Notícias

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Aberturas de Novelas - Pura Sangre (RCN, 2007)

Rafael Novoa e Marcela Mar são os protagonistas de "Pura Sangre"
Divulgação: RCN

Em 2007, "Pura Sangre" foi ao ar pelo canal colombiano RCN. A novela foi produzida por Guillermo Restrepo, que também escreveu a trama em parceria com Mauricio Navas, Conchita Ruiz e Tania Cárdenas. "Pura Sangre" traz alguns ingredientes do gosto do telespectador: muitas vilanias, segredos, vingança, suspense, intrigas, acerto de contas, além de uma história de amor com muitos impedimentos pelo caminho. 
Tudo começa há muios anos atrás, quando Regina Castaño (Kathy Sáenz), sob a identidade de Paulina Riascos, será o instrumento do mal, pelo qual seu tutor misterioso cobrará uma antiga dívida de sangue contra a família Lagos. Para fazer isso, Paulina, vai entrar na vida dos Lagos, deixando viúvo Alejandro Lagos (Pepe Sánchez) para se casar com ele, ganhar a confiança da família e levar suas empresas ao topo, para em seguida, destruir a todos completamente.
Para que ninguém frustre seus planos, Paulina Riascos vai destruir a vida de Eduardo, o filho de María (Carmenza Gómez), a cozinheira da família. Ele é o único que sabe a verdadeira identidade de Eusebio Beltrán (Pepe Sánchez), seu misterioso tutor. 
No dia da primeira comunhão da pequena Florencia (Etty Grossman), ela tem um encontro às escondidas com Eduardo e não pensando em nada, o beija inocentemente. Para a infelicidade de Eduardo, Paulina, a madrasta de Florencia vê e usa esse beijo para acusá-lo de assédio sexual. A víbora conta a todos que ele abusou de Florencia e, com isso, o menino é expulso de casa.
17 anos depois, Eduardo (Rafael Novoa) volta para dar o último adeus a sua mãe. Sob o nome de Marco Vieira, planeja se vingar da pessoa que mais lhe prejudicou: "a Hiena" (como Paulina é conhecida).
Aos poucos, Eduardo descobre que ainda está apaixonado por Florencia Lagos (Marcela Mar) e com ela, irá  descobrir as razões pelas quais há tantos anos Paulina Riascos estava servindo aos planos malignos de Eusebio Beltrán.
Com o sucesso de "Pura Sangre", a Televisa comprou os direitos da trama e realizou uma adaptação desta história. Trata-se da tão aguardada "Mañana es para siempre". A novela, protagonizada por Fernando Colunga, Silvia Navarro e Lucero, já foi exibida no Brasil pelo Canal CNT entre 2009 e 2010 com o título de "Amanhã é para Sempre". Como o alcance da emissora é limitado, muitas pessoas não tiveram a oportunidade de assisti-la. Logo, a esperada exibição no SBT, a partir das próximas semanas de Fevereiro, é praticamente inédita.

Fernando Colunga, Silvia Navarro e Lucero são os protagonistas de "Mañana es para siempre", 
a versão mexicana de "Pura Sangre". Divulgação: Televisa

Muitos dirão que "Pura Sangre" tem vários clichês, mas dependendo de como a história é contada, o telespectador compra a ideia. Os primeiros capítulos te deixam sem ar. É tanta injustiça, que você acaba se colocando na pele do protagonista e daqueles que foram prejudicados. Obviamente, a hora da vingança é sempre muito aguardada. Em contrapartida, uma boa vilã pode facilmente seduzir o telespectador e dar aquela sacudida da novela.
Na coluna de hoje, veja a abertura de "Pura Sangre". Cheia de ação, é praticamente uma corrida contra o tempo. O tema Race to Survival, composto por Tony Clarke, é eletrizante e perfeito para esta superprodução. Uma novela bastante recomendável.

 

0 comentários:

Postar um comentário