"Amar Depois De Amar" estreia em Portugal pela TVI

Novela é adaptação da argentina "Amar Después De Amar".

"Ouro Verde" é a nova novela da Band

Novela portuguesa foi vencedora do Emmy Internacional em 2018.

Juntos, el corazón no se equivoca - Primeiros Promocionais

Trama é uma Spin-off protagonizada pelo casal Aristemo, personagens da novela "Mi marido tiene más familia".

Aberturas de Novelas: María José (Televisa, 1995)

Novela foi exibida no Brasil, pela CNT em 1997.

Edith González morre aos 54 anos.

Atriz sempre foi uma figuras mais importantes do espetáculo mexicano.

Notícias

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Aberturas de Novelas - Cuna de Lobos (Televisa, 1986)

Capa do DVD da novela "Cuna de Lobos"
Divulgação: Televisa

Em 1986, Carlos Téllez produziu e dirigiu uma das novelas mais marcantes da TV mundial. Escrita por Carlos Olmos, "Cuna de Lobos" ("Berço de Lobos") é uma novela que foge dos melodramas tradicionais. Um dos personagens principais é uma vilã das grandes, sendo lembrada até hoje como ícone de maldade. María Rubio, Gonzalo Vega, Diana Bracho, Rebecca Jones e Alejandro Camacho encabeçaram o elenco desta produção.
Na história, Catalina Creel (María Rubio) é esposa de Carlos Larios (Raúl Meraz), o proprietário do grande Grupo Farmaceutico Lar Creel. Ela mata o marido envenenado ao descobrir que seu segredo está prestes a ser descoberto. Seus filhos, José Carlos (Gonzalo Vega) – de um casamento anterior – e Alejandro (Alejandro Camacho) disputarão a herança do pai. No entanto, uma cláusula compromete os planos de Catalina, que deseja ver seu filho legítimo como único herdeiro: a fortuna dos Larios será somente daquele que tiver um filho primeiro, e a esposa de Alejandro, Vilma (Rebecca Jones) não consegue ter filhos. Para resolver esse problema, Alejandro seduz e envolve a ingênua Leonora (Diana Bracho) em um casamento falso. Grávida, nem desconfia que ao dar à luz, Alejandro e Vilma, mancomunados com Catalina, pretendem roubar a criança e criar como filho legítimo do casal. Até lá, misteriosas mortes acontecem ao redor da família, todas provocadas por Catalina em sua sede pelo poder.
Na ocasião, "Cuna de Lobos" foi inovadora em todos os sentidos: na concepção da novela, nos diálogos mais rápidos, nas cenas mais curtas e na criação dos perfis de cada personagem.
Em entrevista concedida ao Jornal El Excelsior, em 4 de Outubro de 2011, a atriz Diana Bracho lembrou que nem mesmo os executivos da Televisa acreditavam no sucesso da novela: "É um dos projetos mais interessantes e importantes que fiz, apesar de ser considerado o patinho feio. Os executivos não viam um projeto redondo, tanto que, a princípio, a novela foi programada para o horário das seis da tarde". O sucesso foi crescendo a cada capítulo e a novela foi realocada na faixa das 21 horas. O último capítulo registrou incríveis 73 pontos de audiência, um marco na TV Mexicana.
Embora o sucesso tenha sido surpreendente, nem tudo foi perfeito. A atriz María Rubio revelou que teve dificuldades para conseguir um novo papel depois de Catalina Creel: "Catalina Creel me marcou em todos os sentidos, até mesmo no meu dia a dia. Fiquei muito tempo sem ter quem quisesse trabalhar comigo. Eles me achavam maldita, eles tinham medo de mim".
"Cuna de Lobos" nunca ganhou um remake no México. Em 2002, a história de Carlos Olmos ganhou uma versão livre na Espanha com o título de "La Verdad de Laura". Nesta versão, a vilã não usava um tapa olho, mas fingia estar paralítica e se apresentava diante dos demais em uma cadeira de rodas. Embora tenha funcionado por lá, não teve o mesmo impacto da versão original. 

Em "La Verdad de Laura" a vilã Teresa Luarca (Mirtha Ibarra) também assassina seu marido, 
Francisco Luarca (Xabier Elrriaga)

Em 2010, houve uma tentativa do produtor Salvador Mejía em realizar uma nova versão desta história, em formato de série, com o nome de "Por Derecho de Sangre", mas o projeto foi engavetado.

Rebecca Jones, Willian Levy, Danna García, Rafael Amaya e Dominika Paleta - Remake engavetado. 
Divulgação: Televisa / esmas.com

No Brasil, a trama foi exibida pelo SBT em 1991 e rebatizada com o nome de "Ambição". A abertura original não foi exibida por aqui, que retratava os hábitos e a forma de viver dos lobos. O tema principal instrumental, intitulado Cuna de Lobos, foi composto por Pedro Plascencia Salinas. Vamos relembrar?

segunda-feira, 29 de maio de 2017

"Mi marido tiene familia" - Novos Promocionais


"El Bienamado" está na reta final e vem aí "Mi marido tiene familia", a nova produção de Juan Osorio protagonizada por Zuria Vega e Daniel Arenas. Para ficar por dentro da trama, confira os novos promocionais já divulgados.
"Mi marido tiene familia" estreia no próximo dia 5 de Junho, às 8 e meia da noite, no Las Estrellas.











sexta-feira, 26 de maio de 2017

Nova versão de "Colorina" muda de protagonista

Dança das cadeiras em "Colorina"
Sai Millet Figueroa, entra Magdyel Ugaz

A nova versão de "Colorina", que será gravada no Perú, teve uma baixa e trata-se justamente da atriz protagonista da trama. A novela estava prometida para o ano passado, mas o projeto foi ficando de lado. Hoje, Michelle Alexander, diretora da Del Barrio Producciones, revelou à imprensa porque Millet Figueroa foi substituída pela atriz Magdyel Ugaz.
"Conversando com ela, de forma muito profissional, nos demos conta juntas de que ela precisaria se preparar mais, porque "Colorina" não é somente uma cabareteira. Há duas etapas, vem uma passagem de 20 anos depois e nesta parte a atriz precisa ter um grande peso, o que é fundamental na história".
Ainda de acordo com Michelle: "Millet ainda tem pouca experiência. Ela mesma se deu conta e me disse: 'Não quero falhar com você, não quero falhar comigo e quero que esta novela seja um sucesso. Quero começar com um papel menor'".
Millet Figueroa é conhecida por participar dos  Reality Shows "Combate" e "El Gran Show", da série "Al Fondo hay Sitio", além de concursos de beleza. Sem grande experiência como atriz em novelas, ganhou recentemente duas oportunidades: uma na novela "El Regreso de Lucas" (2016) e outra na novela "Solo una Madre" (2017). Em ambos projetos, os papeis foram pequenos.
A Del Barrio Producciones é a produtora parceira da emissora América TV para a realização desta novela. Michelle Alexander revelou que a pré-produção de "Colorina" começa na próxima semana e que as gravações começam em Julho. Enquanto isso, Magdyel Ugaz já está tomando aulas de canto e dança e se preparando para reencarnar um dos papéis que consagrou Lucía Méndez.
No ano passado, foi divulgado um teaser de "Colorina", quando Millet Figueroa tinha sido anunciada como protagonista da trama. Confira.

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Trilhas de Novelas - No se me hace fácil (Tormenta en el Paraíso)

Pôster da novela "Tormenta en el Paraíso".
Divulgação: Televisa

Em 2007, estreou no México a novela "Tormenta en el Paraíso". Baseada no livro "Paraiso Maldito", de Caridad Bravo Adams, teve sua versão para a TV a cargo da escritora Marcia del Río.
A história girava em torno de uma maldição lançada em uma pérola negra muito rara. No ano de 1519, o sacerdote maya Ahzac (José Carlos Ruiz) descobre que sua filha, a princesa Ixmy (Siena Perezcano), se entregou a um homem branco. Ela seria entregue em sacrifício com joias e a pérola negra. Ao saber que o homem branco levou o tesouro, o sacerdote lança uma maldição: "Qualquer homem que possua a pérola negra não conhecerá a felicidade".
Em 1987, a pérola negra e as joias amaldiçoadas são descobertas pelo biólogo Hernán Lazcano (René Stricler), mas Eliseo Bravo (Alejandro Tommasi), seu companheiro de trabalho, rouba o tesouro e provoca a morte de Lazcano, deixando desamparadas sua esposa Analy (Eugenia Cauduro) e sua filha Aymar. 
Vinte anos se passam e Aymar (Sara Maldonado) conhece o amor ao lado de Nicolás Bravo (Erick Elías), filho de Eliseo, o homem que causou a norte de Hernán e, por ter ficado com o tesouro, teve sua vida amaldiçoada. Além de ter perdido o braço em um acidente, foi abandonado pela esposa e criou seus três filhos com muita dureza. O que Eliseo não sabia é que a maldição em sua vida ainda não tinha acabado. A chegada de Maura Durán (Mariana Seoanne) poderia prejudicá-lo ainda mais, como ainda iria provocar muitas intrigas para separar Aymar e Nicolás. 
Juan Osorio escolheu para interpretar o tema principal de "Tormenta en el Paraíso", um cantor que coleciona grandes sucessos em novelas. Alejandro Fernández fez de No se me hace fácil mais um hit. Vamos relembrar?

quarta-feira, 24 de maio de 2017

TV Brasil anuncia estreia de novela angolana em sua programação


A partir desta quinta-feira, você terá mais uma opção de novelas para assistir. Trata-se de "Jikulumessu", produção angolana produzida pela Semba Comunicação e transmitida pela emissora TPA1 em 2014. A novela será exibida pela TV Brasil, a partir das 8 e 30 da noite. Consulte aqui como sintonizar o canal.
A história de "Jikulumessu" começa em 1998, com Joel Kapala (Fernando Mailoge), de 17 anos. O jovem entra no "Santa Agnes", um dos colégios mais conceituados de Luanda para concluir seus estudos, o que provocará conflitos entre a família Kapala. Joel terá o apoio da mãe, Laura Kapala (Ana Karina), mas será reprovado pelo pai, Ivo Kapala (Eric Santos).
No colégio, Joel, é vitima de bullying, levando o jovem a jurar que um dia irá se vingar. Este será o mote para uma história que envolverá ódio, amor e traição.
"Jikulumessu" foi indicada ao Emmy Internacional em 2015 na categoria "Melhor Telenovela". Confira um trailer da trama.

terça-feira, 23 de maio de 2017

"Corona de Lágrimas" poderia ganhar uma segunda parte


Exibida no Brasil com o título de "Lágrimas de Amor", foi noticiado hoje que esta novela poderia ter uma segunda parte. De acordo com o site People en Español, o produtor José Alberto Castro já estaria trabalhando neste projeto.
Alejandro Nones, que interpretou Patrício Chavero falou ao site sobre a notícia: "O público quer isso. Nós morremos de desejo e esperamos que dê certo. Poderia ser feito ainda este ano, mas temos a questão das agendas. Tomara que tudo possa ser organizado".
A segunda parte da trama se chamaria "Los Chavero" e contaria a história dos personagens principais depois do final feliz.
"Corona de Lágrimas" foi produzida em 2012 no México e exibida em diversos países com muito sucesso. No Brasil, a novela teve problemas de audiência e sofreu vários cortes. 

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Belaventura - Primeiro Promocional


"Grandes histórias nascem de grandes conquistas, mas o amor é capaz de mudar o rumo de qualquer história”, com esse texto começa a divulgação de "Belaventura", a nova novela da RecordTV. Escrita por Gustavo Reiz com direção de Ivan Zettel, a produção já está com as gravações bastante avançadas e sua estreia foi adiada por mais de uma vez. Rayanne Morais, Bernardo Velasco, Esther Góes, Floriano Peixoto, Juliana Didone, Raymundo de Souza, Adriana Biroli, Giuseppe Oristanio, Camila Rodrigues e Paulo Gorgulho são apenas alguns dos nomes que formam o elenco desta novela de temática medieval.
"Belaventura" ainda não tem data de estreia definida. Tudo dependerá do quanto poderá ser esticada "A Escrava Isaura" e quando será resolvido o impasse  da Simba Content com as Operadoras de TV por Assinatura.

 

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Ex-Rebelde interpretará Luis Miguel em série

Diego Boneta será Luis Miguel em série da Netflix

Se você foi fã de "Rebelde", deve lembrar do personagem Rocco, vivido pelo ator Diego Boneta. Atualmente com 26 anos, Diego foi confirmado como protagonista da série que a Netflix produzirá sobre a vida do cantor Luis Miguel.
A produção, que ainda não tem nome e está em processo de escolha do elenco, tem sua estreia prevista para 2018. Além da Plataforma Streaming, a série será exibida nos Estados Unidos, pelo canal Telemundo.

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Pega Pega - Segundo Promocional


Já está no ar o segundo promocional de "Pega Pega", a nova novela das 7 da Globo. A trama escrita por Claudia Souto, com direção artística de Luiz Henrique Rios, tem como ponto inicial um roubo mal sucedido e, a partir daí , a ética será retratada com muito bom humor, sob o ponto de vista das pessoas comuns. 
Carolina Queiroz, Mateus Solano, Marcos Caruso, Vanessa Giácomo, João Baldasserini, Nanda Costa, Marcelo Serrado, Thiago Martins, Irene Ravache e Elizabeth Savala são alguns dos nomes que fazem parte do elenco.
"Pega Pega" tem estreia prevista para Junho, substituindo "Rock Story".

 

Aberturas de Novelas - ¡Qué Bonito Amor! (Televisa, 2012)

Pôster oficial de "¡Qué Bonito Amor!"
Divulgação: Televisa

Em 2012, Salvador Mejía produziu "¡Qué Bonito Amor!" para a Televisa. a novela é uma adaptação de "La Hija del Mariachi", novela colombiana de 2006, escrita por Mónica Agudelo, Mauricio Miranda e Felipe Agudelo. O escritor Ricardo Fiallega foi o responsável pela versão mexicana. 
Na história, Emiliano Martínez de los Garzas e Trevino (Jorge Salinas) é um homem que sempre teve sorte na vida. Ele nasceu em Monterrey, mas desde os cinco anos vive nos Estados Unidos, onde ele é dono de uma concessionária de carros. Apesar de ter nascido no México, Emiliano ignora completamente o que significa ser mexicano.
Emiliano é traído por seus amigos Arnold (Alexander Holdman), Bruno (Sergio Mayer) e Luciano (Roberto Palazuelos), ao ser envolvido em lavagem de dinheiro. Devido a isso, ele foge dos Estados Unidos e, por uma reviravolta do destino, vai para a Cidade do México, onde é assaltado, ficando na pobreza absoluta e sem nenhum documento.
Emiliano chega a um bar localizado na Plaza Garibaldi, onde María (Danna García) trabalha como cantora de músicas rancheiras. A jovem também estuda computação e sustenta sua família. Dela dependem Amalia (Angelica María ), sua mãe doente, e suas duas irmãs: Paloma (Renata Notni), de 14 anos e Isabel (Karyme Hernández), de 9 anos.
Desde que María conhece Emiliano, acaba se apaixonando por ele. Por ser um fugitivo da justiça, Emiliano inventa que é mecânico e que se chama Jorge Alfredo Lara. María descobre que o rapaz tem uma bela voz e consegue um emprego para "Jorge" como cantor rancheiro no bar onde ela canta.
Emiliano tenta de todas as maneiras não se envolver com María, mas a beleza, ternura e bondade da moça vencem sua resistência, nascendo entre eles um tórrido romance. Pela primeira vez na vida, aos dois conhecem o amor maduro e comprometido, mas terão que enfrentar muitos obstáculos para ficarem juntos.
"¡Qué bonito amor!" foi uma novela com números aceitáveis, mas distante de um grande sucesso. Houve duras críticas, principalmente sobre a condução da história, distanciando-se da obra original, que já tinha sido emitida em vários países da América Latina. Outro ponto mencionado foi o pouco espaço para a música mexicana dentro da trama, levando-se em conta que esta versão era feita por mexicanos e falava sobre os mariachis.
Na coluna desta semana, confira a abertura oficial da novela. O tema principal, que leva o nome da novela, é interpretado por Vicente Fernández, um ícone da música rancheira.

Créditos: Televisa

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Divulgado trailer de "En Tierras Salvajes"


Embora sua estreia esteja marcada somente para o dia 31 de Julho no México, foi divulgado o trailer de "En Tierras Salvajes", a nova produção de Salvador Mejía na Televisa. 
Claudia Álvarez, Cristián de la Fuente, Diego Olivera, Horacio Pancheri, Maricruz Nájera, Daniela Romo, Salvador Pineda, Lisardo, César Évora, Ninel Conde e Ximena Córdoba são alguns dos nomes que integram o elenco desta novela.
"En Tierras Salvajes" será a substituta de "Enamorándome de Ramón", atual novela das 19 horas e terá a missão de manter os altos índices de audiência conquistados pela produção de Lucero Suárez.
Confira o trailer na sequência.

sexta-feira, 12 de maio de 2017

História da cantora mexicana Selena será contada em minissérie


A rede americana Telemundo reserva muitas novidades para 2018 e uma delas é "El Secreto de Selena", uma minissérie baseada no livro de mesmo nome, escrito pela jornalista María Celeste Arrarrás e publicado em 1997 com muito sucesso. 
Selena foi uma das cantoras mexicanas de maior popularidade da década de 90. No auge de sua carreira, a cantora foi assassinada por Yolanda Saldívar, presidente do seu fã-clube. O impacto foi muito grande, ganhando a atenção da imprensa e da mídia na época. A história trágica ganhou as telonas em 1997 com Jennifer Lopez interpretando o papel da cantora.
A minissérie pretende descrever o que realmente aconteceu naquela noite chuvosa de 1995, onde aconteceu a tragédia.

"La Reina del Sur" ganhará uma segunda temporada

Kate del Castillo volta a encarnar Thereza Mendoza, a "Rainha do Tráfico"

Agora é oficial! A Telemundo confirmou a segunda temporada de "La Reina del Sur", a supersérie de grande sucesso protagonizada por Kate del Castillo. Nesta continuação, Tereza Mendoza (Kate del Castillo) fica oito anos desaparecida, sem deixar rastros. Vivendo tranquilamente na Itália, o passado de Tereza se faz novamente presente em sua vida, sendo assim, obrigada a voltar ao México e ao perigoso mundo do narcotráfico.
Cabe destacar que a continuação desta história irá ao ar 7 anos depois da exibição da primeira temporada. 
No Brasil, a primeira temporada foi exibida em 2015 no canal +Globosat com o nome de "A Rainha do Tráfico".

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Trilhas de Novelas - A Maçã (O Mapa da Mina)


Cassiano Gabus Mandes escreveu a última de suas novelas no ano de 1993. "O Mapa da Mina" tinha como fio condutor a busca por um tesouro escondido há alguns anos.
No passado, uma quadrilha rouba dez milhões de dólares em diamantes. Ivo Simeoni (Paulo José) era um dos integrantes do bando e decide esconder as pedras em um local inusitado para despistar a polícia. Para ter a certeza de que não esqueceria o esconderijo, ele manda tatuar o mapa do tesouro acima do bumbum da pequena Elisa (Carla Marins), filha de sua vizinha.
O tempo passa e Elisa cresce. A moça é uma noviça e está enclausurada em um convento, prestes a fazer os votos perpétuos. Por ter um grande segredo guardado, ela torna-se vítima de uma perseguição entre bandidos e a polícia.
"O Mapa da Mina" teve uma trilha sonora ampla, composta por várias músicas nacionais e internacionais. Uma delas, fez muito sucesso na época e foi uma das mais tocadas. Trata-se de A Maçã, hit interpretado por Deborah Blando, que é uma regravação da música de Raul Seixas. Na trama, o tema era da personagem Wanda, vivido pela atriz Malu Mader. Reviva mais um grande sucesso da TV.

terça-feira, 9 de maio de 2017

Pega Pega - Primeiro Promocional


Na Globo, foi dada a largada para a promoção de "Pega Pega", a nova novela das 19 horas. Escrita por Claudia Souto, a trama se desenrola a partir de um roubo que não deu certo. Neste primeiro teaser, vemos alguns personagens sendo interrogados em uma sala especial e as pistas dadas por cada um referem-se aos detalhes da produção como: data de estreia, horário, quem escreveu a trama, gênero da história e integrantes do elenco.
"Pega Pega" tem sua estreia marcada para Junho, substituindo "Rock Story".

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Record TV fará novela bíblica sobre o começo do mundo


Apesar de registrar uma considerável queda de audiência na novela "O Rico e Lázaro", A Record TV pretende continuar a investir em histórias bíblicas. De acordo com o jornalista Daniel Castro, do UOL, após "Apocalipse" abordar o fim do mundo, a próxima novela contará o começo de tudo, usando como base o livro de Gênesis, o primeiro da Bíblia.
A novela substituta de "Apocalipse" deve ir ao ar em 2018.

Mi marido tiene familia - Primeiro Promocional


"O destino nunca é como acreditamos". Com esta frase começa a promoção de "Mi marido tiene familia", a nova produção de Juan Osorio para a faixa das 20 horas da Televisa. A trama está baseada em uma novela coreana e mais uma vez, Osorio aposta em uma história familiar.
No elenco, Daniel Arenas, Zuria Vega, Diana Bracho, Silvia Pinal, Rafael Inclán, José Pablo Minor, Jessica Coch, entre outros. 
"Mi marido tiene familia" tem estreia prevista para o próximo dia 5 de Junho.

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Luis Miguel contará sua vida em série da Netflix

Luis Miguel
Divulgação: Netflix

Em 2018, um dos cantores mais famosos da música latina terá sua história contada em uma série para a Plataforma Netflix. Trata-se de Luis Miguel, um grande colecionador de sucessos como La Barca, El día que me quieras, Somos Novios, entre outros. A série autorizada sobre sua vida será produzida pela Gato Grande, uma aliança entre a MGM Studios e um grupo de empresários do México composto por Miguel Alemán Magnani, Antonio Cue Sánchez Navarro e José Luis Ramírez Magnani.
Por enquanto a série não tem nome definitivo e ainda não há elenco confirmado. O pouco que se sabe é que a trama narrará a trajetória de Luis Miguel desde a infância até a fama. 
Confira o primeiro teaser divulgado pela Netflix.

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Série sobre Silvia Pinal é adiada para 2018

Silvia Pinal

Nesta semana, foi noticiado em diversos sites o cancelamento definitivo da série sobre a vida da atriz Silvia Pinal. A produtora Carla Estrada já tinha elenco formado e realizado uma apresentação à imprensa. 
Estrada não pôde disfarçar seu descontentamento diante da decisão tomada pela alta cúpula da Televisa: "Eu realmente, fiquei frustrada com o cancelamento da série e estaria mentindo se dissesse que não me machucou, porque nós choramos e nos abraçamos, mas, finalmente, eu sou um soldado da empresa e, como tal, eu sei que há capitães e há soldados". 
Questionado sobre o cancelamento da série, Emilio Azcárraga Jean, presidente do Grupo Televisa, esclareceu que a produção não foi cancelada, somente adiada para 2018, devido ao fato de ter outros produtos, já em produção, estarem programados para entrar no ar antes da referida série. 
Com isso, Carla terá mais tempo para planejar melhor sua série. No entanto, devido aos compromissos futuros dos artistas que já haviam sido escalados, é muito provável que a produção será realizada com um novo elenco a ser escolhido.

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Aberturas de Novelas - Si Dios me quita la vida (Televisa, 1995)

César Évora e Daniela Romo, juntos em "Si Dios me quita la vida" 

Em 1995, Pedro Damián e Juan Osorio produziram "Si Dios me quita la vida" para a Televisa. A trama é uma adaptação de "La Leona" (Televisa, 1961), novela escrita por Marissa Garrido.
Nesta história, que está ambientada entre 1930 e 1946, María Sánchez Amaro (Daniela Romo) é uma jovem de boa família, educada sob os costumes morais daquela época, e sua vida gira em torno de três homens: Alfredo (Omar Fierro), o sedutor, com quem se casa e tem uma filha; Enrico (Enrique Lizalde), um homem maduro, nobre e protetor, que forma um segundo casamento; e Antonio (César Évora), que chega a sua vida com a promessa do amor verdadeiro.
Depois de sofrer maus tratos e ser traída por Alfredo, María fica sozinha com sua filha Esther e Alfredo é preso. Graças a sua bela voz, ela consegue se sustentar cantando em um pequeno Café, mas enfrenta o preconceito da sociedade, além do ódio e da vergonha demonstrados por sua filha, que não aceita sua profissão e a culpa pelo abandono de seu pai. As coisas pioram quando Alfredo ganha a liberdade.
María se dá uma nova oportunidade e começa um romance com Enrico. Cativada por seu amor e bondade, encontra nele o amor e proteção que sempre desejou. O tempo passa e Enrico atravessa uma difícil situação financeira, provocada por um administrador desonesto. O único bem que se salva é o "Café Cantante", que está no nome de María, onde o transforma em um Cabaré, que ela mesma administra durante a enfermidade de Enrico.
Por fim, aparece Antonio, um homem que durante anos recebeu a proteção de Enrico quando ele fugiu de Cuba, acusado de um crime que não cometeu. Enrico não só lhe deu trabalho, mas também o mesmo carinho que deu ao seu próprio filho. Antonio se apaixona perdidamente pela esposa do homem que ama e respeita, e ela o corresponde, mas os dois tentam resistir a esse amor impossível.
Enrico é assassinado por homens desconhecidos, quando descobre que seu negócio está envolvido com dinheiro falso. Esther (Karyme Lozano) se convence da bondade de sua mãe e pede perdão.
María consegue as provas necessárias para provar a inocência de Antônio, decidindo viajar para Cuba. Quando está a ponto de embarcar é sequestrada por Alfredo e todos pensam que María está morta, pois o avião, que estaria supostamente, sofre um acidente. Tempos depois, Antonio é libertado e viaja ao México, os crimes de Alfredo são descobertos e María é resgatada, podendo assim, ser realmente feliz ao lado de Antonio.
"Si Dios me quita la vida" reserva algumas curiosidades: foi nesta novela que César Évora atuou pela primeira vez como protagonista de uma produção na Televisa. A atriz Daniela Romo é conhecida pelas suas longas madeixas e para esta história, uma mudança de visual era necessária. A solução foi confeccionar uma peruca que cobriu o seu cabelo natural. O trabalho foi realizado pelos especialistas em figurino da Televisa. O resultado ficou tão bom que muitos pensaram que ela tinha cortado mesmo os cabelos.
Outra curiosidade é que a história que serviu de base para "Si Dios me quita la vida", foi a mesma que o SBT usou para adaptar "A Leoa", novela protagonizada por Maria Estela em 1982.
A abertura desta novela é elegante e ressalta a grande voz de Daniela Romo, que canta a música Si Dios me quita la vida. As fitas cinematográficas dão o ar de nostalgia. O vestido usado por Daniela, confeccionado pelo estilista Mitzy, foi inspirado nos anos 40, mais precisamente em um vestido usado por María Félix, uma das atrizes mais importantes da Época de Ouro do Cinema no México.

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Adela Noriega reaparece nas Redes Sociais e declara: "Não decidi voltar para a Televisão"

Adela Noriega reaparce depois de vários anos sem notícias

Neste final de semana, a atriz Adela Noriega surpreendeu seus fãs ao reaparecer nas Redes Sociais. Pouco se sabe sobre a vida da atriz e como está atualmente. Seu nome sempre é cogitado para um possível retorno às novelas. Em seu Twitter @adelanoriegamex, a atriz publicou uma foto mais recente.
Em seu Instagram @adela_noriega, a atriz revelou que atualmente está muito feliz: "Não sou a mesma Adela de antes, mas sou feliz e me sinto muito plena com tudo o que pude conseguir em quase 8 anos. Sou feliz e continuarei assim. Quero informar que não, NÃO DECIDI VOLTAR PARA A TELEVISÃO, minha vida está como sempre sonhei e quero que continue igual. Obrigada por tantas mensagens e demonstrações de carinho. Estamos em contato pelas minhas Redes Sociais que são TWITTER: @adelanoriegamex e meu Instagram @adela_noriega".
A atriz Elizabeth Álvarez, que esteve com a atriz recentemente, confirmou que os respectivos perfis nas Redes Sociais são verdadeiros.
O último trabalho de Adela Noriega na TV foi em 2008, na novela "Fuego en la Sangre", onde trabalhou com Elizabeth.