, Isaura descobre o amor. Foge com o pai e se refugia numa chácara perto de São Paulo, onde adota o nome de Elvira, e vive longe de tudo e todos. Ela conhece o jovem abolicionista Álvaro (Théo Becker), mas tenta de toda forma evitá-lo, porque sabe que é uma escrava fugitiva. Para piorar, Isaura é descoberta e mandada de volta à fazenda de Leôncio, que não vai deixar de praticar suas maldades contra a escrava.
"A Escrava Isaura" estreia hoje, a partir das 3 da tarde, na Record TV.

"Avenida Brasil" está de volta no "Vale a Pena Ver de Novo"

Foto: Reprodução

Uns dos maiores sucessos dos últimos anos na faixa das 21 horas da Rede Globo, "Avenida Brasil" está confirmada no "Vale a Pena Ver de Novo". Escrita por João Emanuel Carneiro, a trama era uma das mais pedidas entre os telespectadores para uma reprise.
A história de "Avenida Brasil" começa há alguns anos atrás, quando Rita (Mel Maia), ainda criança, sofreu nas mãos da inescrupulosa madrasta Carminha (Adriana Esteves), que, com a ajuda do amante, Max (Marcello Novaes), armou para Genésio (Tony Ramos), pai da menina, perder tudo o que tinha. Abandonada por Carminha em um lixão, aos cuidados do asqueroso Nilo (José de Abreu), Rita se refugiou na casa de Mãe Lucinda (Vera Holtz), onde conheceu Batata (Bernardo Simões), seu amor infantil. Porém, o destino fez com que eles se separassem quando um casal de argentinos adotou a menina.
O artilheiro do campeonato carioca de 1999 foi Jorge Araújo, mais conhecido como Tufão (Murilo Benício). Cria do Divino Futebol Clube, time do subúrbio carioca, onde reside até hoje, Tufão vive a boa fase no Brasil depois de morar no exterior, e está pronto para casar com o amor de sua vida, a apaixonada e divertida cabeleireira Monalisa (Heloísa Périssé). Quem não gosta muito da ideia de casamento é a mãe do rapaz, Muricy (Eliane Giardini), que vive aos trancos e barrancos com Leleco (Marcos Caruso), o boêmio pai do jogador.
No dia da final do campeonato, depois da brilhante vitória, Tufão acaba atropelando, acidentalmente, na Avenida Brasil, um senhor que vinha transtornado pelo acostamento: Genésio. Ao prestar socorro, só conseguiu ouvir do homem o nome de sua mulher: Carmem Lúcia Moreira de Souza. Culpado pelo acidente, Tufão sai a procura da viúva fingindo ser um amigo de longa data do falecido, e oferece toda a ajuda necessária, já que é um homem rico. Enquanto isso, a esperta Carminha descobre que o jogador foi o culpado pela morte do marido e vê a chance da sua vida em se dar bem.
Com a ajuda de Max, Carminha consegue separar a cabeleireira do jogador e se casa com Tufão grávida do amante, dizendo ser fruto do verdadeiro amor que tinha com o falecido. Com uma vida de luxo, e com Max ao seu lado – ele se casa com Ivana (Letícia Isnard), irmã de Tufão -, Carminha volta às suas raízes no lixão atrás de Lucinda. Conhecidas do passado, ela vai decidida a levar o filho que abandonou quando bebê para ser criado por ela e Tufão: Batata.
Doze anos depois, Batata, agora chamado de Jorginho (Cauã Reymond), é um jovem jogador de futebol em ascensão, namorado da bela Débora (Nathália Dill), mas atormentado com o sentimento de raiva que sente pela mãe, que ele acredita ser de criação. Já Rita, agora Nina (Débora Falabella), se tornou uma excelente chef de cozinha. Os anos se passam, mas ela jamais esqueceu a ferida profunda que Carminha deixou em sua vida, voltando ao Brasil para se vingar. Nina vai trabalhar como cozinheira na casa da ex-madrasta, que não a reconhece. Seu plano maior é destruir aos poucos a vida da patroa.
"Avenida Brasil" estreia hoje, dia 7 de Outubro, substituindo "Por Amor" nas tardes da Globo.

quarta-feira, 2 de outubro de 2019

Soltero Con Hijas - Primeiros Promocionais

Banner oficial de "Soltero Con Hijas"
Divulgação: Televisa

Tem novidade chegando! Começou a promoção de "Soltero Con Hijas", a nova novela da Televisa. Produzida por Juan Osorio ("Mi Corazón Es Tuyo", "Mi Marido Tiene Familia" e "Porque El Amor Manda") a trama é protagonizada por Gabriel Soto e Vanessa Guzmán.
A história da novela gira em torno de Nicolás (Gabriel Soto), um solteirão convicto e sem preocupações, além de festas e mulheres. Sua vida muda completamente ao ser encarregado de cuidar de suas três sobrinhas, recentemente órfãs. Ele recebe ajuda de sua vizinha Victoria (Vanessa Gusmán) e inesperadamente se apaixona por ela.
"Soltero Con Hijas" reabre novamente o horário de novelas no México às 8:30 da noite, substituindo o segundo horário ocupado pela série "La Rosa de Guadalupe", que volta a ser exibida diariamente em capítulos de 1 hora.







NOVELAQUIZ: Teste seus conhecimentos (5)

Foto: Reprodução

Hoje é quarta-feira e você vai testar seus conhecimentos  sobre novelas. Neste vídeo, vamos relembrar uma passagem importante da carreira da atriz Adriana Esteves. Aperte o play e confira.

domingo, 29 de setembro de 2019

"El Dragón" estreia nos Estados Unidos pela Univisión e terá lançamento na Netflix

Foto: Reprodução

Depois de muitos meses falando sobre esta produção, "El Dragón" chega aos Estados Unidos pela televisão aberta na Univisión a partir desta segunda-feira, dia 30 de Setembro. A nova série da Televisa, W Studios e Lemon Studios é protagonizada por Sebastián Rulli, Renata Notni e Irina Baeva.
Baseada em um texto original de Arturo Pérez-Reverte, a trama narra a história de um menino que teve seus pais assassinados no México. Para protegê-lo, seu avô, membro do cartel de Silanoa, o envia para o Japão, lugar onde passará boa parte de sua vida. Vinte anos depois, o menino tornou-se um rapaz de bem, vivendo de maneira simples na terra do sol nascente. Ele desconhece que o confidente de seu avô é membro do maior grupo mafioso do Japão, a Yakuza, e tem planos de prepará-lo para representar sua família no México, como herdeiro dos narcotraficantes.
Cynthia Klitbo, Roberto Mateos, Alfredo Gatica, Manuel Balbi, José Elias Moreno, Juan Pablo Gil são alguns nomes que integram o elenco da série.
Para quem acha que vai ter que esperar para assistir, uma novidade. A produção estará disponível na Plataforma Netflix a partir do dia 4 de Outubro. Nos Estados Unidos, "El Dragón" será exibida na Univisión na faixa das 10 da noite.

Créditos: WStudios / Univisión

sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Fique por dentro da história de "Éramos Seis"

Foto: Reprodução

Casada com Júlio (Antonio Calloni), Lola é uma esposa devotada e mãe de quatro filhos: Carlos (Xande Valois/ Danilo Mesquita), o mais velho e motivo de orgulho para os pais; Alfredo (Pedro Sol/ Nicolas Prattes), rebelde que vive se metendo em confusões e tem ciúmes do irmão; Julinho (Davi de Oliveira/ André Luiz Frambach), que desde criança demonstra habilidade para lidar com dinheiro; e Isabel (Maju Lima/ Giullia Buscacio), determinada e independente, é a favorita do pai - por ser a única filha mulher e a caçula da família.
A história começa com Lola e Júlio passando sufoco para poder pagar as parcelas do casarão que compraram em São Paulo. O primeiro bem do casal sai mais caro do que eles previam por causa dos altíssimos juros do financiamento bancário. O imóvel acaba gerando um impasse entre eles: para ela, o local é a alma da família. Para ele, um empecilho para melhorar de vida.
Para sustentar a família, Júlio passa o dia trabalhando na loja de tecidos de Assad (Werner Schünemann). Funcionário exemplar, almeja ser promovido pelo patrão e, assim, chegar ao final do mês mais tranquilo financeiramente. Por sua vez, Lola se dedica à confecção e venda de peças de tricô para reforçar o orçamento enquanto cuida da casa e da educação dos filhos com a ajuda de Durvalina (Virgínia Rosa).
Dono do armazém, Afonso (Cássio Gabus Mendes) nutre uma genuína simpatia por Lola e sempre permite que a mulher de Júlio compre fiado. É casado com Shirley (Barbara Reis), uma mulher amargurada por conta de seu passado. Ela é mãe de Inês (Gabriella Saraivah/Carol Macedo), criada por Afonso como filha. A menina é a paixão de Carlos, um jovem responsável, educado e prestativo. Tanto Lola quanto Afonso aprovam o flerte da dupla, mas Shirley é contra o romance.
Lola também conta coma amizade de Genu (Kelzy Ecard), a vizinha que está sempre tomando conta da vida dos moradores do bairro. Casada com Virgulino (Kiko Mascarenhas), mantém o marido em rédea curta. Eles são pais de Lúcio (Arthur Gama/Jhona Burjack) e Lili (Bruna Negendank/ Triz Pariz), amigos de Carlos, Alfredo, Julinho e Isabel desde a infância.
Com estreia prevista para esta segunda-feira, dia 30 de setembro, "Éramos Seis" é escrita por Angela Chaves, baseada na novela original escrita por Silvio de Abreu e Rubens Ewald Filho, livremente inspirada no livro de Maria José Dupré. A direção artística é de Carlos Araújo.

Fonte: GShow

quinta-feira, 26 de setembro de 2019

Aberturas de Novelas - Caminos Cruzados (Televisa, 1994/1995)

Pôster da novela "Caminos Cruzados"
Foto: Montagem / Reprodução

Entre 1994 e 1995, Herval Rossano produziu e dirigiu "Caminos Cruzados" para a Televisa. A trama, escrita por Silvia Gutiérrez, María Chacón e Ricardo Tejeda, é uma adaptação de "Tudo ou Nada", história original de José Antônio de Souza, produzida pela TV Manchete em 1986 e que também foi dirigida por Rossano. Os papéis principais, interpretados por Elizangela, Othon Bastos e Edwin Luisi, foram os mesmos defendidos por Mariana Levy, Roberto Vander e Ariel López Padilla na adaptação mexicana.
Na trama, Ambrosio (Roberto Vander) e seu filho César (Ariel López Padilla) são donos de uma grande empresa localizada na Cidade do México. César está comprometido com Valeria Dumont (Tania Helfgott) e faz planos para se casar. As vidas de pai e filho são entrelaçadas quando os dois se apaixonam pela mesma mulher. Ela é Patricia (Mariana Levy), uma jovem e bela operária que chega à firma e muda o destino de ambos. César termina sua relação instável, mas por circunstâncias diferentes, ele e Patricia tomam rumos opostos. Tempos depois, seus caminhos voltam a se cruzar: ela está focada em seu trabalho e ele está casado com outra mulher.
"Caminos Cruzados" não alcançou o êxito esperado e fechou suas transmissões com apenas 68 capítulos, contra os 161 da versão original. Mesmo sendo uma novela esquecida, a produção foi responsável por unir Ariel López Padilla e Mariana Levy, que ficaram casados por pouco mais de um ano e tiveram uma filha.
Na coluna desta semana, confira a abertura original da novela. O tema principal, intitulado Te Amo (conhecido no Brasil pela dupla Gian & Giovani), foi composto por Franco de Vita em 1988, ganhando uma outra versão na voz de Dulce para a novela.

Créditos: Televisa

quarta-feira, 25 de setembro de 2019

NOVELAQUIZ: Teste seus conhecimentos (4)

Foto: Reprodução

Nesta quarta-feira, vamos relembrar a novela "Gotinha de Amor", um grande sucesso da Televisa, exibido na telinha do SBT. Aperte o play e teste os seus conhecimentos.

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Aberturas de Novelas - Café Con Aroma de Mujer (RCN, 1994)

Pôster da novela "Café Con Aroma de Mujer"
Divulgação: RCN Televisión

Em 1994, a RCN Televisión produziu a novela "Café Con Aroma de Mujer" para o extinto Canal A. Escrita por Fernando Gaitán e dirigida por Pepe Sánchez, trouxe Margarita Rosa de Francisco e Guy Ecker nos papéis principais.
Nesta história, Teresa Suárez (Margarita Rosa de Francisco), apelidada de "Gaviota", e sua mãe Carmenza Suárez (Constanza Duque), são duas catadoras de café que viajam durante o ano para diferentes zonas cafeeiras da Colômbia em busca de trabalho onde há colheita. Todo mês de Outubro, quando o eixo do café começa seu pico, elas se mudam para a fazenda Casablanca, onde têm trabalho garantido por seu proprietário, Octavio Vallejo. No início de uma das colheitas, Vallejo morre e toda a sua família, que está espalhada pelo mundo, retorna à Casablanca para o funeral. 
Depois de muitos anos de ausência, seu neto Sebastián Vallejo (Guy Ecker) conhece Gaviota e, com isso, supera o trauma que tem pelas mulheres. Na divisão dos bens, é revelado que a fortuna da família Vallejo será deixada para o neto que for pai do primeiro filho homem. 
Depois de alguns encontros os dois se apaixonam loucamente, sendo a primeira experiência concreta do amor de cada um. Sebastián precisa voltar a Londres para concluir seus estudos e combina com Gaviota de se reunirem depois de um ano para que se casem. Logo após sua partida, Gaviota descobre que ela está grávida. Não tendo meios de se comunicar com ele e de não ter ninguém para ajudá-la, decide viajar sozinha à Europa para procurá-lo. Em sua jornada, ela é enganada por uma rede de tráfico de pessoas, que aproveita sua ingenuidade, na esperança de explorá-la como prostituta em Paris.
Depois de um ano, Sebastián retorna à Colômbia para cumprir seu compromisso com Gaviota. Ao chegar à cidade, ele descobre que Gaviota foi para a Europa como uma prostituta. Desanimado, e sendo influenciado por seu ganancioso primo Iván Vallejo (Cristóbal Errázuriz), ele se casa com sua amiga Lucía Sandoval (Alejandra Borrero) que concorda em compartilhar sua vida com Sebastián, sem sexo, em troca de estar ao seu lado.
Gaviota, que no exterior se chama Carolina Olivares, finalmente retorna à Colômbia e chega a Casablanca no mesmo dia do casamento entre Sebastián e Lucía. Desapontada ao descobrir o que aconteceu, Gaviota decide procurar sua mãe e fugir para sempre da Casablanca com o intuito de procurar um futuro melhor em Bogotá. Na capital, depois de passar muitas dificuldades, ela consegue retornar ao mundo do café ao começar a trabalhar na Cafexport, empresa exportadora da família Vallejo, usando sua identidade de Carolina Olivares. 
Sebastián, por outro lado, lamentando seu casamento fracassado, decide usar todos os seus meios para procurar Gaviota. Sua busca o coloca em conflito com Lucía, que descobre tudo e faz todo o possível para preservar seu casamento, enquanto Iván e sua esposa Lucrecia (Silvia de Dios) planejam separá-lo a todo custo de Gaviota para ficarem com toda a herança de Octavio Vallejo.
"Café Con Aroma de Mujer" é considerada uma das novelas mais bem-sucedidas da televisão colombiana. Sua chegada ao Brasil foi bastante tardia, 7 anos depois de sua realização. Tal demora trouxe uma novela bastante envelhecida, com imagens, vestuários e penteados antiquados. Não parecia uma novela "atual" e pertencente à época em que estávamos assistindo. No entanto, a química do casal principal e a força da trama compensaram qualquer estranhamento que pudesse vir a causar ao telespectador.
Não existe um dado exatamente oficial sobre como esta novela foi adquirida pelo SBT. No entanto, alguns jornais, revistas e sites chegaram a noticiar que a emissora de Silvio Santos teria adquirido a trama no ano 2000 dentro de um pacote de novelas da Venezuela e Colômbia. Além de "Café", a única produção colombiana, o pacote contava com outras três tramas venezuelanas: "Kassandra" (produção de 1992 da RCTV), exibida no SBT no ano 2000, além das inéditas "Mundo de Fieras" (produção de 1991 da Venevisión) e "Quirpa de Tres Mujeres" (produção de 1996 da Venevisión).
De olho no sucesso de "Café Con Aroma de Mujer", a história de Fernando Gaitán ganhou duas versões mexicanas. Em 2001, a TV Azteca produziu "Cuando Seas Mía", com Sergio Basañez e Silvia Navarro nos papéis principais. Em 2007, foi a vez da Televisa produzir "Destilando Amor", com Angélica Rivera e Eduardo Yañez nos papéis principais.

"Destilando Amor" e "Cuando Seas Mía": Duas versões de uma mesma história
Foto: Divulgação / Montagem

Na coluna desta semana, confira a abertura original da novela, que não foi exibida no Brasil. O tema principal, intitulado Gaviota, é interpretado por Margarita Rosa de Francisco.

Créditos: RCN