"A Cor da Paixão" chega ao Brasil pelo TLN

Novela da Televisa será exibida no país pelo TLN a partir desta segunda-feira, dia 26 de Agosto.

Fique por dentro da história de "La Reina Soy Yo"

Adaptação mexicana de "La Reina del Flow" estreia nesta segunda-feira, no Las Estrellas.

"Abismo de Paixão" volta à tela do SBT

Reprise foi escalada às pressas para substituir "A Dona".

La Usurpadora - Novos Promocionais

Série de 25 capítulos estreia no México em Setembro.

"Bolivar, una luta admirable estreia na Plataforma Netflix.

Produção é considerada uma das mais caras da história da televisão colombiana.

Notícias

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Itatí Cantoral será Silvia Pinal na TV

Itatí Cantoral interpretará o papel de Silvia Pinal em série

Você se lembra da Dona Isabel da novela "A Dona"? A sua intérprete, a atriz Silvia Pinal, terá sua vida contada em uma série para a TV. A produtora Carla Estrada está selecionando os artistas que irão participar desta produção. De acordo com o site da Televisa, a atriz Itatí Cantoral, a eterna Soraya Montenegro, vai interpretar o papel de Silvia em uma das fases de sua vida. A notícia foi revelada no programa de rádio Todo para la Mujer. 
Hoje, Silvia Pinal tem 85 anos e tem uma longa trajetória na TV, no Cinema e no Teatro. Além de "A Dona", das novelas mexicanas que foram exibidas no Brasil, Silvia atuou em "Carinha de Anjo" e fez uma pequena participação em "O Privilégio de Amar".
A série sobre a vida da atriz tem previsão de estreia para o segundo semestre de 2017.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Confira na íntegra o tema principal de "O que a vida me roubou"


Faltam poucos dias para a estreia de "O que a vida me roubou" e chegou a hora que conhecer o tema principal da trama. A música El Perdedor, é um dueto dos cantores Enrique Iglesias e Marco Antonio Solís. O videoclipe conta com a participação de Sandra Echeverría, conhecida pelas novelas "El Clon" (Telemundo, 2010) e "La Fuerza del Destino" (Televisa, 2011).

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Trilhas de Novelas - El Rey Tiburón (Yo amo a Juan Querendón)

Pôster da novela "Yo amo a Juan Querendón"
Divulgação: Televisa

Em 2007, Martha Patricia López de Zatarain, ou simplesmente Mapat, produziu "Yo amo a Juan Querendón" para a Televisa, sendo uma adaptação da novela colombiana "Pedro el Escamoso", realizada pela escritora Gabriela Ortigoza, com a colaboração de Antonio Abascal, Miguel Vallejo e Juan Carlos Alcalá, que se revezaram no decorrer da novela.
"Yo amo a Juan Querendón" narra a história de Juan Domínguez (Eduardo Santamarina) um homem mulherengo e descarado que, por uma confusão, sai de sua cidade com destino à Cidade do México. Ao chegar na capital, a vida de Juan muda drasticamente: primeiro, conhece Paula (Mayrín Villanueva), de quem se apaixona, e também conhece Samuel (César Évora), o líder de uma família que se apega a ele. Depois da inevitável morte de Samuel, Juan é encarregado de cuidar de Nidia (Silvia Pasquel), esposa de Samuel, e de Marely (Florencia de Saracho) e Yadira (Dacia Alcaráz), as filhas.
Sem querer, Juan arma uma grande rede de mentiras sobre seu passado com objetivo de ganhar a confiança da família de Samuel. Depois, Juan busca trabalho nas empresas Farell e exatamente lá, ele se encontra com Paula, mas este se dá conta de que ela tem uma relação com César (Alexis Ayala), o dono das empresas Farell e que está casado com Mónica (Reneé Varsi). Porém, Juan não se dá por vencido e decide lutar pelo amor de Paula.
Juan tem um alto conceito de mulheres. Para ele, é o ser mais belo na face da terra, uma obra de arte da criação, e por essa razão, as mulheres merecem ser respeitadas e reverenciadas como divindades. Juan se apaixona facilmente por elas, porque, na realidade, é um apaixonado pelo amor.
Depois da morte de Samuel, Nidia descobre que Samuel teve um filho com uma amante anos atrás, Ana (María Marcela). O testamento de Samuel deixa uma grande parte de sua fortuna com ajuda de Alirio (Roberto D'Amico). Nidia oculta a cláusula do testamento.
Todos esses enredos e distintas situações engraçadas provocadas pelo caráter conquistador de Juan dão base a trama da novela. 
Na ocasião, "Yo amo a Juan Querendón" substituiu "La fea más bella" que havia se tornado um fenômeno da audiência. Embora a novela fosse boa, a missão foi difícil e a trama não sustentou os índices, mantendo números aceitáveis, apenas cumpriu com o seu papel de divertir. 
Em relação ao protagonista, Eduardo Santamarina se saiu muito bem. Juan era galante e tinha uma autoestima incrível, mesmo com aquele cabelo pavoroso. Chovia mulheres e as situações provocavam ótimas risadas, situações estas que foram acompanhadas em impressionantes 260 capítulos, ficando no ar até Fevereiro de 2008.
Com um protagonista tão sedutor, o tema musical teria que fazer jus ao personagem. O tema El Rey Tiburón, da banda mexicana Maná, fala também de um homem conquistador. Veja no clip oficial, publicado no canal oficial da banda no Youtube.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Enamorándome de Ramón - Primeiro Promocional

Pôster oficial da novela "Enamorándome de Ramón"
Divulgação: Televisa

"Nesta história você vai descobrir que a única coisa que vale a pena nesta vida é o amor". Com estas palavras, foi dada a largada para a promoção de "Enamorándome de Ramón", a nova novela das 7 da Televisa. A produção de Lucero Suárez ("Querida Enemiga", "Zacatillo, un lugar en tu corazón", "De que te quiero, te quiero" e "La Vecina") é uma adaptação de "Tomasa Tequiero", novela venezuelana escrita por Dóris Segui e produzida pela Venevisión entre 2009 e 2010. José Ron e Esmeralda Pimentel são os protagonistas desta nova versão.
"Enamorándome de Ramón" estreia no dia 20 de Fevereiro, às 7 da noite, substituindo "Vino el Amor" no Las Estrellas.

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Confira a abertura da novela "El Bienamado"

Banner da novela "El Bienamado"
Divulgação: Televisa

Ontem foi ao ar o primeiro capítulo da versão mexicana da novela "O Bem Amado", a nova produção de Nicandro Díaz para a Televisa. A abertura da novela traz um plano sequência (gravação de uma tomada sem cortes) realizado com uma Câmera Phantom. Para realizar a gravação de uma única vez, foi realizado um movimento de 360°. Com esta técnica, consegue-se registrar os mínimos detalhes, devido à alta captação de quadros por segundo da câmera. A banda MS foi a encarregada de interpretar o tema principal da novela. O resultado ficou belíssimo e precisou do entrosamento de todo o elenco para que a sequência saísse perfeita, além de muitas horas de ensaio. Confira!

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Conheça os personagens de "O que a vida me roubou"


MONTSERRAT MENDOZA (Angelique Boyer)

Jovem nobre e de bons sentimentos. É capaz de se sacrificar pelo bem de sua família. Ao se apaixonar por José Luis, decide enfrentar sua mãe, que sempre encontra uma maneira de manipulá-la. Graziela chega a pressioná-la de tal forma, que Montserrat aceita se casar com um homem que detesta. Tudo o que sofreu fará com que se tone mais forte, aprendendo assim, a tomar suas próprias decisões, defender o que ama, acima de tudo e de todos.

ALESSANDRO ALMONTE (Sebastián Rulli)

Homem de personalidade forte e justo nas decisões que toma. Não permite abusos e reprova as injustiças, sobretudo, quando se trata das pessoas simples, pessoas que entende e apóia, pois perdeu sua mãe muito cedo, que era uma mulher do campo. Sua vida muda drasticamente quando seu patrão, Benjamim Almonte, lhe confessa antes de morrer que é seu pai e o nomeia herdeiro universal de sua fortuna. Suas qualidades serão as armas para conquistar o amor de Montserrat.

JOSÉ LUIS ÁLVAREZ (Luis R. Guzmán)

Soldado da Marinha, de origem humilde, honrado e trabalhador. Apaixonado e impulsivo, é capaz de qualquer coisa em nome do amor. Montserrat é a mulher de sua vida e quando descobre que ela foi obrigada a se casar com um homem que não ama, José Luis a procura em sua casa, determinado a recuperá-la. Várias circunstâncias o impedem e apesar de sua insistência, José Luis vai descobrir que o amor de Montserrat não é mais o mesmo.
 
MARIA ZAMUDIO (Grettell Valdez) 

Jovem de origem humilde, mas pretenciosa, apaixonada e caprichosa. Para atingir seus objetivos é capaz de mentir, trair e fazer muitas intrigas. Sente um amor obsessivo por Alessandro desde a infância, mas ele sempre a viu como uma amiga. O ódio de Maria por Montserrat desperta todos os seus instintos de maldade e vai buscar todos os meios para separar o casal. Seu amor desmedido por Alessandro a cega, não permitindo ver que o amor que tanto precisa, está em Víctor, o melhor amigo de Alessandro e quem Maria sempre ignorou. 

LAURO MENDOZA (Rogelio Guerra)

Almirante aposentado da Marinha. Aparenta ser um homem duro, mas no fundo é frágil. Teve dois filhos com Graziela. Montserrat e Demétrio. Sua doença cardíaca, juntamente com o fato de que está prestes a perder toda a sua riqueza o tornou um alvo mais fácil para a manipulação constante de sua esposa. Ele permite que sua filha Montserrat se case com Alessandro, acreditando que ela está realmente apaixonada.

GRAZIELA GIACINTINI DE MENDOZA (Daniela Castro)

Mulher de dupla moral e bastante hipócrita. Diante de sua família aparenta ser uma mulher devota, mas na realidade é uma pessoa obscura, cheia de ambição de cobiça. Orgulhosa de pertencer a uma das famílias mais importantes de Água Azul, pois considera importante manter limpo seu prestígio e sobrenome. Apesar disso, guarda um segredo. Há muito tempo foi amante de Benjamim Almonte. Controla os membros de sua família como peças de xadrez, com o único propósito de conseguir o que deseja. Por dinheiro é capaz de vender sua própria filha para Alessandro Almonte, o filho bastardo e herdeiro de seu falecido amante Benjamim, deixando de lado os seus preconceitos.

DEMÉTRIO MENDOZA (Osvaldo Bonavides)

Filho mais novo de Lauro e Graziela. É um jovem imaturo e irresponsável. Sempre teve tudo de mão beijada e aprendeu a ter tudo o que deseja sem fazer nenhum esforço para consegui-lo. Da mesma forma que sua mãe, ele é capaz de tudo para conseguir dinheiro fácil. Por isso, ele se torna cúmplice de Graziela, para que ela consiga tudo o que deseja. Demétrio é tão egoísta que não se importa de colocar em risco a vida de sua irmã Montserrat, desde que tire proveito da situação.

ROSÁRIO DOMÍNGUEZ (Ana Bertha Espín)

Mulher de origem humilde, foi abusada sexualmente na adolescência por Benjamin Almonte, ficando grávida de Alessandro e sendo obrigada a abandoná-lo, deixando aos cuidados do Padre Anselmo. Graças às artimanhas de Benjamim, Rosario ficou presa por quase trinta anos. Ao conquistar a liberdade, Rosário teme a rejeição de Alessandro, especialmente agora que ele é rico e casado. Para conseguir se aproximar do filho, Rosário pede ajuda ao padre para conseguir um emprego na fazenda de Alessandro.

PADRE ANSELMO (Eric Del Castillo)

Sacerdote nobre, inteligente e de grande coração. Sua vocação para servir a Deus o obriga a ser discreto e a guardar os segredos que lhe são conferidos, mas faz de tudo para que certas coisas se concretizem. Ele teve o cuidado de criar e educar Alessandro, desde o tempo em que ficou sem mãe, e seu pai, o fazendeiro Benjamim Almonte, se recusou a reconhecê-lo. Ele o tornou um homem de bem e se esforço para que o pai, antes de morrer, reconhecesse Alessandro como seu filho e nomeá-lo seu herdeiro. O Padre Anselmo será um grande apoio para que Alessandro alcance a felicidade ao lado da mulher que ama.

JUVENTINO ZAMUDIO (Alberto Estrella)

Homem extremamente ambicioso. É capaz de trair e matar quando algo atravessa seu caminho para alcançar seus objetivos. Não aceita e nem pode suportar que Alessandro, um outro peão da fazenda, acaba por ser o filho não reconhecido do patrão, sendo o herdeiro de toda a sua fortuna. Fará de tudo para prejudicar Alessandro.

MACÁRIO PERALTA (Juan Carlos Barreto)

Homem inteligente, honesto e confiável. É amigo de Alessandro desde quando ele era uma criança, quando o protegia por ser dez anos mais velho. Ele fica surpreso ao saber que Alessandro é agora o novo proprietário da fazenda, e foi reconhecido pelo patrão Benjamim. Alessandro lhe oferece trabalho e Macário se torna seu braço direito. Macário é apaixonado por Dominga (Alejandra Procuna), a cozinheira. Ela o corresponde, mas ele não se atreve a propor casamento, até não ter algo digno para oferecer a ela.

EZEQUIEL BASURTO (Alexis Ayala)

Policial corrupto, sem instrução e sem personalidade. Sob as ordens de seu chefe, Loreto (Marco Uriel), com quem ele se comporta servil e obediente, fazendo para ele todos os trabalhos sujos. Com a morte de Loreto, Ezequiel permanece como delegado interino, até nomear um sucessor. Ezequiel planeja imitar os passos de seu ex-chefe, mas sua ambição e falta de inteligência o leva a fazer tudo errado. É lento para tomar decisões e não sabe sair dos problemas.

sábado, 21 de janeiro de 2017

Divulgada três músicas de "La Doble Vida de Estela Carrillo"

David Zepeda será Ryan Cabrera e Ariadne Díaz será Estela Carrillo
Foto: Divulgação

Embora faltem algumas semanas para a estreia, foi divulgada três músicas que farão parte da trilha sonora de "La Doble Vida de Estela Carrillo", a nova novela das 9 da Televisa. Como a novela abordará o universo da música regional mexicana nos Estados Unidos, os próprios personagens interpretam as músicas que acompanharemos durante toda a novela. A atriz Ariadne Díaz, que dará vida à protagonista Estela Carrillo, interpreta a música Para que tu me amaras. David Zepeda, que será Ryan Cabrera, canta o tema Un amor como el nuestro. Outros que mostrarão uma nova faceta são África Zavala e Danilo Carrera. O casal Morgana e Danilo interpretam o tema Parrandero.
"La Doble Vida de Estela Carrillo" é uma produção de Rosy Ocampo ("Por Ella Soy Eva", "Mentir para Vivir", "La Fuerza del Destino", "Qué Pobres tan Ricos" "Antes Muerta que Lichita") e estreia no dia 13 de Fevereiro, às 9 da noite, substituindo "La Candidata", no canal Las Estrellas.



sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Fique por dentro da história de "Mi Adorable Maldición"

Pôster oficial da novela "Mi Adorable Maldición"
Divulgação: Televisa

A cidade de El Salado é uma janela para o passado. As tradições, as crendices e os costumes de antigamente se mantêm vivos. Ainda que isso dê um destaque especial ao lugar, nem tudo é perfeito, pois seus habitantes ainda acreditam no sobrenatural, nas bruxarias e nas maldições. Quando a mãe da pequena Aurora morre ao lhe dar à luz, Macrina (Socorro Bonilla), a parteira, se encarrega de espalhar a notícia de que a menina é a culpada, porque ela nasceu com uma marca que se assemelha a uma caveira. Isso é uma grave evidência de que a desgraça se aproximava da região. Dessa forma, a menina fica marcada como portadora de uma maldição. Ao sair na rua, os vizinhos reagiam como se o próprio diabo estivesse em carne e osso, fazendo com que Severo (Roberto Blandón), um desprezível criador de porcos, que vai deixando o mal cheiro por onde passa, diga para Aurora que ela jamais terá uma família, pois seu destino já está escrito e ele deve ser cumprido.
Aurora vive protegida pelo carinho do seu pai, José, que decide manter a menina completamente isolada de todos, com a única intenção de protegê-la dos falatórios sobre sua marca de nascença.
A magia do amor chega cedo à vida de Aurora. Ainda na infância, a menina conhece Rodrigo, um garoto que pertence a uma família rica e com o passar dos anos, surge um grande carinho entre os dois.
Aurora (Renata Notni) se torna uma bela mulher, mas sua vida muda drasticamente com a morte de seu pai. Em seu leito de morte, José pede para que Aurora e Rodrigo (Pablo Lyle) lhe façam um juramento: que ele proteja sua filha e que ela consiga provar para todos que não é uma pessoa amaldiçoada. Os dois selam o compromisso para toda a vida e, assim, José morre em paz. Aurora sente a falta do pai e Rodrigo se oferece para cuidar dela, mas Aurora decide ir embora da cidade.
Depois de alguns anos, a desgraça volta à vida de Aurora quando ela passa a acreditar que a recente morte de sua tia seria culpa sua. Convencida de que atrai muitos infortúnios, ela volta para El Salado, onde passa a viver isolada no cemitério, próxima do túmulo de seu pai. Quando o velho Severo a encontra, ele rouba suas coisas e a mantém prisioneira em sua casa. Rodrigo corre para resgatá-la, mas inesperadamente, a menina se recusa a ir com ele. A razão é um mistério.
O distanciamento de Aurora e Rodrigo é perfeito para Mónica (Laura Carmine), a nova inquilina na propriedade do jovem, que quer fisgá-lo a qualquer preço. No entanto, apesar da distância, os dois sempre souberam que foram feitos um para o outro e irão lutar por este amor, sem esquecer das promessas que fizeram a José. Aurora vai mostrar a todos e a si mesma, que não nasceu com nenhuma maldição, mas é uma jovem com força suficiente para superar as dificuldades, superstições, além de ser capaz de desfrutar do amor ao lado do homem que ama.
"Mi Adorable Maldición" estreia na próxima segunda-feira, dia 23 de Janeiro, às 5 da tarde, no Las Estrellas.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Fique por dentro da história de "El Bienamado"

Pôster oficial da novela "El Bienamado"
Divulgação: Televisa

Graças a sua grande preocupação pelo futuro das pessoas, Odorico Cienfuegos (Jesús Ochoa) ganha as eleições para a prefeitura municipal de sua cidade, fazendo uma promessa que ganha o apoio da maioria: a construção de um cemitério.
As pessoas mais engajadas em ajudá-lo a conquistar o posto de prefeito são as irmãs Samperio, três solteironas com quem Odorico mantém casos tão secretos que nem elas mesmas suspeitam uma da outra.
Odorico tem três adversários: Dona Bruna (Laura Zapata), líder da oposição política; Homero (Andrés Palacios), jornalista local que questiona todos os seus atos de governo; e León, o médico recém chegado, que se encarrega de que ninguém morra na cidade. A inimizade piora quando Valeria (Mariluz Bermudez), a filha de Odorico, começa a namorar Homero, mas está apaixonada por León. No entanto ele a rejeita porque vive atormentado por uma culpa do passado.
Odorico, desesperado, aceita trazer para a cidade o primo das solteironas, que está à beira da morte, para que, assim que ele morra, seja inaugurado o cemitério. Ao saber da história, Dona Bruna consegue intervir para que León cure o rapaz.
Angustiado por não ter um cadáver para enterrar, Odorico pede ao matador lendário Chuy Diablos (Francisco Gattorno) para que provoque os membros das famílias rivais da cidade, incentivando-os a matar uns aos outros. No entanto, quem morre por acidente é um policial. Odorico fica feliz, pois finalmente o cemitério será inaugurado, mas os seus planos fracassam ao saber que o corpo do policial será transferido para sua cidade natal.
León resolve todos os problemas de saúde da cidade com muita eficiência, sem se importar que Odorico desmonte o centro de saúde ou mande roubar os remédios para atender a epidemia que assola a cidade. No nobre trabalho de atender aos doentes, León conta com o apoio de Valeria. Com isso, os dois passam a conviver mais próximos, despertando os ciúmes de Homero, que decide ir embora da cidade. Mas, apesar das tentativas de Valeria para conquistar León, ele não consegue deixar de lado os remorsos que lhe impede de começar uma relação amorosa com a jovem.
Enquanto isso, Odorico tornou-se obcecado por Melissa (Alejandra Sandoval), a ex-mulher de seu assessor político. Ao mesmo tempo, está muito ocupado em fazer ciúmes para Justina, uma de suas namoradas solteironas, que andou se engraçando com Chuy Diablos.
Entre os risos, humor e muito amor, Odorico passa a vida como prefeito municipal, sempre idealizando uma série de falcatruas que lhe permitam inaugurar o cemitério o mais rápido possível e assim, cumprir sua promessa de campanha.
"El Bienamado" estreia na próxima segunda-feira, dia 23 de Janeiro, às 8 da noite no Las Estrellas.

Fonte: Televisa

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Fique por dentro da história de "O que a vida me roubou"

Sebastián Rulli, Angelique Boyer e Luis Roberto Guzmán formam 
o triângulo amoroso de "O que a vida me roubou"

Montserrat (Angelique Boyer) é uma bela jovem, de boa posição social, que leva uma vida cor de rosa. No entanto, se deixa dominar constantemente por sua mãe, Graziela (Daniela Castro), que se empenha somente em manter as aparências e que não pensa em perder o seu status social, mesmo que seu marido Lauro Mendoza (Rogelio Guerra) tenha perdido tudo.
Sem o conhecimento de seus pais, Montserrat mantém um romance com José Luis (Luis Roberto Gusmán), um soldado da marinha e não planeja se casar com Sebastião de Icaza (Osvaldo de León), o homem que sua mãe, praticamente a impôs por conveniência. José Luis sabe que a família de Montserrat nunca o aceitará, por não ter um futuro promissor para dar a ela.
Ao mesmo tempo, Alessandro (Sebastián Rulli), um trabalhador da fazenda vizinha, descobre que seu pai é Benjamim Almonte (Alfredo Adame), um homem cruel, poderoso e rico, que morreu minutos depois de revelar toda a verdade ao seu filho. Alessandro não recebe bem a notícia e naquela noite, a vida trata de compensá-lo no momento em que conhece Montserrat, por quem se apaixona imediatamente.
Montserrat termina seu compromisso com Sebastião e Graziela fica furiosa, já que via neste casamento a única maneira de resolver seus problemas financeiros. Graziela, começa a pensar em outros planos para sua filha, quando descobre que Alessandro é o herdeiro de Benjamim, sendo assim, o pretendente ideal para Montserrat.
Ao perceber que sua situação financeira está cada vez pior, Graziela pede ajuda para Alessandro. Ele aceita ajudar os Mendoza, desde que Graziela permita que ele possa se relacionar com sua filha. Graziela não hesita nenhum momento e aceita a proposta, prometendo a ele que Montserrat nunca vai saber desde acordo.
Por outro lado, Graziela e Demétrio (Osvaldo Bernavides), o irmão de Montserrat, descobrem que ela mantém um relacionamento com um simples soldado e os dois se incumbem de separá-los, para não comprometer o relacionamento amoroso que possa surgir entre a filha e Alessandro. Em pouco tempo atingem seu objetivo e fazem com que Montserrat mude sua percepção em relação a José Luis, quando a justiça o condena por um crime que não cometeu.
A situação se complica quando Graziela percebe que Montserrat não está disposta a se envolver sentimentalmente com Alessandro e, portanto, se vê obrigada a dizer à filha toda a verdade sobre a situação econômica da família. Assim, apesar de seus princípios e sabendo que esta será a única maneira de ajudar a sua família não ficar na ruína, Montserrat concorda em se casar com Alessandro, no momento em que José Luis reaparece para dizer toda a verdade do que aconteceu e que realmente a ama, mas é tarde demais. Como é agora a esposa de Alessandro Almonte. Montserrat, contra a sua vontade, passa a morar na fazenda do seu marido. A princípio, seu casamento se torna um inferno, porque não existe confiança entre os dois, mas aos poucos, sentimentos de Montserrat em relação ao marido começa a mudar.
José Luis, fugindo da justiça consegue emprego de capataz na propriedade de Alessandro usando uma outra identidade. Imediatamente nasce uma amizade entre Alessandro e José Luis, pois ambos compartilham os mesmos valores. Esta situação incomoda Montserrat, que não se atreve a dizer a verdade ao seu marido sobre quem é realmente o seu novo empregado, por medo de que ele a deixe.
Montserrat, Alessandro e José Luis, terão que superar uma série de obstáculos colocados pelo destino para recuperar o que vida lhes roubou no passado, o amor e a chance de ser feliz. Montserrat terá que tomar a decisão final e o seu coração será seu único conselheiro.

Fonte: Televisa

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Trilhas de Novelas - Começo, meio e fim (Felicidade)


Em 1991, Manoel Carlos escreveu a novela "Felicidade". A trama baseada nos contos de Aníbal Machado - "Tati, a garota", "A morte da porta-estandarte",Viagem aos seios de Duília e O Piano - , contou com a colaboração de Elizabeth Jhin e a direção de Denise Saraceni.
"Felicidade" está ambientada na fictícia Vila Feliz, uma pacata cidade de Minas Gerais. Neste lugar, Helena (Maitê Proença) e Álvaro (Tony Ramos) se apaixonaram desde o primeiro encontro. Por circunstâncias da vida, Helena se casa com Mário (Helson Capri), mas seu casamento acaba fracassando. Em uma destas idas e vindas, Helena engravida de Álvaro. No entanto, o rapaz está prestes a se casar com Débora (Vivianne Pasmanter), uma mulher rica, mimada e bastante problemática. Diante desta situação, Helena decide ter sua filha sozinha e ocultar a verdade de Álvaro.
Oito anos depois, Helena e Álvaro se reencontram no Rio de Janeiro quando passa a trabalhar para sua mãe, Cândida (Laura Cardoso). Com a proximidade, Helena não consegue evitar a grande amizade que une Bia (Tatyane Goulart) e Alvinho (Eduardo Caldas), o filho de Álvaro e Débora. A amizade das crianças piora os problemas psicológicos de Débora, que não mede esforços para separar as duas crianças e manter o marido longe dos olhos de Helena.
Tempos depois, Helena revela para Bia que Álvaro é seu pai. Débora fica transtornada e decide matar Helena. Entretanto, o tiro acaba acertando Álvaro. Durante a fuga, Débora sofre um grave acidente e fica paralítica. Depois da recuperação, Álvaro, Helena, Bia e Alvinho finalmente formam a família feliz.
"Felicidade" foi uma novela emocionante e seu penúltimo capítulo inesquecível. Na ocasião, a torcida do público era grande para o encontro de Álvaro e Bia. A repercussão foi tanta que o capítulo foi reprisado no dia seguinte, uma sexta-feira (29/05/1992). Seu último capítulo foi ao ar no sábado (30/05/1992) e reprisado na segunda-feira (01/06/1992) antes do primeiro capítulo da novela "Despedida de Solteiro", sua substituta.
Para uma novela inesquecível, um tema à sua altura. O grupo Roupa Nova, interpretou a música Começo, meio e fim, coroando assim, esta história bem-sucedida. Vamos relembrar?


segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

La Doble Vida De Estela Carrillo - Primeiro Promocional

David Zepeda e Ariadne Díaz são os protagonistas de "La Doble Vida De Estela Carrillo"
Fonte: Divulgação

"Escapar ou mentir? Anonimato ou estrelato? Todos temos uma vida dupla. Qual é a tua?". Este é o primeiro promocional de "La Doble Vida De Estela Carrillo", a nova produção de Rosy Ocampo na Televisa. A trama protagonizada por Ariadne Díaz e David Zepeda conta a história de uma mulher imigrante nos Estados Unidos, que sonha em ser estrela de uma banda musical, mas o destino a leva a trabalhar como professora em Riverside, Califórnia, onde é testemunha de um tiroteio e da noite para o dia, se converte em heroína ao salvar a vida dos seus alunos que estavam presentes na cena. Entretanto, sua situação é de imigrante ilegal, o que lhe obriga a se negar a receber qualquer reconhecimento, por medo de ser descoberta pelas autoridades.
"La Doble Vida De Estela Carrillo" tem estreia prevista para Fevereiro, substituindo "La Candidata".

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Divulgado trailer e pôster oficial da novela "El Bienamado"

Pôster oficial da novela "El Bienamado"
Divulgação: Televisa

Faltam poucos dias para a estreia de "El Bienamado" no México e foram divulgados o pôster e o trailer oficial da nova produção de Nicandro Díaz, baseada na obra do escritor brasileiro Dias Gomes, que estreia no próximo dia 23 de Janeiro, às 8 da noite, no Las Estrellas.
Confira o trailer na íntegra.

Angélica Vale volta às novelas com "La Fan"

Banner promocional da novela "La Fan"
Divulgação: Telemundo

Afastada das novelas há mais de 10 anos, desde o grande sucesso de "La fea más bella", Angélica Vale volta à TV protagonizando "La Fan", a nova novela da Telemundo que estreia na próxima semana. "La Fan" é uma história inspirada em uma ideia original da própria Angélica Vale e escrita por Marcela Citterio.
A novela conta a história de Valentina Pérez (Angélica Vale), uma mulher cômica, alegre e humilde, que é fã de Lucas Duarte (Juan Pablo Espinoza), um famoso ator de novelas. Por uma reviravolta do destino, ídolo e fã ficam mais próximos do que nunca, mudando a vida de Valentina inesperadamente. À primeira vista, Lucas não lhe dá muita atenção, mas no decorrer da história, não poderá imaginar sua vida sem ela.
No elenco, nomes como: Miguel Varoni, Scarlet Ortiz, Ximena Duque, Jonathan Islas, Gabriel Porras, entre outros.
"La Fan" estreia na próxima terça-feira, dia 17 de Janeiro, às 8 da noite, na Telemundo. Confira alguns promocionais.


quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Aberturas de Novelas - Uga Uga (Globo, 2000)

Cláudio Heinrich foi o índio Tatuapu em "Uga Uga"

Apostando novamente na comédia e em histórias inusitadas, Carlos Lombardi, com a colaboração de Tiago Santiago e Margareth Boury, escreve "Uga Uga" no ano 2000 para a Rede Globo. A direção foi de João Camargo e Ari Coslov.
A história da novela começa na Floresta Amazônica, onde Nikos Jr. (Marcos Frota) e Mag (Denise Fraga) lideram uma expedição. Lá, eles são atacados por uma tribo indígena e todos morrem, menos Adriano, o filho de dois anos do casal e neto de Nikos Karabastos (Lima Duarte). O menino perdido cresce na floresta aos cuidados dos índios e seu avô passa 20 anos tentando encontrá-lo. 
Nikos é dono da fábrica de brinquedos Tróia, no Rio de Janeiro e conta com o apoio de seu fiel assessor Anísio (Tato Gabus). Seu maior sonho é reencontrar seu neto para que assuma os negócios da família, mas sua cunhada Santa (Vera Holtz) e seu filho Rolando (Heitor Martinez), esperam que o desejo de Nikos não se realizem para que continuem a desfrutar das mordomias e serem nomeados os únicos herdeiros de toda a fortuna. O que eles não contavam é que aquele menino está vivo e se tornou um índio de nome Tatuapu (Cláudio Heinrich). Agora, o grande desafio será retorná-lo à civilização, para que volte ao lado de sua família.
"Uga Uga" foi sucesso e um grande desafio para o ator Cláudio Heinrich. Ele passou 20 dias com uma tribo no Xingu para atuar e agir como um indígena e teve dificuldades para se habituar a usar uma minúscula tanga o tempo todo. O próprio ator já relatou em entrevistas que até hoje ele não se sente bem ao usar sunga na praia.
Na sequência da abertura da trama é exibida uma história de quadrinhos do personagem Tatuapu, onde foram realizadas fusões de imagens. Para conseguir o efeito de desenho, as imagens foram tratadas. O mesmo efeito foi aplicado nas vinhetas de entrada e saída de bloco, O tema principal intitulado Kotahitanga foi interpretado pela banda Ocean. Relembre mais um grande sucesso.

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Trilhas de Novelas - Sigue sin mi (Siempre te amaré)

Alejandra Avalos, Fernando Carrillo e Laura Flores formam o trio central de "Siempre te Amaré"

No ano 2000, Juan Osorio produziu a novela "Siempre te Amaré" para a Televisa. A trama é uma adaptação da novela "Lo Imperdonable" (Televisa, 1975), criada por Fernanda Vileli e Caridad Bravo Adams. Os escritores Alberto Aridjs, Georgina Tinoco e Consuelo Garrido foram os responsáveis pela adaptação
A novela conta a história de Victoria Castellanos (Laura Flores) e de seu esposo Mauricio (Fernando Carrillo), que vivem um casamento perfeito com seus dois filhos pequenos, Antonia (Natasha Dupeyrón) e Eduardo (José Eduardo). Entretanto, este relacionamento é constantemente ameaçado pelos ciúmes de Mauricio, pelas intrigas de Ursula (Ofelia Guilmain), mãe de Mauricio, pela presença de Gilda (Alejandra Avalos), uma antiga namorada de Mauricio, e por Martin Mendizabal (Gabriel Varela), que sempre invejou o sucesso de Mauricio e seu casamento com Victoria.
Entre tantos problemas, o destino se encarrega de pregar uma peça. Sabina (Vanessa Guzmán), irmã de Mauricio, se apaixona por um pintor chamado Julio Granados (Chao), um homem casado. Os dois planejam fugir juntos e Victoria vai até a estação de trem para impedir que a cunhada faça uma besteira. Sabina se arrepende e não vai ao encontro de Julio, mas Victoria acaba embarcando naquele trem que, minutos depois, é atingido por um raio, destruindo tudo. Victoria sobrevive, mas é dada como morta.
Confusa e ferida, Victoria passa por dificuldades para voltar para casa, caindo nas mãos de um homem desequilibrado que a mantém em cativeiro. Ao conseguir fugir, ela vaga pelas ruas até ser encontrada por Hernán (Gerardo Murguía), um empresário de sucesso que a coloca no mundo da arte com o pseudônimo de Amparo Rivas.
Os anos passam e Mauricio se casa com Gilda. Eduardo (Rodrigo Vidal) e Antonia (Renée Varsi) crescem e se tornam pessoas bem sucedidas, ele como advogado do escritório de advocacia dos Castellanos e ela como fotógrafa. No entanto, Eduardo nutre um forte ódio por sua mãe pelo abandono e Antonia sente muito a ausência da mãe. O destino coloca frente a frente Victoria e seus filhos, sem saber do laço que os unem. Este encontro será decisivo para a reconciliação de Victoria e Mauricio, embora Ursula e Gilda farão de tudo para impedir esta união.
Na ocasião, "Siempre te Amaré" era uma das novelas mais populares no México, atingindo altos níveis de audiência. Entretanto, o elenco teve uma baixa e justamente foi o protagonista que abandonou a história no momento em que ela seria alargada. O produtor Juan Osorio anunciou a saída de Fernando Carrillo e a entrada de Arturo Peniche na história para ser o novo galã de Laura Flores. Muitas notícias foram veiculadas na época em jornais, revistas e sites sobre o real motivo da saída do ator: indisciplina, falta de profissionalismo, alcoolismo, compromissos já marcados nos Estados Unidos e pendências com a justiça americana. O fato é que depois de "Siempre te Amaré", Carrillo nunca mais trabalhou na Televisa e hoje está afastado das novelas.
Na reta final da novela, Arturo Peniche assume o posto de protagonista, mas fazendo um novo personagem: Luis Miguel Garay, sendo assim o amor verdadeiro que tanto Victoria esperava.
"Siempre te Amaré" contou com um grande tema musical, interpretado por um dos maiores ícones da música mexicana. Marco Antonio Solís emplacou mais um hit em sua carreira de sucesso com Sigue sin mi. Confira a música nesta apresentação especial do cantor para a gravação de seu DVD, realizado em Buenos Aires.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

"Roque Santeiro" vira musical no teatro

Banner do musical "Roque Santeiro"
Divulgação

Para os noveleiros de plantão, está chegando em São Paulo um musical inspirado na novela "Roque Santeiro", um dos grandes sucessos da TV Brasileira.
A partir do dia 27 de Janeiro, no Teatro FAAP, o paulistano poderá acompanhar esta montagem com a direção de Débora Dubois e a direção musical de Zeca Baleiro. No elenco, Jarbas Homem de Melo, Livia Camargo, Flavio Tolezani, Mel Lisboa, Luciana Carnieli, Edson Montenegro, Dagoberto Feliz, Nábia Villela, Yael Pecarovich, Giselle Lima, Marco França, Samuel de Assis, Cristiano Tomiossi. 
Se interessou? Então fique ligado! A partir do dia 11 de Janeiro você poderá adquirir o seu ingresso. Clique aqui para maiores informações.

sábado, 7 de janeiro de 2017

"A Escrava Isaura" volta à tela da RecordTV

Bianca Rinaldi foi a protagonista de "A Escrava Isaura"

A novela que iniciou a retomada da RecordTV à produção de novelas, "A Escrava Isaura", volta à TV na próxima semana. A trama produzida em 2004 foi um grande sucesso e teve boa repercussão internacional. A emissora da Barra Funda irá exibir os primeiros capítulos com a reta final de "Escrava Mãe" como estratégia de manter o público fiel até a estreia de "Belaventura" a próxima novela inédita do canal que está em produção.
"A Escrava Isaura" estreia no dia 9 de Janeiro, às 7 e meia da noite, na RecordTV.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Conheça a história da minissérie "Dois Irmãos"


Os desafetos e intensos conflitos de uma família de imigrantes libaneses serão o mote de "Dois Irmãos". Na minissérie de dez capítulos - escrita por Maria Camargo, a partir do célebre romance homônimo de Milton Hatoum, com direção artística de Luiz Fernando Carvalho -, a rivalidade entre os gêmeos Omar (Enrico Rocha/ Matheus Abreu/ Cauã Reymond) e Yaqub (Lorenzo Rocha/ Matheus Abreu/ Cauã Reymond) será capaz de abalar os laços entre Halim (Bruno Anacleto/ Antonio Calloni/ Antonio Fagundes), Zana (Gabriella Mustafá/ Juliana Paes/ Eliane Giardini) e seu clã.
A história será narrada por Nael (Theo Kalper/Rian Cesar/ Irandhir Santos). Filho de Domingas (Sandra Paramirim/ Zahy/ Silvia Nobre), menina indígena recolhida em um orfanato para ajudar nas tarefas domésticas, o rapaz acaba se tornando testemunha e, ao mesmo tempo, parte integrante da intimidade de um núcleo singular.
Em um período em que a capital amazonense passa por significativas transformações, surge o amor de Halim e Zana. Mascate, ele é mais um dos estrangeiros, entre libaneses, sírios e judeus marroquinos, que frequentam o restaurante do pai dela, Galib (Mounir Maasri). Após criar coragem, o jovem se declara e conquista o coração da bela, que sonha em ter filhos. "Pelo menos três", exige.
A contrariedade de Halim em gerar herdeiros vem do medo que ele tem de perder os momentos deliciosos que passa ao lado da esposa. E ele tinha razão. Logo na primeira gravidez, Zana dá à luz gêmeos e tudo muda. O caçula dos meninos nasce com problemas respiratórios e acaba se tornando alvo do carinho desmedido da mãe, que acredita em uma suposta fragilidade da criança. Sem perceber, Zana cria uma verdadeira obsessão pelo filho, plantando, assim, o rancor no coração do outro, Yaqub.
A partir daí, uma série de escolhas da matriarca acaba por afastar ainda mais os rebentos. Tempos depois, nasce Rânia (Letícia Almeida/ Bruna Caram), condenada a viver à sombra dos irmãos. Halim não se conforma com a predileção da esposa por Omar, mas também não consegue enfrentar a personalidade forte da amada.
Uma grande tragédia, no entanto, mudará para sempre a relação dessa família. Tomado de ciúme ao ver o irmão aos beijos com Lívia (Monique Bourscheid/ Bárbara Evans), durante uma sessão de cinematógrafo na casa de Estelita (Maria Fernanda Cândido/ Carmem Verônica) e Abelardo (Emilio Orciollo Netto/ Ary Fontoura), Omar quebra uma garrafa e corta o rosto do irmão. Eles param de se falar.
Decidido a fazer os filhos selarem as pazes, Halim resolve enviá-los para o Líbano, em meio à Segunda Guerra Mundial. Zana, porém, se mostra relutante até o último segundo. E, ao chegar ao porto, no momento do embarque, solta a mão de Yaqub, mas não consegue se desprender de Omar.
Yaqub, então, viaja sozinho, e o período longe de casa o transformará de maneira irreversível. O retorno para casa, no pós-guerra, terá consequências inimagináveis.
"Dois Irmãos" estreia no dia 9 de Janeiro, logo após a novela "A Lei do Amor", na Globo.

Fonte: GShow

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Aberturas de Novelas - Marido en Alquiler (Telemundo / Globo, 2013)

Pôster oficial da novela "Marido en Alquiler"
Divulgação: Telemundo

Em 2013, a Telemundo em coprodução com a Rede Globo produziu "Marido en Alquiler" nos Estados Unidos. A trama é uma adaptação de “Fina Estampa”, novela de Aguinaldo Silva produzida em 2011 no Brasil.
"Marido en Alquiler" conta a história da batalhadora Griselda (Sonya Smith). Conhecida como Carrasco, ganha a vida fazendo diversos tipos de conserto. Desde pequenos reparos até conserto de carros. Sua marca registrada é o seu macacão de mecânico e trabalha duro para dar o melhor a seus filhos. Sem se dar conta, desde o misterioso desaparecimento de seu ex-marido, Griselda passou 15 anos sem o amor de um homem. No entanto, ela volta a sentir a paixão no dia em que conhece Reinaldo Ibarra (Juan Soler), o homem perfeito que toda mulher sonha. O grande problema é que ele é casado com Teresa Cristina (Maritza Rodríguez), uma mulher sombria e superficial, que esconde um passado terrível e tem uma família que acredita ser perfeita, de acordo com sua visão de mundo.
A novela foi exibida nos Estados Unidos e em vários países da América Latina. Nesta história, somente alguns nomes foram mantidos: entre eles, o da protagonista Griselda e o da vilã Teresa Cristina. Embora não tenha sido um requisito, há uma grande semelhança física entre os principais atores desta versão e o da original. No entanto, a "nova" Griselda não aparenta a idade suficiente para ter três filhos tão grandes, o que ficou estranho no vídeo.
A adaptação desta novela ficou a cargo da escritora Perla Farias. Foi uma novela muito bem cuidada e teve relativo sucesso. Até agora, foi a última novela que a Rede Globo produziu para o mercado hispano.
A abertura da trama retrata o dia a dia de Carrasco, o "marido de aluguel". O tema Yo soy la mujer é interpretado pela cantora mexicana Ana Bárbara, uma das artistas mais conhecidas da música grupera, um dos ritmos mais populares da música mexicana.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Morre a atriz Vida Alves

Vida Alves
(15/04/1928 - 03/01/2017)

Na noite de ontem, dia 3 de Janeiro, morreu Vida Alves, a atriz que protagonizou o primeiro beijo da TV brasileira ao lado de Walter Foster na novela da TV Tupi chamada "Sua Vida me Pertence", na década de 50. Vida também deu o primeiro beijo gay da TV brasileira, em um dos episódios do programa "TV de Vanguarda", também na TV Tupi, na década de 60. De acordo com o jornal "O Globo", Vida morreu de falência múltipla dos órgãos.

Vida Alves, ao lado de Walter Foster na novela "Sua vida me pertence". 
Foto: Arquivo Pessoal

Além da atuação, Vida Alves estrelou radionovelas, foi autora, produtora e diretora. Em 1995, fundou o Museu Pró-TV com o objetivo de preservar a memória da televisão brasileira. A partir de agora, quem assumirá o comando do Museu será Thaís Alves, sua filha, juntamente com a nova diretoria eleita em setembro de 2016.
Fica aqui o registro e nossos sentimentos à família pela grande perda.

Mi Adorable Maldición - Segundo promocional


Já está no ar o segundo promocional de "Mi Adorable Maldición", a nova produção de Ignacio Sada Madero para a Televisa.
Nesta sequência conhecemos Aurora (Renata Notni), a protagonista da trama, que fala sobre como levou sua vida diante de uma pequena cidade que sempre a viu marcada pelo Diabo.
"Mi Adorable Maldición" tem estreia prevista para o dia 23 de Janeiro, às 5 da tarde, no Las Estrellas, substituindo "Despertar Contigo". Confira.

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Trilhas de Novelas - I Want To Know What Love Is (Um sonho a mais)


Em 1985, Daniel Más e Lauro César Muniz, com a colaboração de Mário Prata e Dagomir Marques, escreveram "Um sonho a mais" para a Rede Globo. A trama contou com a direção geral de Roberto Talma e um elenco formado por: Marco Nanini, Maitê Proença, José Lewgoy, Sylvia Bandeira, Fulvio Stefanini, Cissa Guimarães, Susana Vieira, entre outros. 
O ator Ney Latorraca intepretou o protagonista Antonio Carlos Volpone, um milionário que volta ao Brasil para esclarecer o assassinato de seu sogro, crime do qual era acusado e para se aproximar de Estela (Sylvia Bandeira), sua ex-esposa. Para provar sua inocência, ele fingiu estar com uma doença que o obrigava a viver em uma redoma de plástico. Quando precisava sair para investigar o crime, Volpone colocava um ator dentro da bolha para ficar em seu lugar e se disfarçava para circular entre seus amigos e inimigos.
"Um sonho a mais" contou com uma trilha sonora nacional e internacional formada por dois LPs lançados na época. Uma das músicas mais marcantes foi I want to know what love is, tema de Volpone e Estela. A música da banda norte-americana Foreigner é um dos grandes sucessos da década de 80 quando se fala em baladas românticas. Vamos relembrar?

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

El Bienamado - Terceiro e quarto promocional


A poucas semanas da estreia, foram divulgados o terceiro e o quarto promocional de "El Bienamado", a adaptação da obra de Dias Gomes "O Bem Amado" para a Televisa. 
"El Bienamado" estreia no dia 23 de Janeiro, às 8 da Noite no Las Estrellas, substituindo a novela "Tres Veces Ana" Confira!



domingo, 1 de janeiro de 2017

Feliz 2017!


Mais um ano se inicia e o Prime Telenovelas deseja que 2017 seja o seu ano. Renove seus desejos, estabeleça novas metas e nunca deixe de acreditar! Conte sempre conosco para saber sobre sua novela favorita. Fique ligado, pois novidades estão por vir!