Trailer de nova versão de "La Usurpadora" divide opiniões

Novela será transformada em uma série de 20 a 25 capítulos.

"Um Bandido Honrado" estreia na Colômbia pelo Canal Caracol

Trama narra a história de um traficante arrependido de seus delitos.

Juntos, el corazón no se equivoca - Primeiros Promocionais

Trama é uma Spin-off protagonizada pelo casal Aristemo, personagens da novela "Mi marido tiene más familia".

Aberturas de Novelas: María José (Televisa, 1995)

Novela foi exibida no Brasil, pela CNT em 1997.

Edith González morre aos 54 anos.

Atriz sempre foi uma figuras mais importantes do espetáculo mexicano.

Notícias

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

As grandes estreias para 2017

2017 está chegando e as emissoras estão com muitas novelas para estrear. Confira quais são as histórias que virão por aí.

Emilio Dantas e Juliana Paes como Rubinho e Bibi, em "A Força do Querer". 
Foto: Mauricio Fidalgo/Globo

A Força do Querer (Globo - 21 h): Escrita por Glória Perez, com direção de Rogério Gomes, a trama que irá substituir “A Lei do Amor” abordará temas como a tolerância, as dificuldades de compreender e aceitar o que é diferente de nós e do embate entre o querer (vontade) e os limites éticos e morais que permeiam nossas escolhas. Juliana Paes, Emilio Dantas e Rodrigo Lombardi são alguns nomes que formam o elenco. Sua estreia está prevista para o primeiro semestre de 2017.

Camila Queiroz será a protagonista de "Pega Ladrão"
Foto: Gustavo Azeredo

Pega Ladrão (Globo - 19 h): Escrita por Cláudia Souto, com direção de Luiz Henrique Rios, a trama vai discutir o "jeitinho brasileiro". No elenco, Camila Queiroz, Mateus Solano, Marcos Caruso são alguns nomes já confirmados. A estreia da trama está prevista para o primeiro semestre de 2017.

 
Isabelle Drummond viverá Anna Millman, a protagonista de "Novo Mundo". 
Foto: Mauricio Fidalgo/Globo

Novo Mundo (Globo - 18h): A substituta de "Sol Nascente" já está em produção. Escrita pelos estreantes Alessandro Marson e Thereza Falcão, com direção de Vinicius Coimbra, a trama será ambientada no início do século XIX, entre 1817 e 1822. A estreia da novela está prevista para Março.

Em Nome do Amor (Globo - 23 h): A trama escrita por Ângela Chaves e Alessandra Poggi deverá seu nome alterado por conta de que este título atualmente está registrado pelo SBT. O pouco que se sabe até o momento é que a história se passa entre os anos 1970 e 1980, época da ditadura militar.

Malhação (Globo - 17 h): A nova temporada "Malhação" promete muitas novidades. Escrita por Cao Hamburguer, a trama será ambientada em São Paulo e terá pela primeira vez só mulheres como protagonistas, enaltecendo o poder feminino. A estreia deve ocorrer em Abril.

A atriz Milena Toscano está no elenco de "O Rico e Lázaro"

O Rico e Lázaro (Record TV - 20h30): Escrita por Paula Richard, "O Rico e Lázaro" terá como tema central a parábola de mesmo nome, que está presente no Novo Testamento da Bíblia, mas também abordará outras passagens. A trama se passará na Babilônia, durante o reinado do Rei Nabucodonosor II, quando o Templo de Salomão foi destruído. Sua estreia está prevista para o primeiro semestre de 2017.

Apocalipse (Record TV - 20h30): A novela pode estrear no final de 2017 e deverá ser ambientada nos dias atuais. A trama que será escrita por Vivian de Oliveira promete muitos efeitos especiais hollywodianos. É aguardar para ver. 

Belaventura (Record TV - 19 h): A novela de Gustavo Reiz será ambientada na época medieval e contará a história de amor de um príncipe por uma plebeia. A novela ainda não iniciou as gravações e sua estreia deve ocorrer somente no segundo semestre de 2017.

As Aventuras de Pollyanna e João Feijão (SBT - 20h30): De Íris Abravanel, a trama será inspirada na obra “Pollyanna”, de Eleanor H. Potter. Por enquanto, ainda não há nomes confirmados para o elenco da substituta de "Carinha de Anjo". A novela deve estrear no segundo semestre de 2017, tendo em vista que o SBT não pretende esticar os capítulos da sua atual novela.

 
Pablo Lyle e Renata Notni são os protagonistas de "Mi Adorable Maldición"
Divulgação: Televisa 

Mi Adorable Maldición (Televisa - 17 h): Protagonizada por Renata Notni e Pablo Lyle, será a primeira estreia do ano no México. A produção de Igancio Sada Madero é uma adaptação de "Lola Calamidades", trama colombiana de 1987 de Julio Jiménez. A escritora Gabriela Ortigoza, responsável pela adaptação, abordará o misticismo e as superstições dos mexicanos nesta história que fala de uma mulher que vive em uma pequena cidade do interior e é vista por todos como maldita. Sua estreia está prevista para o dia 23 de Janeiro, às 5 da tarde, no Las Estrellas.

Jesús Ochoa será Odorico em "El Bienamado"
Divulgação: Televisa

El Bienamado (Televisa - 20 h): Protagonizada por Jesús Ochoa, a nova produção de Nicandro Díaz é uma nova versão da obra brasileira escrita por Dias Gomes, "O Bem Amado", que conta a história de Odorico Cienfuegos, um homem que ganha a prefeitura municipal de uma cidade pequena sob a promessa de construir um cemitério com a ajuda de três irmãs solteironas, com quem mantém um relacionamento secreto sem que elas saibam que foram seduzidas pelo mesmo homem. A trama estreia no dia 23 de Janeiro no Las Estrellas.

 
José Ron e Esmeralda Pimentel são os protagonistas de "Enamorándome de Ramón" 
Divulgação: Televisa 

Enamorándome de Ramón (Televisa - 19 h): A nova produção de Lucero Suárez traz Esmeralda Pimentel e José Ron como protagonistas e sua história gira ao redor de Fabiola (Esmeralda Pimentel), uma jovem que perde os pais em um acidente de avião deixando Juana (Marisol del Olmo), a babá da família, como única beneficiária do seguro de um milhão de dólares. Ramón (José Ron), filho de Juana, volta à Cidade do México e vai trabalhar na oficina da família. Enquanto isso, Fabiola também começa a trabalhar na mesma oficina para demonstrar que é capaz de cuidar do dinheiro do seguro e, a partir daí, nasce o amor entre os dois. A estreia da novela está prevista para Fevereiro.

David Zepeda e Ariadne Díaz são os protagonistas de "La Doble Vida De Estela Carrillo"
Foto: Divulgação

La Doble Vida De Estela Carrillo (Televisa - 21 h): A nova produção de Rosy Ocampo será protagonizada por David Zepeda e Ariadne Díaz. A trama original conta a história de uma mulher imigrante nos Estados Unidos, que sonha em ser estrela de uma banda musical, mas o destino a leva a trabalhar como professora em Riverside, Califórnia, onde é testemunha de um tiroteio e da noite para o dia, se converte em heroína ao salvar a vida dos seus alunos que estavam presentes na cena. Entretanto, sua situação é de imigrante ilegal, o que lhe obriga a se negar a receber qualquer reconhecimento, por medo de ser descoberta pelas autoridades.

En Tierras Salvajes (Televisa - horário a confirmar): Ao que tudo indica, esta novela será uma história original. A produção de Salvador Mejía ainda não está com o seu elenco totalmente fechado. Por ora, Cristián de la Fuente está confirmado como o protagonista da trama e, recentemente, Ninel Conde e Daniela Romo se integraram ao projeto.

Gabriela de la Garza é a protagonista de "Nada Personal"

Nada Personal (TV Azteca - horário a confirmar): Nova versão da novela de mesmo nome realizada pela TV Azteca em 1996 e que foi um divisor de águas na emissora mexicana, volta em 2017 com a adaptação do escritor Alberto Barrera, o criador da trama original. A história gira em torno de Mariana Aragón (Gabriela de la Garza) uma mulher que testemunha o assassinato de dois jovens jornalistas. Isso a coloca no centro de uma conspiração que nunca tinha imaginado. A organização criminosa a converte e em cúmplice. Para Mariana, lutar pela vida significa enfrentar a mais poderosa organização criminal: a que funciona dentro da lei, dentro do Estado.

Desaparecida (TV Azteca - horário a confirmar): Escrita pelo chileno Sebastián Arrau, a trama narrará a vida de uma mulher que desaparece momentos antes do seu casamento, abrindo a caixa de Pandora em uma família que esconde muitos segredos. Esta é a forma como seu filho inicia uma busca exaustiva onde vai descobrir uma mulher que não sabia, cheia de segredos, paixões e rodeada por intrigas. Annete Michel, Mauricio Islas são alguns nomes do elenco.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

As cinco melhores aberturas de novelas mexicanas de 2016


A abertura de uma novela é o cartão de visitas, é a primeira impressão que fica. Noveleiro de verdade sempre espera para ver pela primeira vez como é a abertura daquela nova novela. Quem nunca fez isso? Neste post, selecionamos as melhores aberturas de novelas mexicanas que rolaram em 2016.

1º Lugar - Las Amazonas: Este ano, não teve pra ninguém. A abertura de "Las Amazonas" é simplesmente maravilhosa, tem ritmo, ótimas tomadas e um tema inesquecível. É moderna sem perder a essência das novelas mexicanas. Ponto para o produtor Salvador Mejía, que dificilmente decepciona nas aberturas de suas novelas e desta vez, veio com uma proposta mais cinematográfica do que televisiva.


2º Lugar - Vino el Amor: Quem acompanha as tramas de José Alberto Castro já sabe que o produtor dá uma atenção especial às aberturas de suas novelas. Em "Vino el Amor" não foi diferente. Seguindo o estilo de tramas anteriores como "La que no podía amar" (2011), "La Malquerida" (2014) e "Pasión y Poder" (2015), vemos uma sequência com muitos efeitos, alternando o elenco da trama em movimentos suaves. Um espetáculo para os olhos.



3º lugar - Mujeres de Negro: A novela de Carlos Moreno Laguillo foi o grande diferencial neste ano. Uma trama que não lembra em nada as novelas clássicas da Televisa. Aqui vimos uma novela ágil, moderna e misteriosa, uma produção de primeira. Sua abertura faz o telespectador entrar nas cenas, nos transformando em observadores de cada situação. O tema instrumental foi muito bem escolhido e dá o tom de suspense à sequência.


4º lugar - Tres Veces Ana: Esperava um pouco mais da abertura desta novela, mas ainda assim, não deixa de merecer um posto neste ranking. Seguindo o modelo tradicional das aberturas das novelas mexicanas, vemos uma compilação de cenas aleatórias. O resultado ficou simples demais para uma novela tão importante.

 

5º Lugar - Sueño de Amor: A novela de Juan Osório começou promissora, mas se perdeu no meio do caminho com tantas mudanças no roteiro. Entretanto, sua abertura deve ser aplaudida pela edição que soube reunir diversas formas de carinho e afeto, contar um pouco da história e alternando-as com o clip de Shakira e o grupo Maná. A sequência ficou única e bem realizada.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

As cinco melhores aberturas de novelas brasileiras de 2016


A abertura de uma novela é o cartão de visitas, é a primeira impressão que fica. Noveleiro de verdade sempre espera para ver pela primeira vez como é a abertura daquela nova novela. Quem nunca fez isso? Neste post, selecionamos as melhores aberturas de novelas brasileiras que rolaram em 2016.

1º lugar - Velho Chico (Rede Globo): Por meio das cores e dos traços dos artistas Mello Menezes e Samuel Casal, são ilustradas várias histórias. No painel de MDF de 1,80 metro por 1 metro, que levou cinco dias para ficar pronto, vemos ao centro a índia Iati, cujas lágrimas derramadas após a partida de seu amado são as responsáveis pelo nascimento do São Francisco. A sequência é acompanhada pela música Tropicália, regravada por Caetano Veloso, com arranjos de Tim Rescala e participação da Orquestra de Heliópolis, comunidade da zona sul de São Paulo.



2º lugar - Carinha de Anjo (SBT): Colorida, divertida e fofíssima ao extremo são alguns dos adjetivos para falar sobre esse trabalho. Misturando animação e live action a abertura de "Carinha de Anjo" mostra como a personagem principal, Dulce Maria, percebe o mundo à sua volta. A voz de Lucero é a cereja do bolo.


3º lugar - Escrava Mãe (Record TV): A abertura da terceira colocada mistura cores e texturas para recontar a história e a luta dos escravos. Os pingos de tinta criam movimentos e formam as imagens em sequência. A música tema chama-se Anos Solidão e foi composta por Lulli Chiaro, cantor, compositor e pianista.



4º lugar - Êta mundo bom! (Rede Globo): A abertura da quarta colocada faz um recorte de cenas alternando animais da fazenda, como galinhas e porcos, com imagens do protagonista em suas peripécias e imagens de São Paulo na década de 1940. A locução inicial "Rede Globo apresenta: Êta Mundo Bom!", faz referência às radionovelas, um grande sucesso na época em que esta história foi ambientada.



5º lugar - A Terra Prometida (Record TV): A quinta colocada investiu na animação para compor a vinheta de abertura. Na sequência foram ilustrados os pontos mais importantes da trama como a abertura do Rio Jordão e a queda das muralhas de Jericó. O uso da música instrumental foi um grande acerto e deu dramaticidade à sequência.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

El Bienamado - Segundo Promocional


Já está no ar o segundo promocional de "El Bienamado", a adaptação da obra de Dias Gomes "O Bem Amado" para a Televisa. Nesta sequência vemos alguns outros artistas como: Laura Zapata, Nora Salinas, Irán Castillo e Chantal Andere e Luis Manuel Ávila. 
"El Bienamado" estreia no dia 23 de Janeiro, às 8 da Noite no Las Estrellas. Confira!

domingo, 25 de dezembro de 2016

Feliz Natal!


É tempo de renovação, de reflexão e de celebração à vida. O Prime Telenovelas deseja a você, amigo leitor, um Feliz Natal com muita alegria, paz, amor e união. Conte sempre conosco e não deixe de nos visitar para ficar informado sobre sua novela favorita!

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

SBT anuncia nova reprise de "Rubí"

Pôster oficial da novela "Rubí"
Divulgação: Televisa

Ao que parece, o SBT manterá quatro faixas de novelas nas tardes do canal em 2017. Ontem foi exibido o primeiro promocional de "Rubí", trama de 2004 da Televisa exibida no Brasil três vezes: 2005, 2006 e 2013.
Protagonizada pela uruguaia Barbara Mori, "Rubí" foi a primeira novela da atriz realizada na Televisa e a última até o momento em sua carreira. Desde então, Barbara se dedica ao cinema e seu último trabalho na TV foi na série Dos Lunas, interpretando uma mulher que tem dupla personalidade.
"Rubí" está prevista para o início de Janeiro, substituindo "A Usurpadora". Confira o promocional.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Mi Adorable Maldición - Primeiro Promocional


Mais uma novela está chegando no começo de 2017. Trata-se de "Mi Adorable Maldición", a nova produção de Ignacio Sada Madero para a Televisa. Protagonizada por Renata Notni e Pablo Lyle, é uma nova versão de "Lola Calamidades", novela colombiana produzida em 1987 e que ganhou uma versão em 2010 também na Colômbia. 
No promocional os protagonistas falam em off: "Ainda que nossos caminhos se afastem... sempre voltaremos a estar juntos porque o feitiço mais forte é o amor".
"Mi Adorable Maldición" tem estreia prevista para Janeiro, na faixa das 17 horas, substituindo "Despertar Contigo". Confira.

El Bienamado - Primeiro Promocional


2017 ainda não chegou e já tem nova novela em breve. No México foi dada a largada para a promoção de "El Bienamado", a nova novela das 8 da Televisa. A produção de Nicandro Díaz é uma releitura da obra de Dias Gomes chamada "O Bem-Amado", um clássico da dramaturgia brasileira. Ao ritmo de banda, vemos os habitantes de uma cidade do interior muito animados em um comício e diante de Odorico (Jesús Ochoa), o bem amado. A estreia da novela está prevista para o dia 23 de Janeiro, substituindo "Tres Veces Ana". Confira o promocional.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Aberturas de Novelas - Amigas y Rivales (Televisa, 2001)

Pôster oficial de "Amigas y Rivales"
Divulgação: Televisa

Em 2001, Emilio Larrosa produziu "Amigas y Rivales" para a Televisa. Uma novela que fez muito sucesso e fez o público ficar grudado na TV. Escrita por Alejandro Pohlenz, a história gira em torno de quatro jovens de 21 anos de diferentes classes sociais. Laura (Michelle Vieth) é estudiosa, séria e sensível. Estuda Processamento de Dados em uma faculdade particular graças a uma bolsa. Jimena (Ludwika Paleta) é a típica menina rica, mimada, irresponsável e que usa o sexo como uma forma a mais para se distrair. Ofelia (Adamari López) é a melhor amiga de Jimena e leva o mesmo tipo de vida com muitas diversões e prazeres superficiais. Por causa dessa vida de excessos, Ofelia contrai o HIV e sua vida muda bruscamente. Por fim, Nayeli (Angelica Vale) é a mais simples de todas. De origem humilde, trabalha na casa de Jimena como empregada, mas sonha alto. Seu maior desejo é se tornar uma grande estrela de Hollywood, como seu ídolo, a atriz mexicana Salma Hayek.
"Amigas y Rivales" foi uma novela que abordou muitos assuntos polêmicos como por exemplo o sexo sem compromisso, o bullying, a busca do sonho americano e o uso de drogas, mostrando os perigos que rodeiam os jovens em sua transição para a idade adulta.
Cada protagonista tinha sua história e seus conflitos. Entretanto, a vilã da história incendiou a novela. Roxana (Joanna Benedek) foi crescendo capítulo a capítulo e passou a ditar o ritmo da trama. Após se casar com o viúvo milionário Roberto de la O (Éric del Castillo), passou a seduzir o enteado Roberto Jr. (Arath de la Torre), por quem tinha um desejo obsessivo. Roxana matou Alejandra (Maki Soler), a namorada de Roberto para conseguir seu objetivo: se casar com ele. Fria e calculista, Roxana cometeu uma série de assassinatos, um deles bastante curioso: ela mata sua empregada e para se desfazer do corpo, decide esquartejá-la. 
Outro personagem que se destacou foi Ulises (Gabriel Soto). Conhecido como "o feio", era desengonçado e alvo de piadas e humilhações na universidade. No decorrer da trama, ele se apaixona por Ofelia e se transforma em um belo rapaz.
"Amigas y Rivales" bateu recordes de audiência tornado-se um grande sucesso no México e em muitos países, incluindo o Brasil. Em sua exibição no SBT, entre 2002 e 2003, a emissora esticou os capítulos até não poder mais. Dos 185 capítulos originais, foram exibidos 219 capítulos. Devido a esse sucesso, quatro anos depois, o SBT decidiu fazer um remake, mas não teve o mesmo sucesso.
A abertura de "Amigas y Rivales" é dinâmica, jovem, contagiante e "feita no carão", uma especialidade dos mexicanos. Quem não se lembra da música do grupo Kabah, que era um chiclete?
Sem sombra de dúvidas, "Amigas y Rivales" figura entre as novelas mexicanas mais inesquecíveis (e uma das preferidas deste blogueiro). Vamos relembrar?

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

"Cúmplices de um Resgate" termina em grande estilo no SBT

O grupo C1R no palco
Foto: Lourival Ribeiro

A noite de ontem foi pra lá de especial. Para quem ficou sintonizado no SBT, pôde ver o último capítulo de "Cúmplices de um Resgate" e na sequência, o show com todo o elenco da novela.
Antes de mais nada é preciso parabenizar toda a equipe deste projeto maravilhoso. Não foi um sucessinho, foi sucesso de verdade. Repercutiu nas Redes Sociais, vídeos no Youtube com milhares de visualizações, músicas na ponta da língua da criançada, muitos produtos licenciados e por aí vai. 
A trama é uma adaptação do original mexicano "Cómplices al Rescate" que foi exibida no Brasil em 2002 com sucesso. Os 132 capítulos originais foram transformados em impressionantes 357 capítulos. É verdade que em alguns momentos, a novela ficou cansativa, mas vale ressaltar a inclusão de novos personagens e situações que não existiam no original para sustentar a novela tanto tempo no ar. Isso precisa ser valorizado. Outro ponto positivo, foram os videoclipes que, na medida do possível, deixaram a trama mais dinâmica. O final foi lúdico, assim como seu início. Neste conto de fadas, os personagens passaram por diversos obstáculos e chegaram ao tão almejado final feliz.
"Cúmplices de um Resgate" termina com o mérito de reunir tantas pessoas, de faixas etárias diferentes, mantendo a estratégia do SBT de fazer novelas para a família. Isso já era perceptível nas Redes Sociais pelos diversos comentários sobre a trama, mas isso ficou ainda mais evidente no show, que pudemos acompanhar pelo SBT.
Simplesmente lindo! O show estava incrível! Colorido, emocionante, alegre, alto astral e muito bem produzido. Maísa Silva fez a apresentação e foi a responsável por trazer a turma da nova novela "Carinha de Anjo", com direito a alguns números especiais dentro do show.
Para quem participou do projeto, vão sentir saudades. Para o público, o sentimento será o mesmo. Parabéns SBT pelo final em grande estilo. O público agradece a noite inesquecível. #somostososcumplices

Gaby Spanic poderia concretizar sua saída da TV Azteca.

Gaby Spanic

Afastada da TV mexicana depois de uma breve participação na novela "Siempre tuya Acapulco" e de uma passagem polêmica no reality show de dança "Baila si puedes", Gaby Spanic não emplacou outro projeto na TV por conta de seu contrato de exclusividade com a TV Azteca, que a colocou na geladeira. Além disso, a emissora deixou de produzir novelas por um tempo, o que agravou ainda mais a situação da atriz.
De acordo com a jornalista Flor Rubio, a atriz e a TV Azteca estão próximas de entrarem em um acordo para que assim, Gaby possa aceitar outros projetos.
Ainda de acordo com a jornalista, Gaby foi vista no escritório de Salvador Mejía, produtor da Televisa, que está preparando um novo projeto para 2017. Ficamos na torcida!

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Jacqueline Bracamontes volta às novelas em "El Bienamado"

Jacqueline Bracamontes

Afastada das novelas deste 2009, quando protagonizou "Sortilégio", Jacqueline Bracamontes volta à TV com uma participação especial na novela "El Bienamado", a nova produção de Nicandro Díaz prevista para 2017.
A atriz falou em sua conta pessoal no Instagram, que sua participação será por apenas 3 capítulos.
"El Bienamado" é uma adaptação da obra de Dias Gomes e conta a história de Odorico (Jesús Ochoa), um homem que ganha a prefeitura municipal de uma cidade pequena sob a promessa de construir um cemitério com a ajuda de três irmãs solteironas, com quem mantém um relacionamento secreto sem que elas saibam que foram seduzidas pelo mesmo homem.

domingo, 4 de dezembro de 2016

"O que a vida me roubou" chega ao Brasil pelo SBT

Pôster oficial de "O que a vida me roubou"
Divulgação: Televisa

Se você estava com saudades de Angelique Boyer pode comemorar! O SBT começou a divulgar as primeiras chamadas de "O que a vida me roubou", a nova novela que será exibida nas tardes do canal de Silvio Santos. A trama é de 2013 / 2014 exibida com muito sucesso no México. Produzida por Angelli Nesma Medina ("Abismo de Paixão", "Maria do Bairro", "Camila", "Por teu Amor", "Menina Amada Minha"), conta com 196 capítulos escritos por Juan Carlos Alcalá em colaboração com Rosa Salazar Arenas, Fermín Zuñiga e Jorge Cervantes.
"O que a vida me roubou" é uma adaptação da novela "Bodas de Odio" (Televisa, 1983), que também serviu de base para a novela "Amor Real" (Televisa, 2003), esta última transmitida pelo SBT em 2004. A diferença principal de "O que a vida me roubou" das tramas anteriores é o tempo em que a história é ambientada. Esta se passa nos dias atuais, enquanto as duas versões anteriores são histórias de época.
No elenco nomes conhecidos como: Sebastián Rulli, Luis Roberto Guzmán, Daniela Castro, Sergio Sendel, Grettell Valdez, Éric del Castillo, Ana Bertha Espín, Rogelio Guerra, Gabriela Rivero, Alberto Estrella, entre outros.
A trama está prevista para Janeiro de 2017. Confira os primeiros promocionais e a abertura original da novela.