Notícias

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Aberturas de Novelas - La que no podía amar (Televisa, 2011)


Depois do grande sucesso de "Teresa", José Alberto Castro volta à TV em 2011 com "La que no podía amar", terceira versão baseada na radionovela homônima de Delia Fiallo escrita para a TV Mexicana. A novela conta a história de Ana Paula (Ana Brenda Contreras), uma jovem que consegue terminar o curso de enfermagem. Com a perda de seus pais, viveu ao lado do seu irmão Miguel (Osvaldo Benavides) na casa de sua tia Rosaura (Ana Bertha Espín), uma mulher ambiciosa e egoísta que finge ter problemas cardíacos para mantê-los controlados e por perto. Sua família passa por grandes problemas financeiros e consegue uma oportunidade de trabalho com a ajuda de Bruno (Julián Gil) para trabalhar como enfermeira na Fazenda Del Fuente.
Ana Paula conhece seu paciente Rogelio (Jorge Salinas) e se depara com um homem amargurado, cruel e sombrio. Desde que o fazendeiro sofreu um acidente e foi deixado por sua noiva Vanesa (Mar Conteras), nunca mais foi o mesmo e trata a todos com muita dureza, inclusive sua irmã Cynthia (Susana González). 
Resignada, Ana Paula se vê obrigada a aceitar o trabalho e conviver com uma pessoa tão difícil de se lidar. Ela conhece Gustavo (José Ron), um jovem engenheiro que vive com sua irmã Mercedes (Anaís), também enfermeira. A aproximação entre os dois desperta um novo sentimento em Ana Paula.
Quando tudo parecia caminhar bem, Miguel se envolve em um grave acidente e está prestes a ir para a cadeia. Rogelio diz a Ana Paula que pode ajudar o rapaz, desde que ela aceite se casar com ele. A garota acaba aceitando a proposta, depois que Rosaura e Bruno a fazem acreditar que Gustavo está morto.
Ana Paula ainda terá um longo caminho a percorrer e enfrentar muitos obstáculos até conquistar sua felicidade ao lado do homem que ama.
"La que no podía amar" fez muito sucesso no México e poderia ser uma forte candidata a ser exibida pelo SBT, ainda mais com o sucesso de Ana Brenda em "Coração Indomável" e "Teresa".
A abertura foi realizada pelo competente Pedro Torres, que transformou imagens em verdadeiras obras de arte. Brincando com o estático e os movimentos, os personagens parecem pintados. O tema principal Te dejaré de amar é interpretado por Reyli. Relembre mais um grande sucesso da TV.


0 comentários:

Postar um comentário