"Avenida Brasil" está de volta no "Vale a Pena Ver de Novo"

Novela de João Emanuel Carneiro era uma das mais pedidas para reprise.

Fique por dentro da história de "Cuna de Lobos"

Adaptação mexicana de clássico de 1986 estreia nesta segunda-feira, dia 7 de Outubro, no Las Estrellas.

"El Dragón" estreia nos Estados Unidos pela Univisión e terá lançamento pela Netflix

Trama é protagonizada por Sebastían Rulli, Renata Notni e Irina Baeva.

"A Escrava Isaura" está de volta da Record TV

Novela protagonizada por Bianca Rinaldi estreia hoje, dia 7 de Outubro, na faixa vespertina do canal.

Aberturas de Novelas - Caminos Cruzados (Televisa, 1994 / 1995)

Trama é adaptação de uma novela brasileira.

Notícias

quarta-feira, 23 de outubro de 2019

NOVELAQUIZ: Teste seus conhecimentos (8)

Foto: Reprodução

No teste desta semana, vamos relembrar uma trama que foi exibida no SBT na década de 80. Você lembra o nome desta novela? Aperte o play e teste os seus conhecimentos.

quarta-feira, 16 de outubro de 2019

NOVELAQUIZ: Teste seus conhecimentos (7)

Foto: Reprodução

Nesta semana, vamos relembrar um momento histórico da nossa televisão. Aperte o play e teste os seus conhecimentos.

quarta-feira, 9 de outubro de 2019

NOVELAQUIZ: Teste seus conhecimentos (6)

Foto: Reprodução

Você se lembra desta novela? Qual o nome dela? Quem são estas atrizes? Aperte o play e teste os seus conhecimentos em mais um vídeo super especial.

segunda-feira, 7 de outubro de 2019

Fique por dentro da história de "Cuna de Lobos"

Pôster oficial de "Cuna de Lobos"
Divulgação: Televisa

Catalina Creel (Paz Vega), matriarca da família Larios, comemora com seu filho Alejandro (Diego Amozurrutia) e seu marido Carlos (Leonardo Daniel) o aniversário da rede de joalherias Gothier. Em contraste com a sofisticação e o glamour da festa, a aparição de Leonora (Paulete Hernández), uma talentosa jornalista que participa da cobertura do evento, faz com que se estabeleça uma conexão repentina entre ela e Alejandro.
Naquele momento, Catalina havia conseguido assumir o controle absoluto do empório familiar, conseguindo banir seu enteado José Carlos (Gonzalo García Vivanco), o filho do primeiro casamento de Carlos com sua primeira esposa Gloria, que morreu há alguns anos atrás.
Depois da celebração luxuosa, o casal Larios Creel se prepara para desfrutar de uma viagem a bordo de um imponente iate, mas toda essa atmosfera romântica é interrompida após a chamada abrupta que Carlos recebe de um homem misterioso, colocando em risco todo o plano macabro que Catalina conseguiu construir por anos.
Carlos se recusa a desconfiar de sua esposa, mas o homem lhe dá evidências reveladoras. Decepcionado e cheio de fúria confronta Catalina, que nega categoricamente a acusação. No entanto, dadas as evidências irrefutáveis, Catalina acaba aceitando cinicamente sua culpa e aproveita a oportunidade para se livrar dele.
Após o funeral de Carlos, o advogado da família faz a leitura do testamento, que estipula uma cláusula clara e vigorosamente dirigida aos dois filhos: o herdeiro universal de todo o seu empório será o primeiro a dar-lhe um neto de sangue para garantir a continuidade da casta Larios.
Embora os vícios de José Carlos sugiram que Alejandro tenha uma vantagem, a realidade é que ele mantém um segredo sombrio que compromete seriamente a garantia da herança: há anos, ele mantém uma vida dupla.
Catalina, que ama seu filho acima de tudo, nunca o confrontou. No entanto, dada a nova realidade e com a herança em perigo, ele é obrigado a iniciar um caso com Leonora, a quem ele deve usar para conceber o filho que eles tanto precisam.
O que vai acontecer? Catalina alcançará seu objetivo de aproveitar toda a fortuna de Larios-Creel?
"Cuna de Lobos" é uma história original de Carlos Olmos, com adaptação de Lily Ann Martín e Claudio Lacelli. A produção geral é de Giselle González. A estreia oficial no México será hoje, dia 7 de Outubro, a partir das 9 e meia da noite, no Las Estrellas.

Fonte: Televisa

"A Escrava Isaura" está de volta na Record TV

Foto: Reprodução

Para substituir a reprise de sucesso de "Bela, a feia", a Record TV escala uma das melhores produções da casa dos últimos tempos. Produzida em 2004, a nova adaptação do romance de Bernardo Guimarães, “A Escrava Isaura”, foi escrita por Tiago Santiago e Anamaria Nunes, sendo um grande êxito naquele ano. Em 2017, a trama foi escalada para uma reprise na faixa noturna.
Nesta história, Isaura (Rayana Vidal) nasceu em 1835, na fazenda do comendador Almeida (Rubens de Falco), em Campos dos Goitacazes, Rio de Janeiro. Ela é filha da bela Juliana (Valquíria Ribeiro), escrava do comendador, e do feitor da fazenda, Miguel (Jackson Antunes). Juliana morre pouco depois do parto e Isaura é criada e educada por Gertrudes (Norma Blum), mulher do comendador, que sempre quis ter uma filha. Apesar da excelente educação e de ter a pele clara, Isaura é escrava do comendador, por ter nascido filha de sua escrava. Em 1854, Isaura (Bianca Rinaldi) tem 19 anos e é uma bela casta donzela. Tudo se complica na vida dela, quando volta para a fazenda o jovem senhor Leôncio, filho do comendador, que desenvolve uma paixão louca pela linda escrava. Leôncio é obrigado a se casar por interesse com Malvina (Maíra Ribeiro), filha do rico Coronel Sebastião Cunha (Paulo Figueiredo), mas mesmo assim tenta seduzir Isaura, querendo que ela seja sua amante. Mas todas as tentativas e propostas de Leôncio (Leopoldo Pacheco) são sempre rechaçadas pela virtuosa Isaura. Gertrudes tem muita vontade de dar a liberdade à sua querida Isaura, mas morre antes de conseguir realizar este objetivo. Pouco depois da morte de Gertrudes, o comendador Almeida também morre. Leôncio queima o testamento onde ele deixava a alforria para Isaura e torna-se assim o dono da escrava. A vida de Isaura se transforma num inferno. Leôncio se torna cada vez mais insistente, e sua paixão secreta pela escrava é descoberta, primeiro por Henrique (Gabriel Gracindo), cunhado de Leôncio, que também é apaixonado por Isaura, e logo depois por Malvina, que não demora muito a perceber a obsessão de seu marido pela bela escrava. Em meio a tanto sofrimento, Isaura descobre o amor. Foge com o pai e se refugia numa chácara perto de São Paulo, onde adota o nome de Elvira, e vive longe de tudo e todos. Ela conhece o jovem abolicionista Álvaro (Théo Becker), mas tenta de toda forma evitá-lo, porque sabe que é uma escrava fugitiva. Para piorar, Isaura é descoberta e mandada de volta à fazenda de Leôncio, que não vai deixar de praticar suas maldades contra a escrava.
"A Escrava Isaura" estreia hoje, a partir das 3 da tarde, na Record TV.

"Avenida Brasil" está de volta no "Vale a Pena Ver de Novo"

Foto: Reprodução

Uns dos maiores sucessos dos últimos anos na faixa das 21 horas da Rede Globo, "Avenida Brasil" está confirmada no "Vale a Pena Ver de Novo". Escrita por João Emanuel Carneiro, a trama era uma das mais pedidas entre os telespectadores para uma reprise.
A história de "Avenida Brasil" começa há alguns anos atrás, quando Rita (Mel Maia), ainda criança, sofreu nas mãos da inescrupulosa madrasta Carminha (Adriana Esteves), que, com a ajuda do amante, Max (Marcello Novaes), armou para Genésio (Tony Ramos), pai da menina, perder tudo o que tinha. Abandonada por Carminha em um lixão, aos cuidados do asqueroso Nilo (José de Abreu), Rita se refugiou na casa de Mãe Lucinda (Vera Holtz), onde conheceu Batata (Bernardo Simões), seu amor infantil. Porém, o destino fez com que eles se separassem quando um casal de argentinos adotou a menina.
O artilheiro do campeonato carioca de 1999 foi Jorge Araújo, mais conhecido como Tufão (Murilo Benício). Cria do Divino Futebol Clube, time do subúrbio carioca, onde reside até hoje, Tufão vive a boa fase no Brasil depois de morar no exterior, e está pronto para casar com o amor de sua vida, a apaixonada e divertida cabeleireira Monalisa (Heloísa Périssé). Quem não gosta muito da ideia de casamento é a mãe do rapaz, Muricy (Eliane Giardini), que vive aos trancos e barrancos com Leleco (Marcos Caruso), o boêmio pai do jogador.
No dia da final do campeonato, depois da brilhante vitória, Tufão acaba atropelando, acidentalmente, na Avenida Brasil, um senhor que vinha transtornado pelo acostamento: Genésio. Ao prestar socorro, só conseguiu ouvir do homem o nome de sua mulher: Carmem Lúcia Moreira de Souza. Culpado pelo acidente, Tufão sai a procura da viúva fingindo ser um amigo de longa data do falecido, e oferece toda a ajuda necessária, já que é um homem rico. Enquanto isso, a esperta Carminha descobre que o jogador foi o culpado pela morte do marido e vê a chance da sua vida em se dar bem.
Com a ajuda de Max, Carminha consegue separar a cabeleireira do jogador e se casa com Tufão grávida do amante, dizendo ser fruto do verdadeiro amor que tinha com o falecido. Com uma vida de luxo, e com Max ao seu lado – ele se casa com Ivana (Letícia Isnard), irmã de Tufão -, Carminha volta às suas raízes no lixão atrás de Lucinda. Conhecidas do passado, ela vai decidida a levar o filho que abandonou quando bebê para ser criado por ela e Tufão: Batata.
Doze anos depois, Batata, agora chamado de Jorginho (Cauã Reymond), é um jovem jogador de futebol em ascensão, namorado da bela Débora (Nathália Dill), mas atormentado com o sentimento de raiva que sente pela mãe, que ele acredita ser de criação. Já Rita, agora Nina (Débora Falabella), se tornou uma excelente chef de cozinha. Os anos se passam, mas ela jamais esqueceu a ferida profunda que Carminha deixou em sua vida, voltando ao Brasil para se vingar. Nina vai trabalhar como cozinheira na casa da ex-madrasta, que não a reconhece. Seu plano maior é destruir aos poucos a vida da patroa.
"Avenida Brasil" estreia hoje, dia 7 de Outubro, substituindo "Por Amor" nas tardes da Globo.