Fique por dentro da história de "Bom Sucesso"

Novela das sete da Globo é a grande estreia da semana.

"Apocalipse" estreia nos Estados Unidos pelo UniMás

Novela será exibida no horário nobre do canal hispânico.

Fique por dentro da história de "Cita a Ciegas"

Novela mexicana é a grande estreia da Televisa nesta semana.

La Usurpadora - Primeiros Promocionais

Série de 25 capítulos estreia no México em Setembro.

"Bolivar, una luta admirable estreia na Plataforma Netflix.

Produção é considerada uma das mais caras da história da televisão colombiana.

Notícias

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

As grandes estreias para 2017

2017 está chegando e as emissoras estão com muitas novelas para estrear. Confira quais são as histórias que virão por aí.

Emilio Dantas e Juliana Paes como Rubinho e Bibi, em "A Força do Querer". 
Foto: Mauricio Fidalgo/Globo

A Força do Querer (Globo - 21 h): Escrita por Glória Perez, com direção de Rogério Gomes, a trama que irá substituir “A Lei do Amor” abordará temas como a tolerância, as dificuldades de compreender e aceitar o que é diferente de nós e do embate entre o querer (vontade) e os limites éticos e morais que permeiam nossas escolhas. Juliana Paes, Emilio Dantas e Rodrigo Lombardi são alguns nomes que formam o elenco. Sua estreia está prevista para o primeiro semestre de 2017.

Camila Queiroz será a protagonista de "Pega Ladrão"
Foto: Gustavo Azeredo

Pega Ladrão (Globo - 19 h): Escrita por Cláudia Souto, com direção de Luiz Henrique Rios, a trama vai discutir o "jeitinho brasileiro". No elenco, Camila Queiroz, Mateus Solano, Marcos Caruso são alguns nomes já confirmados. A estreia da trama está prevista para o primeiro semestre de 2017.

 
Isabelle Drummond viverá Anna Millman, a protagonista de "Novo Mundo". 
Foto: Mauricio Fidalgo/Globo

Novo Mundo (Globo - 18h): A substituta de "Sol Nascente" já está em produção. Escrita pelos estreantes Alessandro Marson e Thereza Falcão, com direção de Vinicius Coimbra, a trama será ambientada no início do século XIX, entre 1817 e 1822. A estreia da novela está prevista para Março.

Em Nome do Amor (Globo - 23 h): A trama escrita por Ângela Chaves e Alessandra Poggi deverá seu nome alterado por conta de que este título atualmente está registrado pelo SBT. O pouco que se sabe até o momento é que a história se passa entre os anos 1970 e 1980, época da ditadura militar.

Malhação (Globo - 17 h): A nova temporada "Malhação" promete muitas novidades. Escrita por Cao Hamburguer, a trama será ambientada em São Paulo e terá pela primeira vez só mulheres como protagonistas, enaltecendo o poder feminino. A estreia deve ocorrer em Abril.

A atriz Milena Toscano está no elenco de "O Rico e Lázaro"

O Rico e Lázaro (Record TV - 20h30): Escrita por Paula Richard, "O Rico e Lázaro" terá como tema central a parábola de mesmo nome, que está presente no Novo Testamento da Bíblia, mas também abordará outras passagens. A trama se passará na Babilônia, durante o reinado do Rei Nabucodonosor II, quando o Templo de Salomão foi destruído. Sua estreia está prevista para o primeiro semestre de 2017.

Apocalipse (Record TV - 20h30): A novela pode estrear no final de 2017 e deverá ser ambientada nos dias atuais. A trama que será escrita por Vivian de Oliveira promete muitos efeitos especiais hollywodianos. É aguardar para ver. 

Belaventura (Record TV - 19 h): A novela de Gustavo Reiz será ambientada na época medieval e contará a história de amor de um príncipe por uma plebeia. A novela ainda não iniciou as gravações e sua estreia deve ocorrer somente no segundo semestre de 2017.

As Aventuras de Pollyanna e João Feijão (SBT - 20h30): De Íris Abravanel, a trama será inspirada na obra “Pollyanna”, de Eleanor H. Potter. Por enquanto, ainda não há nomes confirmados para o elenco da substituta de "Carinha de Anjo". A novela deve estrear no segundo semestre de 2017, tendo em vista que o SBT não pretende esticar os capítulos da sua atual novela.

 
Pablo Lyle e Renata Notni são os protagonistas de "Mi Adorable Maldición"
Divulgação: Televisa 

Mi Adorable Maldición (Televisa - 17 h): Protagonizada por Renata Notni e Pablo Lyle, será a primeira estreia do ano no México. A produção de Igancio Sada Madero é uma adaptação de "Lola Calamidades", trama colombiana de 1987 de Julio Jiménez. A escritora Gabriela Ortigoza, responsável pela adaptação, abordará o misticismo e as superstições dos mexicanos nesta história que fala de uma mulher que vive em uma pequena cidade do interior e é vista por todos como maldita. Sua estreia está prevista para o dia 23 de Janeiro, às 5 da tarde, no Las Estrellas.

Jesús Ochoa será Odorico em "El Bienamado"
Divulgação: Televisa

El Bienamado (Televisa - 20 h): Protagonizada por Jesús Ochoa, a nova produção de Nicandro Díaz é uma nova versão da obra brasileira escrita por Dias Gomes, "O Bem Amado", que conta a história de Odorico Cienfuegos, um homem que ganha a prefeitura municipal de uma cidade pequena sob a promessa de construir um cemitério com a ajuda de três irmãs solteironas, com quem mantém um relacionamento secreto sem que elas saibam que foram seduzidas pelo mesmo homem. A trama estreia no dia 23 de Janeiro no Las Estrellas.

 
José Ron e Esmeralda Pimentel são os protagonistas de "Enamorándome de Ramón" 
Divulgação: Televisa 

Enamorándome de Ramón (Televisa - 19 h): A nova produção de Lucero Suárez traz Esmeralda Pimentel e José Ron como protagonistas e sua história gira ao redor de Fabiola (Esmeralda Pimentel), uma jovem que perde os pais em um acidente de avião deixando Juana (Marisol del Olmo), a babá da família, como única beneficiária do seguro de um milhão de dólares. Ramón (José Ron), filho de Juana, volta à Cidade do México e vai trabalhar na oficina da família. Enquanto isso, Fabiola também começa a trabalhar na mesma oficina para demonstrar que é capaz de cuidar do dinheiro do seguro e, a partir daí, nasce o amor entre os dois. A estreia da novela está prevista para Fevereiro.

David Zepeda e Ariadne Díaz são os protagonistas de "La Doble Vida De Estela Carrillo"
Foto: Divulgação

La Doble Vida De Estela Carrillo (Televisa - 21 h): A nova produção de Rosy Ocampo será protagonizada por David Zepeda e Ariadne Díaz. A trama original conta a história de uma mulher imigrante nos Estados Unidos, que sonha em ser estrela de uma banda musical, mas o destino a leva a trabalhar como professora em Riverside, Califórnia, onde é testemunha de um tiroteio e da noite para o dia, se converte em heroína ao salvar a vida dos seus alunos que estavam presentes na cena. Entretanto, sua situação é de imigrante ilegal, o que lhe obriga a se negar a receber qualquer reconhecimento, por medo de ser descoberta pelas autoridades.

En Tierras Salvajes (Televisa - horário a confirmar): Ao que tudo indica, esta novela será uma história original. A produção de Salvador Mejía ainda não está com o seu elenco totalmente fechado. Por ora, Cristián de la Fuente está confirmado como o protagonista da trama e, recentemente, Ninel Conde e Daniela Romo se integraram ao projeto.

Gabriela de la Garza é a protagonista de "Nada Personal"

Nada Personal (TV Azteca - horário a confirmar): Nova versão da novela de mesmo nome realizada pela TV Azteca em 1996 e que foi um divisor de águas na emissora mexicana, volta em 2017 com a adaptação do escritor Alberto Barrera, o criador da trama original. A história gira em torno de Mariana Aragón (Gabriela de la Garza) uma mulher que testemunha o assassinato de dois jovens jornalistas. Isso a coloca no centro de uma conspiração que nunca tinha imaginado. A organização criminosa a converte e em cúmplice. Para Mariana, lutar pela vida significa enfrentar a mais poderosa organização criminal: a que funciona dentro da lei, dentro do Estado.

Desaparecida (TV Azteca - horário a confirmar): Escrita pelo chileno Sebastián Arrau, a trama narrará a vida de uma mulher que desaparece momentos antes do seu casamento, abrindo a caixa de Pandora em uma família que esconde muitos segredos. Esta é a forma como seu filho inicia uma busca exaustiva onde vai descobrir uma mulher que não sabia, cheia de segredos, paixões e rodeada por intrigas. Annete Michel, Mauricio Islas são alguns nomes do elenco.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

As cinco melhores aberturas de novelas mexicanas de 2016


A abertura de uma novela é o cartão de visitas, é a primeira impressão que fica. Noveleiro de verdade sempre espera para ver pela primeira vez como é a abertura daquela nova novela. Quem nunca fez isso? Neste post, selecionamos as melhores aberturas de novelas mexicanas que rolaram em 2016.

1º Lugar - Las Amazonas: Este ano, não teve pra ninguém. A abertura de "Las Amazonas" é simplesmente maravilhosa, tem ritmo, ótimas tomadas e um tema inesquecível. É moderna sem perder a essência das novelas mexicanas. Ponto para o produtor Salvador Mejía, que dificilmente decepciona nas aberturas de suas novelas e desta vez, veio com uma proposta mais cinematográfica do que televisiva.


2º Lugar - Vino el Amor: Quem acompanha as tramas de José Alberto Castro já sabe que o produtor dá uma atenção especial às aberturas de suas novelas. Em "Vino el Amor" não foi diferente. Seguindo o estilo de tramas anteriores como "La que no podía amar" (2011), "La Malquerida" (2014) e "Pasión y Poder" (2015), vemos uma sequência com muitos efeitos, alternando o elenco da trama em movimentos suaves. Um espetáculo para os olhos.



3º lugar - Mujeres de Negro: A novela de Carlos Moreno Laguillo foi o grande diferencial neste ano. Uma trama que não lembra em nada as novelas clássicas da Televisa. Aqui vimos uma novela ágil, moderna e misteriosa, uma produção de primeira. Sua abertura faz o telespectador entrar nas cenas, nos transformando em observadores de cada situação. O tema instrumental foi muito bem escolhido e dá o tom de suspense à sequência.


4º lugar - Tres Veces Ana: Esperava um pouco mais da abertura desta novela, mas ainda assim, não deixa de merecer um posto neste ranking. Seguindo o modelo tradicional das aberturas das novelas mexicanas, vemos uma compilação de cenas aleatórias. O resultado ficou simples demais para uma novela tão importante.

 

5º Lugar - Sueño de Amor: A novela de Juan Osório começou promissora, mas se perdeu no meio do caminho com tantas mudanças no roteiro. Entretanto, sua abertura deve ser aplaudida pela edição que soube reunir diversas formas de carinho e afeto, contar um pouco da história e alternando-as com o clip de Shakira e o grupo Maná. A sequência ficou única e bem realizada.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

As cinco melhores aberturas de novelas brasileiras de 2016


A abertura de uma novela é o cartão de visitas, é a primeira impressão que fica. Noveleiro de verdade sempre espera para ver pela primeira vez como é a abertura daquela nova novela. Quem nunca fez isso? Neste post, selecionamos as melhores aberturas de novelas brasileiras que rolaram em 2016.

1º lugar - Velho Chico (Rede Globo): Por meio das cores e dos traços dos artistas Mello Menezes e Samuel Casal, são ilustradas várias histórias. No painel de MDF de 1,80 metro por 1 metro, que levou cinco dias para ficar pronto, vemos ao centro a índia Iati, cujas lágrimas derramadas após a partida de seu amado são as responsáveis pelo nascimento do São Francisco. A sequência é acompanhada pela música Tropicália, regravada por Caetano Veloso, com arranjos de Tim Rescala e participação da Orquestra de Heliópolis, comunidade da zona sul de São Paulo.



2º lugar - Carinha de Anjo (SBT): Colorida, divertida e fofíssima ao extremo são alguns dos adjetivos para falar sobre esse trabalho. Misturando animação e live action a abertura de "Carinha de Anjo" mostra como a personagem principal, Dulce Maria, percebe o mundo à sua volta. A voz de Lucero é a cereja do bolo.


3º lugar - Escrava Mãe (Record TV): A abertura da terceira colocada mistura cores e texturas para recontar a história e a luta dos escravos. Os pingos de tinta criam movimentos e formam as imagens em sequência. A música tema chama-se Anos Solidão e foi composta por Lulli Chiaro, cantor, compositor e pianista.



4º lugar - Êta mundo bom! (Rede Globo): A abertura da quarta colocada faz um recorte de cenas alternando animais da fazenda, como galinhas e porcos, com imagens do protagonista em suas peripécias e imagens de São Paulo na década de 1940. A locução inicial "Rede Globo apresenta: Êta Mundo Bom!", faz referência às radionovelas, um grande sucesso na época em que esta história foi ambientada.



5º lugar - A Terra Prometida (Record TV): A quinta colocada investiu na animação para compor a vinheta de abertura. Na sequência foram ilustrados os pontos mais importantes da trama como a abertura do Rio Jordão e a queda das muralhas de Jericó. O uso da música instrumental foi um grande acerto e deu dramaticidade à sequência.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

El Bienamado - Segundo Promocional


Já está no ar o segundo promocional de "El Bienamado", a adaptação da obra de Dias Gomes "O Bem Amado" para a Televisa. Nesta sequência vemos alguns outros artistas como: Laura Zapata, Nora Salinas, Irán Castillo e Chantal Andere e Luis Manuel Ávila. 
"El Bienamado" estreia no dia 23 de Janeiro, às 8 da Noite no Las Estrellas. Confira!

domingo, 25 de dezembro de 2016

Feliz Natal!


É tempo de renovação, de reflexão e de celebração à vida. O Prime Telenovelas deseja a você, amigo leitor, um Feliz Natal com muita alegria, paz, amor e união. Conte sempre conosco e não deixe de nos visitar para ficar informado sobre sua novela favorita!

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

SBT anuncia nova reprise de "Rubí"

Pôster oficial da novela "Rubí"
Divulgação: Televisa

Ao que parece, o SBT manterá quatro faixas de novelas nas tardes do canal em 2017. Ontem foi exibido o primeiro promocional de "Rubí", trama de 2004 da Televisa exibida no Brasil três vezes: 2005, 2006 e 2013.
Protagonizada pela uruguaia Barbara Mori, "Rubí" foi a primeira novela da atriz realizada na Televisa e a última até o momento em sua carreira. Desde então, Barbara se dedica ao cinema e seu último trabalho na TV foi na série Dos Lunas, interpretando uma mulher que tem dupla personalidade.
"Rubí" está prevista para o início de Janeiro, substituindo "A Usurpadora". Confira o promocional.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Mi Adorable Maldición - Primeiro Promocional


Mais uma novela está chegando no começo de 2017. Trata-se de "Mi Adorable Maldición", a nova produção de Ignacio Sada Madero para a Televisa. Protagonizada por Renata Notni e Pablo Lyle, é uma nova versão de "Lola Calamidades", novela colombiana produzida em 1987 e que ganhou uma versão em 2010 também na Colômbia. 
No promocional os protagonistas falam em off: "Ainda que nossos caminhos se afastem... sempre voltaremos a estar juntos porque o feitiço mais forte é o amor".
"Mi Adorable Maldición" tem estreia prevista para Janeiro, na faixa das 17 horas, substituindo "Despertar Contigo". Confira.

El Bienamado - Primeiro Promocional


2017 ainda não chegou e já tem nova novela em breve. No México foi dada a largada para a promoção de "El Bienamado", a nova novela das 8 da Televisa. A produção de Nicandro Díaz é uma releitura da obra de Dias Gomes chamada "O Bem-Amado", um clássico da dramaturgia brasileira. Ao ritmo de banda, vemos os habitantes de uma cidade do interior muito animados em um comício e diante de Odorico (Jesús Ochoa), o bem amado. A estreia da novela está prevista para o dia 23 de Janeiro, substituindo "Tres Veces Ana". Confira o promocional.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Aberturas de Novelas - Amigas y Rivales (Televisa, 2001)

Pôster oficial de "Amigas y Rivales"
Divulgação: Televisa

Em 2001, Emilio Larrosa produziu "Amigas y Rivales" para a Televisa. Uma novela que fez muito sucesso e fez o público ficar grudado na TV. Escrita por Alejandro Pohlenz, a história gira em torno de quatro jovens de 21 anos de diferentes classes sociais. Laura (Michelle Vieth) é estudiosa, séria e sensível. Estuda Processamento de Dados em uma faculdade particular graças a uma bolsa. Jimena (Ludwika Paleta) é a típica menina rica, mimada, irresponsável e que usa o sexo como uma forma a mais para se distrair. Ofelia (Adamari López) é a melhor amiga de Jimena e leva o mesmo tipo de vida com muitas diversões e prazeres superficiais. Por causa dessa vida de excessos, Ofelia contrai o HIV e sua vida muda bruscamente. Por fim, Nayeli (Angelica Vale) é a mais simples de todas. De origem humilde, trabalha na casa de Jimena como empregada, mas sonha alto. Seu maior desejo é se tornar uma grande estrela de Hollywood, como seu ídolo, a atriz mexicana Salma Hayek.
"Amigas y Rivales" foi uma novela que abordou muitos assuntos polêmicos como por exemplo o sexo sem compromisso, o bullying, a busca do sonho americano e o uso de drogas, mostrando os perigos que rodeiam os jovens em sua transição para a idade adulta.
Cada protagonista tinha sua história e seus conflitos. Entretanto, a vilã da história incendiou a novela. Roxana (Joanna Benedek) foi crescendo capítulo a capítulo e passou a ditar o ritmo da trama. Após se casar com o viúvo milionário Roberto de la O (Éric del Castillo), passou a seduzir o enteado Roberto Jr. (Arath de la Torre), por quem tinha um desejo obsessivo. Roxana matou Alejandra (Maki Soler), a namorada de Roberto para conseguir seu objetivo: se casar com ele. Fria e calculista, Roxana cometeu uma série de assassinatos, um deles bastante curioso: ela mata sua empregada e para se desfazer do corpo, decide esquartejá-la. 
Outro personagem que se destacou foi Ulises (Gabriel Soto). Conhecido como "o feio", era desengonçado e alvo de piadas e humilhações na universidade. No decorrer da trama, ele se apaixona por Ofelia e se transforma em um belo rapaz.
"Amigas y Rivales" bateu recordes de audiência tornado-se um grande sucesso no México e em muitos países, incluindo o Brasil. Em sua exibição no SBT, entre 2002 e 2003, a emissora esticou os capítulos até não poder mais. Dos 185 capítulos originais, foram exibidos 219 capítulos. Devido a esse sucesso, quatro anos depois, o SBT decidiu fazer um remake, mas não teve o mesmo sucesso.
A abertura de "Amigas y Rivales" é dinâmica, jovem, contagiante e "feita no carão", uma especialidade dos mexicanos. Quem não se lembra da música do grupo Kabah, que era um chiclete?
Sem sombra de dúvidas, "Amigas y Rivales" figura entre as novelas mexicanas mais inesquecíveis (e uma das preferidas deste blogueiro). Vamos relembrar?

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

"Cúmplices de um Resgate" termina em grande estilo no SBT

O grupo C1R no palco
Foto: Lourival Ribeiro

A noite de ontem foi pra lá de especial. Para quem ficou sintonizado no SBT, pôde ver o último capítulo de "Cúmplices de um Resgate" e na sequência, o show com todo o elenco da novela.
Antes de mais nada é preciso parabenizar toda a equipe deste projeto maravilhoso. Não foi um sucessinho, foi sucesso de verdade. Repercutiu nas Redes Sociais, vídeos no Youtube com milhares de visualizações, músicas na ponta da língua da criançada, muitos produtos licenciados e por aí vai. 
A trama é uma adaptação do original mexicano "Cómplices al Rescate" que foi exibida no Brasil em 2002 com sucesso. Os 132 capítulos originais foram transformados em impressionantes 357 capítulos. É verdade que em alguns momentos, a novela ficou cansativa, mas vale ressaltar a inclusão de novos personagens e situações que não existiam no original para sustentar a novela tanto tempo no ar. Isso precisa ser valorizado. Outro ponto positivo, foram os videoclipes que, na medida do possível, deixaram a trama mais dinâmica. O final foi lúdico, assim como seu início. Neste conto de fadas, os personagens passaram por diversos obstáculos e chegaram ao tão almejado final feliz.
"Cúmplices de um Resgate" termina com o mérito de reunir tantas pessoas, de faixas etárias diferentes, mantendo a estratégia do SBT de fazer novelas para a família. Isso já era perceptível nas Redes Sociais pelos diversos comentários sobre a trama, mas isso ficou ainda mais evidente no show, que pudemos acompanhar pelo SBT.
Simplesmente lindo! O show estava incrível! Colorido, emocionante, alegre, alto astral e muito bem produzido. Maísa Silva fez a apresentação e foi a responsável por trazer a turma da nova novela "Carinha de Anjo", com direito a alguns números especiais dentro do show.
Para quem participou do projeto, vão sentir saudades. Para o público, o sentimento será o mesmo. Parabéns SBT pelo final em grande estilo. O público agradece a noite inesquecível. #somostososcumplices

Gaby Spanic poderia concretizar sua saída da TV Azteca.

Gaby Spanic

Afastada da TV mexicana depois de uma breve participação na novela "Siempre tuya Acapulco" e de uma passagem polêmica no reality show de dança "Baila si puedes", Gaby Spanic não emplacou outro projeto na TV por conta de seu contrato de exclusividade com a TV Azteca, que a colocou na geladeira. Além disso, a emissora deixou de produzir novelas por um tempo, o que agravou ainda mais a situação da atriz.
De acordo com a jornalista Flor Rubio, a atriz e a TV Azteca estão próximas de entrarem em um acordo para que assim, Gaby possa aceitar outros projetos.
Ainda de acordo com a jornalista, Gaby foi vista no escritório de Salvador Mejía, produtor da Televisa, que está preparando um novo projeto para 2017. Ficamos na torcida!

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Jacqueline Bracamontes volta às novelas em "El Bienamado"

Jacqueline Bracamontes

Afastada das novelas deste 2009, quando protagonizou "Sortilégio", Jacqueline Bracamontes volta à TV com uma participação especial na novela "El Bienamado", a nova produção de Nicandro Díaz prevista para 2017.
A atriz falou em sua conta pessoal no Instagram, que sua participação será por apenas 3 capítulos.
"El Bienamado" é uma adaptação da obra de Dias Gomes e conta a história de Odorico (Jesús Ochoa), um homem que ganha a prefeitura municipal de uma cidade pequena sob a promessa de construir um cemitério com a ajuda de três irmãs solteironas, com quem mantém um relacionamento secreto sem que elas saibam que foram seduzidas pelo mesmo homem.

domingo, 4 de dezembro de 2016

"O que a vida me roubou" chega ao Brasil pelo SBT

Pôster oficial de "O que a vida me roubou"
Divulgação: Televisa

Se você estava com saudades de Angelique Boyer pode comemorar! O SBT começou a divulgar as primeiras chamadas de "O que a vida me roubou", a nova novela que será exibida nas tardes do canal de Silvio Santos. A trama é de 2013 / 2014 exibida com muito sucesso no México. Produzida por Angelli Nesma Medina ("Abismo de Paixão", "Maria do Bairro", "Camila", "Por teu Amor", "Menina Amada Minha"), conta com 196 capítulos escritos por Juan Carlos Alcalá em colaboração com Rosa Salazar Arenas, Fermín Zuñiga e Jorge Cervantes.
"O que a vida me roubou" é uma adaptação da novela "Bodas de Odio" (Televisa, 1983), que também serviu de base para a novela "Amor Real" (Televisa, 2003), esta última transmitida pelo SBT em 2004. A diferença principal de "O que a vida me roubou" das tramas anteriores é o tempo em que a história é ambientada. Esta se passa nos dias atuais, enquanto as duas versões anteriores são histórias de época.
No elenco nomes conhecidos como: Sebastián Rulli, Luis Roberto Guzmán, Daniela Castro, Sergio Sendel, Grettell Valdez, Éric del Castillo, Ana Bertha Espín, Rogelio Guerra, Gabriela Rivero, Alberto Estrella, entre outros.
A trama está prevista para Janeiro de 2017. Confira os primeiros promocionais e a abertura original da novela.




sábado, 19 de novembro de 2016

Fique por dentro da história de "Carinha de Anjo"


Dulce Maria (Lorena Queiroz) tem a doçura, ingenuidade, inteligência e alegria naturais dos 5 anos de idade. É brincalhona, aventureira e extremamente curiosa. Diverte a todos com seus comentários e perguntas indiscretas e surpreende com suas descobertas. Ela é filha única de Gustavo Lários (Carlo Porto), bem-sucedido empresário da cafeicultura brasileira, e da mexicana Tereza Rezende Lários (Lucero), mãe acolhedora de sábios conselhos e voz adorável, que faleceu num acidente quando Dulce Maria tinha apenas 3 anos de idade. Traumatizado com a tragédia, Gustavo deixou a filha em um colégio interno católico rural e mudou-se para a Espanha. Durante dois anos, viveu isolado da família.

Carlo Porto, Lorena Queiroz e Lucero

Na ausência do pai, Dulce Maria contou com o afeto e os cuidados de Estefânia (Priscila Sol), prima de Gustavo (apelidada por ela de “Tia Perucas”) que é cheia de estilo e personalidade. Sua marca é o visual monocromático da cabeça aos pés, ou seja, da peruca ao sapato, que reflete seu humor. Recebeu ainda a atenção do Padre Gabriel (Alcemar Vieira), seu tio paterno, e de todas as freiras e noviças do internato onde vive e estuda. Quase todas as noites, Dulce Maria sonha com Tereza. Elas se encontram numa lúdica casa de bonecas. Lá, mãe e filha vivem momentos mágicos, emocionantes, divertidos e a pequena Dulce é sempre abastecida de afeto e conselhos.
No colégio, é muito querida por todos. Criativa nas aventuras, sempre disposta a ajudar, e por isso mesmo vive se metendo em encrenca e arrumando confusão. É lá que ela recebe o carinho maternal da noviça Cecilia (Bia Arantes), professora dedicada, protetora e zelosa. Também tem como parceira de travessuras a irmã Fabiana (Karin Hils), uma noviça quase rebelde e engraçada que comanda o coral do colégio. Já a Madre Superiora (Eliana Guttman), diretora do internato, não esconde seu afeto especial por Dulce Maria, mas também não deixa de passar os sermões e exigências sempre que necessários.
A história começa quando Gustavo resolve voltar para a cidade de Doce Horizonte e mostrar que cometeu um grande erro ao se afastar da filha. Recuperado da depressão após a morte de Tereza, ele retorna determinado a reconstruir a vida ao lado de Dulce Maria. Para a surpresa de Estefânia (Tia Perucas) e Gabriel, ele não volta sozinho. Nicole (Dani Gondim), a nova namorada, esbanja beleza, porém nenhuma vocação para a maternidade. O que o empresário não sabe é que Nicole só está interessada no status e dinheiro que pode ter se casando com Gustavo. Haydee (Clarice Niskier), a mãe de Nicole, e Flávio (Eduardo Pelizzari), o irmão, paparicam Gustavo e sonham em se dar bem com a união do casal.
Dulce Maria rejeita a ideia de ver o pai casado novamente. Ela tem medo que ele nunca mais se lembre da mãe dela. É nos braços da noviça Cecília que Dulce Maria mais encontra segurança. É a única “mulher feminina que sonha em ter como segunda mãe”. Ao contrário de Nicole, com quem tem constantes desavenças e nenhuma afinidade. Dulce Maria gostaria que as noviças pudessem se casar.
Os conflitos e questionamentos sobre a vocação religiosa da bela e doce Cecilia são constantes e, com o tempo, ela se vê dividida entre a religião e seus sentimentos velados por Gustavo. Com a chegada de Fátima (Rai Teichimam), irmã de Cecilia, a noviça recebe o incentivo para deixar a vida religiosa e lutar por seu amor. Mas, essa decisão não é nada fácil. Gustavo também não consegue esconder o fascínio que sente pela professora mais querida da filha desde o primeiro instante em que a encontra. Mas ele sabe que não pode alimentar um amor proibido. Não só pela resistência em assumir seus sentimentos, mas também por outras mulheres que aparecem em sua vida. Já Cecília, recebe uma atenção especial de André (Bruno Lopes), o médico da cidade.
Em casa, Dulce Maria convive com os funcionários: Silvestre (Blota Filho), o mordomo da família, e Franciely (Carol Loback), a cozinheira indiscreta. Logo aparece Vitor (Thiago Mendonça), amigo de Gustavo e chef de cozinha, que monta um food truck na cidade e se encanta pela Tia Perucas. Vitor conta com o auxílio da governanta Solange (Cristina Mutarelli), amiga de Silvestre.
No luxuoso prédio onde vive Gustavo, mora uma família divertida e conectada que também se aproxima de Dulce Maria. A adolescente Juliana (Maisa Silva) é vlogueira, fã de tecnologia e tem um canal na internet que atrai milhões de acessos e visualizações, o “Vlog da Juju” (https://www.youtube.com/vlogju2). Seu irmão, Emílio (Gabriel Miller), adotado, se torna grande amigo de Dulce Maria. E ambos são filhos de Rosana (Angela Dippe), síndica do condomínio, moderna e despachada, que anda pela cidade com seu triciclo motorizado nada discreto. Seu jeito irreverente encanta o delegado Peixoto (José Rubens Chachá), responsável, junto com seu fiel escudeiro, o policial Ribeiro (Carlos Mariano), por resolver os casos policiais que aparecem na cidade.
Nesses dois anos de isolamento do pai de Dulce Maria, a empresa de Gustavo, Rey Café, ficou sob os cuidados do amigo e diretor jurídico, Cristóvão (Guilherme Gorski). Ele é apaixonado por Estefânia, o que desperta ciúme na secretária dele, Silvana (Silvia Franceschi). Como toda garotinha, Dulce Maria tem no internato grandes amigas. As mais próximas são Adriana (Marianna Santos), Duda (Maria Eduarda Silva), Valentina (Valenthina Rodarte) e Lúcia (Helena Luz). Mas, uma dupla da pesada não se conforma com o carinho e atenção que Dulce recebe das noviças e não aceita sua liderança. Bárbara (Renata Randel) e Frida (Sienna Belle) provocam Dulce Maria, criando situações que possam complicar sua vida no colégio, com o intuito de prejudicá-la.
No internato, Dulce Maria também encontra carinho e alegria na família do caseiro Inácio (Eddie Coelho) e sua esposa Diana (Camilla Camargo). Casal batalhador que cria os dois filhos com humildade e muito orgulho. O mais velho, Zeca (Jean Paulo Campos), está com 14 anos e é fruto do casamento anterior de Inácio. É um garoto doce que sonha em fazer sucesso como cantor de música sertaneja. Zé Felipe (Leonardo Oliveira), o caçula, tem 6 anos. É elétrico e criativo, o mais bagunceiro da casa. Com a contratação do jardineiro Pascoal (Camilo Bevilacqua) pela Madre Superiora, a família aumenta, já que ele se torna um avô postiço da garotada.
Carinha de Anjo 

Estreia dia 21 de Novembro 

Fonte: SBT

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Fique por dentro da história de "La Candidata"

Pôster oficial da novela "La Candidata"
Divulgação: Televisa

Como muitas mulheres, Regina (Silvia Navarro) luta diariamente para o bem estar de sua família, tendo que lidar com um casamento desgastado e com a rebeldia do seu filho adolescente, mas no seu caso, tudo está à vista, porque ela é a esposa do prefeito da cidade e, por último mas não menos importante, é uma senadora honrada, que sempre tenta fazer o melhor para os seus pares.
No mundo da política, um mundo de homens construindo poder a qualquer preço, Regina, luta para melhorar a realidade das pessoas e impor os ideais sobre o poder.
Quando Alonso (Rafael Sánchez-Navarro), seu marido, decide se candidatar às eleições presidenciais, ele mostra a sua verdadeira face: feroz, violenta e perversa. Ele é capaz de destruir qualquer adversário político sem medir as conseqüências, não percebendo que está transformando a sua maior aliada, a parceira que o levou para o lugar mais importante de sua carreira, em sua principal adversária.
Regina é forçada a enfrentar o marido, no momento em que reaparece Gerardo (Victor González), um ex-companheiro de estudos com quem teve um relacionamento. Ele não é apenas o principal rival político de Alonso e o homem que disputará a cadeira presidencial, mas também o homem que tentará recuperar o amor de Regina. Ela, percebendo que sua vida perfeita ao lado do homem que sempre acreditou amar e com quem teve um filho, agora está cheia de mentiras e traições, decide colocar um fim no casamento.
A publicação de todos os segredos, enganos e ações corruptas de Alonso só confirmam que Regina tomou a decisão correta. Ele sabe que, para evitar o desastre deve destruir todo o seu mundo e transformar a sua própria realidade para se impor em um mundo cheio de corrupção.
O destino levará Regina a descobrir que o seu caminho em si está relacionado com a política, mas ao lado de um homem honesto, que a apoia incondicionalmente, mesmo deixando de lado suas próprias ambições políticas, um homem que está lá para impulsioná-la e apoiá-la ... mesmo quando ela se torne a candidata.
Não será apenas uma luta política, mas uma luta para defender e mudar não só o seu próprio destino, mas o destino de um país inteiro.

Fonte: Televisa

Aberturas de Novelas - ¿Quién eres tú? (Televisa / RTI / Univisión, 2012)

Pôster oficial de "¿Quién eres tú?"
Divulgação: Televisa

Em 2012, a RTI, a Univisión e a Televisa se uniram para coproduzir a novela "¿Quién eres tú?" e tinham um grande desafio pela frente. Fazer uma nova versão de "La Usurpadora" cair nas graças do público. As escritoras Jimena Romero e Lina Uribe foram as responsáveis pela adaptação.
"Quién eres tú" conta a história das irmãs gêmeas Natalia e Verónica Garrido (Laura Carmine), que compartilham um passado trágico. Depois de se separarem na adolescência, tornaram-se os dois lados opostos de uma moeda. Verónica é uma mulher perversa que se casou Felipe Esquivel (Julián Gil), o herdeiro de uma famosa cadeia de hotéis, para ter uma vida de luxo. Natalia é uma mulher simples que teve uma vida difícil, mas conseguiu preservar a nobreza e generosidade em seu coração.
Verónica, em cumplicidade com Lorenzo Esquivel (Lincoln Palomeque), seu cunhado e amante, planeja fugir depois de roubar o negócio da família e não hesita em recorrer à sua irmã que ela não vê há 14 anos para enganar com uma história em movimento e convencê-la a ocupar seu lugar na casa dos Esquivel enquanto consegue escapar com seu amante.
"¿Quién eres tú?" foi gravada na Colômbia e a expectativa pela novela era grande. A história era bem diferente de "La Usurpadora" e apesar das boas críticas sobre a trama, teve problemas de exibição em alguns países, não obtendo o sucesso esperado. Até mesmo nos Estados Unidos, onde são exibidas muitas novelas da Televisa, a trama foi retirada do ar sem maiores explicações. Embora houve uma tentativa de renovar a história, foi uma das versões mais apagadas de todas já realizadas.
A abertura é relativamente simples e explora os opostos das gêmeas desde a infância, mostrando como a relação das duas foram se modificando com o tempo chegando à idade adulta. O tema principal, intitulado ¿Quién eres tú? é interpretado por Natalia Quintana y Hector Tobo.

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

David Zepeda é confirmado como protagonista de "La doble vida de Estela Carrillo"

David Zepeda, pela terceira vez, participa de mais um projeto de Rosy Ocampo

Agora está confirmado. De acordo com o site da Televisa, o galã David Zepeda foi confirmado como o protagonista da nova produção de Rosy Ocampo, prevista para 2017, intitulada "La doble vida de Estela Carrillo", onde dividirá créditos com Ariadne Díaz.
A trama original narra a história de uma mulher imigrante nos Estados Unidos, que sonha em ser estrela de uma banda musical, mas o destino a leva a trabalhar como professora em Riverside, Califórnia, onde é testemunha de um tiroteio e da noite para o dia, se converte em heroína ao salvar a vida dos seus alunos que estavam presentes na cena. Entretanto, sua situação é de imigrante ilegal, o que lhe obriga a se negar a receber qualquer reconhecimento, por medo de ser descoberta pelas autoridades.
Pela terceira vez, David participa de uma produção de Rosy Ocampo. Em 2011 protagonizou "La Fuerza del Destino" e em 2013 foi o protagonista de "Mentir para Vivir".
"La doble vida de Estela Carrillo" contará com locações em Los Angeles, Tijuana e Cidade do México.

TV Colombiana estreia "La Ley del Corazón"

"La Ley del Corazón"
Divulgação: RCN

Quando "A Lei do Amor" estreou na Globo, algumas pessoas acharam o nome da trama parecido ao nome de novelas mexicanas. Curiosamente, nas minhas pesquisas pelo mundo das novelas, encontrei o anúncio da TV Colombiana RCN promovendo sua nova novela intitulada "La Ley del Corazón" ("A Lei do Coração").
A trama foi escrita pela respeitada e premiada escritora Mónica Agudelo ("La Hija del Mariachi") em parceria com Felipe Agudelo, seu irmão. O projeto já estava em andamento há um bom tempo, mas ficou inacabado, pois Mónica faleceu em 2012 depois de perder a luta contra o câncer. 
O escritor Fernando Gaitán, conhecido pelos grandes sucessos "Café com aroma de mulher" e "Betty, a feia" foi um grande amigo da escritora e assina como produtor da trama. 
A história gira em torno de um renomado escritório de advocacia especializado em direito de família, que se dedica a casos de separações, divórcios e assassinatos de casais. Conforme os casos vão avançando, a história vai revelando a vida afetiva destes advogados, que terá muitas semelhanças aos conflitos vividos por seus clientes. 
"La Ley del Corazón" estreia no próximo dia 28 de Novembro, às 9 da noite, no Canal RCN. Confira o trailer.

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

La Candidata - Novos promocionais


Já estão no ar os novos promocionais de "La Candidata", a nova novela da Televisa estrelada por Silvia Navarro. Cheios de efeitos, prometem impactar o telespectador não só pela história, mas pelos recursos de câmera e direção de cena. A estreia da produção de Giselle González está marcada para o próximo dia 21 de Novembro, às 9 da noite pelo Las Estrellas.



sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Fique por dentro da história de "Querida Inimiga"

Pôster da novela "Querida Inimiga"
Divulgação: Televisa

Lorena (Ana Layevska) e Sara (Carmen Becerra) cresceram juntas em um orfanato e se querem como irmãs, mas são completamente diferentes. Lorena sonha em formar uma família e tem um grande prazer em cozinhar. Sara é materialista e sempre detestou a vida simples que levava no orfanato. Sua ambição é maior que seus escrúpulos.
Lorena deixa o orfanato e vai para a capital estudar gastronomia. Neste mesmo dia, a madre superiora descobre que Sara roubou dinheiro do orfanato. Ao brigar com a jovem, a madre tem um ataque cardíaco. Sara foge com Chalo (Mike Biaggio), seu amante e cúmplice, depois de roubar os seus documentos e os de Lorena. Ao lê-los, Sara descobre que foi encontrada no lixo, enquanto Lorena foi abandonada por sua avó na porta do orfanato. Lorena é neta de Hortensia Armendáriz (María Rubio), importante empresária do ramo gastronômico. O primeiro impulso de Sara é buscar Lorena para ajudá-la a enfrentar sua avó e lutar por seus direitos, mas logo muda de ideia e decide usurpar seu lugar no império gastronômico dos Armendáriz.
O que Sara menos esperava é reencontrar Lorena na empresa dos Armendáriz e sua presença contante torna-se um verdadeiro incômodo. A mente de Sara a trai pouco a pouco e cresce seu desejo de roubar tudo o que pertence a Lorena, incluindo Alonso (Gabriel Soto) e sumir com ela de seu caminho. Lorena sofre por sua amiga ao saber do abandono de Hortensia e a antipatia pela empresária é inevitável.
Sem saber do que a vida tinha lhe preparado, Lorena consegue trabalho na empresa Armendáriz como ajudante de cozinha. Lá, ela conhece Alonso, um jovem médico, com quem terá uma amizade e depois passam a ter um compromisso. Entretanto, Sara também se aproxima de Alonso e vai lutar para separá-los. 
Quando Lorena descobre as intrigas de Sara, se dá conta de que nunca a conheceu realmente, mesmo a considerando uma irmã. Entre tanto sofrimento, ela consegue descobrir sua origem e terá uma nova oportunidade para amar.
"Querida Inimiga" estreia no próximo dia 16 de novembro, às 4 da tarde, no SBT.

Fonte: Televisa

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Fique por dentro da história de "Ezel", a nova novela da Band

Pôster da novela "Ezel"
Divulgação: Show TV

Omer (Ismail Filiz) é um rapaz de bom coração que foi acusado injustamente, pelo seu melhor amigo Cengiz (Yiğit Özşener), de cometer crimes. E mais, sua namorada, Eysan (Cansu Dere), participa da armação. Para ele a traição da namorada foi a pior coisa que poderia ter acontecido. Omer é preso. Quatro anos após a sua prisão, acontece um terrível incêndio na penitenciária e o rapaz é dado como morto. Com a ajuda de um amigo, ele se submete a várias cirurgias plásticas e muda o rosto, além de adotar uma nova identidade, agora ele será Ezel (Kenan İmirzalıoğlu).
Oitos anos depois, Ezel é um homem frio, calculista, ambicioso e não terá piedade de quem cruzar o seu caminho, principalmente aqueles que quase destruíram a sua vida, mas ao reencontrar Eysan, a antiga paixão começa a falar mais alto. Enquanto isso, Eysan tornou-se uma mulher infeliz, que vive atormentada pelos pecados do passado.
A partir daí um jogo de intrigas, vingança e sedução toma conta da história. Que caminho Ezel deve seguir: a paixão ou a vingança?
"Ezel" é baseada na obra "O Conde de Monte Cristo", de Alexandre Dumas, foi produzida em 2009 e conta com 71 capítulos. Sua estreia é nesta segunda, dia 7 de novembro, às 8 e meia da noite.

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

La Candidata - Primeiro Promocional


"No jogo do poder, só a estratégia mais forte triunfa". Com esta frase inicia a promoção de "La Candidata", a nova novela da Televisa. A produção de Giselle González marca o retorno de Silvia Navarro para a TV, depois do grande sucesso de "Mi Corazón es Tuyo". Nesta história original de conteúdo político, Regina (Silvia Navarro) esposa do presidente, decidirá se lançar como candidata nas eleições presidenciais do seu país ao descobrir a real face do seu marido.
"La Candidata" terá 60 capítulos e sua estreia está marcada para o dia 21 de novembro, às 21 horas, no Las Estrellas. Confira.

terça-feira, 1 de novembro de 2016

"A Usurpadora" volta ao ar mais uma vez no SBT

Pôster oficial da novela "La Usurpadora"
Divulgação: Televisa

O SBT é realmente uma caixinha de surpresas. Uma notícia pegou os telespectadores do canal de surpresa ontem à noite. Foi ao ar o primeiro promocional da enésima reprise de "A Usurpadora" que volta ao ar a partir da próxima segunda-feira, dia 7 de Novembro, à partir das 13 horas. Um dos maiores sucessos da TV Mexicana, "A Usurpadora" é um dos trabalhos mais marcantes da atriz Gabriela Spanic, que possui uma legião de fãs no Brasil.

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Aberturas de Novelas - Sueños y Caramelos (Televisa, 2005)

Pôster oficial de "Sueños y Caramelos"
Divulgação: Televisa

Em 2005, Carlos Moreno Laguillo produziu "Sueños y Caramelos" para a Televisa, sendo uma das últimas novelas infantis da emissora mexicana. A trama conta a história de Sofía (Nashla Aguilar), uma menina que perdeu a mãe aos três anos de idade. Desde então, ela vive com seu avô Gonzalo (Raul Padilla "Chóforo") que é chefe de segurança da loja de departamento "El Gran Almacén", que pertence a família Monraz.
Sofía é uma menina com uma imaginação extraordinária e que tem um mundo secreto. Como o apartamento do avô é dentro da loja, Sofia entra nela à noite, quando todos os funcionários já foram para casa. Nos diferentes departamentos, Sofía entra no mundo da fantasia, vivendo muitas aventuras com seus amigos, os manequins Lupita (Nora Salinas) e Carlo (Óscar Bonfiglio). Durante o dia, Sofia leva a vida de uma criança normal. Ela vai à escola e tem muitos amigos com quem formou um grupo musical.
Quando Augusto Monraz (Manuel Saval) precisa se ausentar da loja para uma viagem de negócios, Rafael Monraz (René Strickler), irmão de Augusto, percebe que a loja está ultrapassada e precisa de algo inovador para reverter a atual situação do negócio. Para chamar a atenção do público, tanto dos adultos, como das crianças, ele decide contratar a banda musical que Sofía participa.
Sofía conhece Juan López, um garoto aparentemente de origem humilde, mas na verdade, este menino é Mauricio Monraz (Luciano Corigliano), filho de Augusto, o dono da loja. Mauricio não se atreve a dizer a verdade para não perder a amizade de Sofía, mas pouco a pouco ele acaba preso em suas próprias mentiras.
Sofía fica feliz quando sua tia Fátima (Alessandra Rosaldo) chega com sua pequena filha para viver com ela e seu avô. Fátima começa a trabalhar como coordenadora musical das crianças na loja e Rafael se apaixona por ela. No entanto, Rafael é noivo de Rocío (Elizabeth Álvarez) uma moça da sociedade frívola e materialista, que aproveita cada oportunidade para prejudicar Fátima.
"Sueños y Caramelos" é uma adaptação de "La Pícara Soñadora", que também ganhou uma versão no SBT em 2001. A versão de 2005, voltada ao público infantil, foi exibida por aqui, mas pelo canal CNT entre 2008 e 2009. Nesta novela, temos a oportunidade de ver María Antonieta de las Nieves em uma outra faceta, na pele de Antonieta Guillén de Monraz, mãe de Augusto e Rafael.
A abertura da trama resgata a magia do que é ser criança. Ao som de Sing a long embarcamos em um mundo cheio de fantasia. Vamos relembrar?

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Aberturas de Novelas - Mentir para Vivir (Televisa, 2013)

Pôster oficial da novela "Mentir para Vivir"
Divulgação: Televisa

Depois do grande sucesso da comédia "Por ella Soy Eva", Rosy Ocampo aposta em uma novela dramática. Em 2013, ela volta a fazer mais uma parceria com a escritora María Zarattini em "Mentir para Vivir".
A trama conta a história de Oriana Caligaris (Mayrin Villanueva), uma mulher que vive um casamento feliz ao lado de José Luis Falcón (Diego Olivera). Os dois são mexicanos, e vivem com sua filha, a pequena Alina (Ana Paula Martínez), em Cartagena, Colômbia. Um belo dia tudo muda, pois José Luis confessa a Oriana que está traficando ouro e que o lucro destas manobras ilícitas está em uma conta no banco no nome dela, além de revelar que a polícia está a ponto de descobrir tudo.
Desconsolada, Oriana decide se divorciar dele, retornando ao México com Alina e indo atrás de sua melhor amiga Raquel (Altair Jarabo), que com sua sócia Lucina (Cecília Gabriela), tem um pequeno hotel na praia. No hotel está hospedado Gabriel Sánchez (Alejandro Tommasi), que ao ficar viúvo de sua primeira mulher, se casou com uma mulher ambiciosa e mais jovem chamada Lila Martín (Lourdes Munguía) cujo irmão Berto (Ferdinando Valencia) é um homem manipulador e abusivo.
Gabriel é o pai de Ricardo (David Zepeda), um executivo que trabalha a frente da fábrica têxtil da família que é de propriedade de seu pai e de sua madrinha Paloma Aresti (Adriana Roel). Paloma é uma rica empresária que há vários anos tem buscado o paradeiro de sua neta Inés (Laisha Wilkins), a quem não conhece, para ela poder herdar toda sua fortuna.
Inés é uma mulher estranha e solitária e que também está hospedada no hotel de Raquel e Lucina. Depois de um grupo de adolescentes terem feito uma festa na praia na noite anterior, Alina encontra uma arma e corre assustada com ela na mão. Neste exato momento, Alina aponta a arma para Gabriel e ele é atingido. Diante deste cenário, tudo leva a crer que Alina fez o disparo.
Oriana é aconselhada por Raquel e Lucina a fugir de novo e dizem que elas irão conversar com as autoridades sobre o que aconteceu com Gabriel. Mais tudo muda quando o mar trás de volta sem vida o corpo de Inés e com isso Lucina vê uma oportunidade para proteger Oriana, fazendo-a ocupar o lugar dela. Lucina pega os documentos de Inés e convence Oriana a assumir seu lugar e se apresentar diante de Paloma como sua neta desaparecida.
Oriana conhece Ricardo, que não imagina que ela e Alina estão relacionadas a morte de seu pai, e os dois terão que enfrentar muitos obstáculos e intrigas para viver esse amor. Raquel, que de amiga se tornará a principal rival de Oriana já que ela também está apaixonada por Ricardo, e José Luis, que chegará ao México para recuperar sua mulher e sua filha, são os principais obstáculos que estarão entre os dois. Muitas personagens estarão envolvidas nesse jogo, onde Oriana assumirá uma nova identidade e terá que "Mentir para Viver" para poder seguir sendo feliz com Ricardo e sua filha Alina.
"Mentir para Vivir" tem apenas 101 capítulos, mas é um luxo de novela. O elenco, os cenários, locações belíssimas, a história, as atuações. Enfim, uma história que deu gosto de assistir. Intensa, diferente e realista.
A abertura da novela é um dos pontos altos. Ela só foi veiculada dois meses depois de sua estreia, mas a espera valeu a pena. Usando a técnica bullet-time (tempo de bala) é possível observar os detalhes em cada cena, um deleite para os olhos. O tema intitulado Déjame Soñar é interpretado por Índia Martínez e Ricardo Montaner.

terça-feira, 18 de outubro de 2016

"Querida Inimiga" chega ao Brasil pelo SBT

Pôster oficial da novela "Querida Inimiga"
Divulgação: Televisa

Agora é oficial! O SBT começou a divulgar a novela que vai substituir "Mar de Amor". Trata-se de "Querida Inimiga", sucesso de 2008 da Televisa e a primeira produção de Lucero Suárez a ser exibida por aqui. A trama com 110 capítulos foi escrita por Pablo Serra e Érika Johanson. A atriz ucraniana Ana Layevska e o mexicano Gabriel Soto formam o par central desta trama.
"Querida Inimiga" conta a história de Lorena (Ana Layevska) e Sara (Carmen Becerra), duas jovens que cresceram juntas em um orfanato e se querem como irmãs. Lorena sonha em formar uma família e tem um grande prazer em cozinhar. Sara é materialista e sempre detestou a vida simples que levava no orfanato. Sua ambição era maior que seus escrúpulos.
Lorena deixa o orfanato e vai para a capital estudar gastronomia. Neste mesmo dia, a madre superiora descobre que Sara roubou dinheiro do orfanato. Ao brigar com a jovem, a madre tem um ataque cardíaco. Sara foge com Chalo (Mike Biaggio), seu amante e cúmplice, depois de roubar os seus documentos e os de Lorena. Ao lê-los, Sara descobre que foi encontrada em uma lixeira, enquanto Lorena foi abandonada por sua avó na porta do orfanato. Lorena é neta de Hortensia Armendáriz (María Rubio), importante empresária do ramo gastronômico. Diante de tal descoberta, Sara decide usurpar o lugar de Lorena no império dos Armendáriz e procura Hortensia, apresentando-se como sua neta.
Sem saber do que a vida tinha lhe preparado, Lorena consegue trabalho na empresa Armendáriz como ajudante de cozinha. Lá, ela conhece Alonso, um jovem médico, com quem terá uma amizade e depois passam a ter um compromisso. Entretanto, Sara também se aproxima de Alonso e vai lutar para separá-los.
Quando Lorena descobre as intrigas de Sara, se dá conta de que nunca a conheceu realmente, mesmo a considerando uma irmã. Entre tanto sofrimento, ela consegue descobrir sua origem e terá uma nova oportunidade para amar.
"Querida Inimiga" é uma grata surpresa, além de ser uma história original. Não tem um elenco super estelar, mas sua história foi muito bem conduzida pelos escritores tornando-se atraente do começo ao fim. É uma trama tradicional sem ser previsível. Seguramente, "Querida Inimiga" é uma excelente alternativa entre as tantas novelas rosas exibidas por aqui. Vale a pena assistir. Confira o primeiro promocional e a abertura original da novela.



sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Rock Story - Primeiros Promocionais

Rafael Vitti será Léo Régis em "Rock Story"

Já estão no ar os primeiros promocionais de "Rock Story", a nova novela das 19 horas da Rede Globo. A trama de Maria Helena nascimento terá muita música e promete fortes emoções. No elenco, nomes como Rafael Vitti, Vladimir Brichta, Alinne Moraes, Nathalia Dill, João Vicente de Castro, Viviane Araújo, Helson Capri, Paulo Betti, Alexandra Richter, Ana Beatriz Nogueira, entre outros. 
"Rock Story" tem estreia prevista para Novembro, substituindo "Haja Coração".


quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Aberturas de Novelas - Doña Bella (RCN, 2009)

Pôster oficial de "Doña Bella"
Divulgação: RCN Televisión

O Canal Colombiano RCN produziu em 2009 para a emissora americana Telefutura (hoje chamada de Unimás) a novela Doña Bella. Protagonizada por Zharick León e Fabián Rios, teve 123 capítulos. A produção foi ambientada em Bogotá sob a direção de Toni Navia. 
Na trama, Bella (Zharick León) é uma mulher muito bonita que vive em uma cidade chamada Agua Hermosa. Seu grande amor é Antonio Segovia (Fabián Ríos) um homem de família conservadora. Certo dia, Bella é raptada pelo poderoso empresário Román Montero (Marcelo Buquet) e levada para viver em uma mansão para ser sua amante de luxo. Bella espera ser resgatada, mas ninguém acredita que Román a raptou. Até mesmo o seu noivo acredita que ela tenha ido com Montero por interesse. Como se o destino não tivesse sido suficientemente cruel com ela, Bella recebe outro golpe quando seu avô morre e fica sozinha no mundo.
Abandonada e humilhada, ela não tem escolha a não ser render-se a Román, mas para não lhe dar a satisfação de ser o seu primeiro homem, Bella se entrega a outro. Em seguida, para se livrar do seu torturador, ela decide satisfazer todos aqueles que a desejam em troca de ouro e jóias. Bella se envolve no comércio sexual e, assim, acumula riquezas, tornando-se milionária. Uma vez que Román é obrigado a voltar para a capital por motivos de trabalho, Bella volta para Agua Hermosa com a esperança de reencontrar seu amado Antonio.
"Doña Bella" é uma releitura de "Dona Beija", novela de 1986 da TV Manchete escrita por Wilson Almeida de Aguiar Filho. A adaptação desta novela foi realizada pela escritora Daniela Castagno. A principal mudança entre a nova versão e a original é o tempo em que a história é contada. Todo o contexto histórico foi retirado e as situações criadas foram modificadas para os tempos atuais. 
Na Colômbia, "Doña Bella" teve uma excelente audiência. No mercado internacional, a trama foi bem recebida, sendo exibida em muitos países.
A abertura da versão hispânica explora a sensualidade da protagonista e seu poder sobre os homens. O tema principal, intitulado Bella, é interpretado por Carlos Aguera e Mariatta. Confira mais um grande sucesso.

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Aberturas de Novelas - La Patrona (Telemundo / Argos - 2013)

Pôster oficial da novela "La Patrona"
Divulgação: Telemundo

No ano de 2013, Valentina Párraga escreveu "La Patrona", uma história baseada na novela venezuelana "La Dueña", de 1984, de José Ignacio Cabrujas e Julio César Mármol. A trama é protagonizada por Aracely Arámbula, Jorge Luiz Pila e Christian Bach.
"La Patrona" conta a história de Gabriela (Aracely Arámbula), uma mulher que foi violada aos 16 anos e ficou grávida. Os anos passam e seu filho David (Martín Barba) é hostilizado na escola pela condição de sua mãe. O fato de Gabriela ser uma mineradora e de trabalhar rodeada de homens é algo inconcebível para ele. Para piorar a situação, Gabriela perde seu pai em um acidente provocado por Antonia Guerra (Christian Bach), com o intuito de apoderar-se da maioria das ações da mina.
Sem o pai, Gabriela passa por várias penúrias, entre elas ser injustamente mandada para um hospício. Anos depois, Gabriela regressa com uma nova identidade: Verónica. Está com sede de justiça e vai se vingar de todos que a fizeram sofrer. 
Em meio a tantas narconovelas produzidas pela emissora americana, "La Patrona" foi uma grande produção que mesclou uma boa história e muita ação, sem carregar tanto na violência. Uma novela que vale a pena assistir. Quem não gosta de ver a luta de uma personagem sofrida que consegue dar a volta por cima e se vingar? É uma fórmula irresistível e que não passa desapercebida em uma trama. Com o sucesso de "La Patrona", a TVI de Portugal está produzindo o remake desta novela com o nome de "Santa Bárbara".
A abertura, embora simples, traduz toda a ideia da história. O tema principal, intitulado La Patrona soy yo, é interpretado pela protagonista Aracely Arámbula, que a partir desta produção, passou a ser contratada da Telemundo, depois de trabalhar por vários anos na Televisa. Gostou da novela? Ela está disponível inteirinha no Netflix, com legendas em português.

sábado, 1 de outubro de 2016

Confira na íntegra o tema da novela "Lágrimas de Amor"


Nesta segunda-feira, dia 3 de Outubro, estreia a novela "Lágrimas de Amor" pelo SBT. Uma produção de José Alberto Castro estrelada por Victoria Ruffo, que obviamente, dispensa apresentações. No elenco, Mane de la Parra, José María Torre, Alejandro Nones, África Zavala, Ernesto Laguardia, Adriana Louvier, Arturo Carmona, Maribel Guardia, Felipe Nájera, Alejandro Ávila, entre outros. Para entrar no clima da novela, confira a tradução do tema Corona de Lágrimas (Coroa de Lágrimas), interpretado pelo cantor Cristian Castro.

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Fique por dentro da história de "A Lei do Amor"


Helô (Isabelle Drummond) é da família mais miserável de São Dimas. Vivendo à beira da represa com sua mãe Cândida (Denise Fraga), uma doente terminal, e seu pai Jorge (Daniel Ribeiro), desempregado e alcoólatra, a jovem não se abate com as situações da vida e luta para prover a família.
Pedro (Chay Suede), filho do rico e ambicioso empresário do ramo da tecelagem Fausto Leitão (Tarcísio Meira) é apaixonado pela natureza, por velejar e é guiado por seu senso de justiça.
Apesar de serem opostos, Pedro e Helô se encontram e a paixão é inevitável, mas também uma ameaça. Quem fareja o perigo dessa aproximação é Magnólia (Vera Holtz), mulher de Fausto e uma madrasta que o jovem velejador nunca engoliu.
Fausto e Mág, como é carinhosamente conhecida na cidade, são um casal poderoso graças às indústrias da família, mas estão prestes a alcançar voos mais altos. Com total apoio e articulações da esposa, Fausto começa a trama pronto para lançar sua carreira política.
Enquanto na casa de Helô o patriarca Jorge, desesperado com a situação que vive, assalta a tecelagem dos Leitão, é preso e acaba morto em uma rebelião do presídio. A filha enxerga em Fausto a culpa de tanta desgraça, o que liga o alerta vermelho em Mág: aquela menina vai se vingar de sua família.
Certa de que a unidade e prosperidade familiar está acima de todas as coisas, Mág mostra todo seu viés autoritário e manipulador para armar e separar Helô e Pedro.
Vinte anos irão se passar até chegarmos aos tempos atuais. Fausto terá conquistado seu cargo na prefeitura, São Dimas será transformada graças aos desmandos que a família Leitão fez quando esteve no poder, ao mesmo tempo que Mág é vista como uma santa na cidade.
Pedro (Reynaldo Gianecchini) volta à cidade a pedido do seu pai, que parece estar arrependido do caminho que trilhou. Esse retorno provoca outro reencontro com Helô (Claudia Abreu) e será a oportunidade de esclarecer o passado e, quem sabe, começar tudo outra vez.

Fonte: GShow.