"A Rosa dos Milagres" será exibida pelo SBT

Série religiosa é grande sucesso no México e na América Latina.

Coluna: Guy Ecker em 5 faces

Vamos relembrar 5 faces importantes de sua carreira.

Canal Caracol estreia a novela "La Gloria de Lucho"

História está baseada na vida de famoso político colombiano.

Silvia frente a tí - Novos Promocionais

Bio série sobre Silvia Pinal estreia no México no dia 24 de Fevereiro.

Un Poquito Tuyo - Novos Promocionais

Novela estreia no México na próxima segunda-feira, dia 25 de Fevereiro.

Notícias

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

Aberturas de Novelas - Roda de Fogo (Globo, 1986)

Foto: Reprodução

Em 1986, "Roda de Fogo" foi produzida pela TV Globo. Escrita por Lauro César Muniz com a colaboração de Marcílio Moraes, a trama foi desenvolvida a partir de uma sinopse elaborada na Casa de Criação Janete Clair, fundada por Dias Gomes em 1985. 
Nesta história, Renato Villar (Tarcísio Meira) é um rico empresário, ambicioso e sem escrúpulos, que faz qualquer coisa pelo poder. Um dossiê de irregularidades em uma de suas empresas é revelado e provoca um grande escândalo no meio empresarial. A denúncia é feita por Celso Rezende (Paulo José), seu amigo, que acaba morrendo em condições suspeitas.
Para sair desta enrascada, Renato conta com o advogado Mário Liberato (Cecil Thiré), uma pessoa sem escrúpulos e que usará os piores recursos para livrar seu cliente. Neste contexto, surge Lúcia Brandão (Bruna Lombardi), uma juíza incorruptível designada para julgar o caso de Renato. Os dois acabam se apaixonando, e Lúcia passa a viver um grande conflito: como julgar o homem que ama? 
A vida de Renato tem uma reviravolta com a descoberta de um tumor no cérebro. A partir daí, ele modifica radicalmente seu comportamento: abandona sua esposa Carolina (Renata Sorrah) para viver um grande amor com Lúcia, passa a conta atacar o alto escalão de seu grupo financeiro pela traição e busca reconquistar o amor do filho Pedro (Felipe Camargo), que nasceu de uma relação do empresário com a ex-guerrilheira Maura Garcez (Eva Vilma), uma mulher que, na juventude, sofreu com a repressão da ditadura militar.
Toda a trama de "Roda de Fogo" foi desenvolvida a partir de uma ideia simples: a história de um empresário que descobria ter os dias contados e, a partir daí, fazia uma revisão de sua vida. Na ocasião, o diretor Daniel Filho precisava escalar uma nova novela para ocupar o horário das 8 da noite e apostou todas as suas fichas neste projeto.
No início, o público estranhou ao ter um vilão como protagonista da história. No entanto, quando Renato passa por uma profunda mudança, por conta de sua doença, ele conquista a simpatia e a torcida do telespectador. O final culmina com a morte de Renato, que embora tenha sido compreendida pelo público, muitos gostariam que o desfecho tivesse sido outro.
Na coluna desta semana, confira a abertura da novela. Usando técnicas consideradas modernas para a época, a sequência foi desenvolvida pelo designer Hans Donner. O tema principal, intitulado Pra Começar, é interpretado pela cantora Marina.

Créditos: TV Globo

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Un Poquito Tuyo - Novos Promocionais

Foto: Reprodução / Imagen Televisión

Faltando poucos dias para sua estreia no México, saíram os novos promocionais de "Un Poquito Tuyo" a nova novela do Imagen Televisón. Baseada na novela chilena "Tranquilo Papá", a novela gira em torno de um homem que começa a reavaliar sua relação com seus familiares, que só o enxergam como uma conta bancária que libera dinheiro à vontade.
No elenco, Jorge Salinas, Marjorie de Sousa, Lorena Herrera, Raúl Coronado, Daniel Tovar, Thali García, David Palacio, Alexa Martín, Eugenio Montessoro, Josh Gutiérrez, Camila Rojas, Christian de la Campa, David Caro Levy, Eva Cedeño, Nubia Martí, Solkin Ruz, Sergio Rogalto, Carlos Speitzer e os gêmeos Erick e Edmundo Velarde.
"Un Poquito Tuyo" conta com a adaptação de Rossana Negrín, direção de Víctor Herrera e Felipe Aguilar, produção geral de Rafael Gutiérrez e produção executiva de Agustín Restrepo e Aurelio Valcárcel. Sua estreia está marcada para a próxima segunda-feira, dia 25 de Fevereiro, às 7 e meia da noite, pelo Imagen Televisón.

Créditos: Imagen Televisión


Créditos: Imagen Televisión


Créditos: Imagen Televisión

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Coluna: Guy Ecker em 5 faces


Conhecido por seu trabalho em novelas hispânicas, Guy Ecker é brasileiro. Filho de americanos, viveu parte de sua vida em nosso país. Com várias novelas conhecidas em seu currículo, vamos relembrar cinco trabalhos de sua carreira.


Café con Aroma de Mujer (1994): Em um de seus primeiros trabalhos para a TV, Guy vive o personagem Sebastián, neto de Octavio Vallejo, um famoso patriarca do café, proprietário de grandes extensões de terra e um dos pioneiros nas atividades de exportação de seu país. Ao longo de 60 anos, o velho Octavio consolidou um grande patrimônio e transformou seu sobrenome em símbolo de poder e de prestígio em todos os setores da sociedade. O ponto de partida desta história é justamente a morte deste patriarca. 
Com o ocorrido, toda a família, que vive em diferentes países, reúne-se para a cerimônia. Sebastián encontra-se em Londres e decide viajar para a Colômbia a fim de assistir ao sepultamento de seu avô. Naquele lugar ele conhece e se apaixona por Gaviota (Margarita Rosa de Francisco), uma humilde catadora de café que trabalha nas propriedades de sua família. Sabendo que esta união não seria aceito pelos Vallejo, Sebastián e Gaviota decidem manter o romance em segredo. No entanto, uma série de enganos acaba separando o casal, que tomam rumos diferentes até voltarem a se encontrar alguns anos depois.
Em um dos trabalhos mais relevantes de sua carreira, Guy Ecker marcou época ao lado de Margarita Rosa de Francisco em uma novela apaixonante e inesquecível.


La Mentira (1998): Em sua estreia na emissora mexicana Televisa, Guy participou de uma das novelas de maior sucesso da década de 90. Em "La Mentira", Demetrio volta ao México para castigar a mulher responsável pelo suicídio de seu irmão. No entanto, ele não sabe de quem se trata e tem apenas algumas pistas que o levam à pessoa errada. 
Acreditando que Verônica (Kate del Castillo) é a culpada, Demetrio se casa com ela para poder executar sua vingança, e torna sua vida um verdadeiro inferno. Na realidade, a culpada pelo crime é Virgínia (Karla Álvarez), a prima de Verônica, que se envolveu com o irmão de Demetrio apenas para roubar tudo o que ele tinha.


Salomé (2001): Nesta adaptação de "Colorina", Guy viveu o protagonista Julio Montesinos, herdeiro de uma família da alta sociedade. Em uma noite, quando Diego (Sebastián Ligarde), seu cunhado, vai a um cabaré e não paga a conta, Salomé (Edith González) e Karicia (Niurka Marcos) vão à mansão Montesinos para cobrar a dívida. É neste momento que Julio e Salomé se conhecem e se atraem à primeira vista. Vindos de mundos diferentes, Julio é casado e sua esposa tem uma doença incurável. Do outro lado, Salomé sofreu grandes decepções na vida, mas acredita que trabalhando como dançarina no cabaré conseguirá sair da pobreza em um futuro não muito distante. 
Lucrécia (María Rubio), a mãe de Julio, sabendo que sua nora não poderia lhe dar um neto, decide propor à dançarina que gere esta criança e depois, entregue para os Montesinos. Salomé, ciente de que não terá futuro com Julio, a princípio aceita a proposta de Lucrécia. Mas quando a criança nasce, ela se dá conta de que jamais aceitará renunciar ao filho. Anos depois, a sombra de Lucrécia volta a interferir no destino de Julio e Salomé.
Apostando em uma história já testada, "Salomé", contou com a ótima química de Guy Ecker e Edith González, outro elemento de grande importância para o sucesso da novela.


Eva Luna (2010): Nesta coprodução da Venevisión Internacional e Univisión, o ator interpreta Daniel Villanueuva, um bem-sucedido publicitário, viúvo e pai de uma menina. É um homem solitário e com grande talento para investir em novos negócios. Considerado um dos homens mais cobiçados, muito por conta de sua condição financeira, sua vida muda completamente ao conhecer Eva González (Blanca Soto), uma jovem empresária que chega aos Estados Unidos em busca de uma vida melhor.
Surpreendendo positivamente, "Eva Luna" foi um grande sucesso no mercado internacional, sendo exibida em vários países da América Latina e Europa.


Por siempre mi amor (2014): Em seu retorno à Televisa, Guy é o protagonista da nova versão de "Mi Segunda Madre". Seu personagem, Arturo de la Riva, vive um casamento feliz com Eugenia (Luz María Zettina), com quem tem uma filha, Aranza (Karyme Hernández). Sonia (Dominika Paleta), sua cunhada, inveja o casamento de sua irmã e ama Arturo em segredo. Para tirar sua irmã do caminho, Sonia arma um plano que culmina com sua morte.
Imaginando que teria o caminho livre com seu cunhado. Arturo conhece Isabel (Susana González), uma designer de interiores que passou por uma grande decepção no seu casamento com Fernando (Héctor Suárez Gomis), em quem confiava cegamente.
Após estes golpes, Isabel e Arturo iniciam uma relação que terá que superar vários obstáculos, como a manipulação que Sonia exerce sobre Aranza para que não aceite Isabel e a sede de vingança de Fernando que, desde que saiu da prisão, jura acabar com Isabel quando terminar sua condenação.
Até o momento, "Por siempre mi amor" foi o último folhetim protagonizado por Guy Ecker. Nos anos seguintes, o ator realizou papéis em produções voltadas à TV americana. Ficamos na torcida para vê-lo de volta ao gênero que consolidou sua carreira artística e, de preferência, em uma grande história.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Silvia Pinal frente a tí - Novos Promocionais

Pôster oficial de "Silvia Pinal frente a tí"
Divulgação: Televisa

Já estão no ar os novos promocionais de "Silvia Pinal frente a tí", a nova produção de Carla Estrada que contará a vida da maior diva do cinema de ouro mexicano. Nesta jornada, conheceremos os seus momentos de maior sucesso e glória, contando também as passagens mais doces e mais amargas de sua vida.
A produção de 21 capítulos conta com um elenco de 370 atores, entre os quais se destacam Itatí Cantoral, Nicol Vale, Alberto Casanova, Fernando Alonso, Pablo Montero, Mane de la Parra, Eleazar Gómez, Harry Geithner, José María Galeano, Gonzalo Guzmán, Ernesto Laguardia, Arturo Peniche, Luis José Santander, Plutarco Haza, Gabriela Rivero, Leticia Perdigón, Roberto Blandón, María de la Fuente e Kenia Gascón, entre otros.
"Silvia Pinal frente a ti" estreia no México no próximo dia 24 de Fevereiro, às 10 da noite. Os capítulos seguintes serão exibidos de segunda à sexta-feira, na faixa das 8 e meia da noite, substituindo "Mi marido tiene más familia".


sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

TV Azteca anuncia estreia de "María Magdalena" no México

María Fernanda Yepes é a protagonista da série bíblica
Foto: TV Azteca

Depois de estrear em alguns países, como Panamá e Moçambique, a série bíblica "María Magdalena" será lançada no México, seu país de origem,  pelo canal Azteca 7. A produção da Sony Pictures e Dopamine está baseada na história da mulher que representa uma das personagens mais simbólicas da bíblia.
"María Magdalena" é um melodrama épico recriando a vida de uma mulher apaixonada durante os tempos de opressão. Uma mulher diferente do resto, alguém que desafiará as leis de uma sociedade corrupta inteiramente dirigida por homens. Como testemunha de um mundo cheio de traição e vícios, ela será forçada a fugir e tentar esquecer seu passado.
Na véspera de sua morte no deserto, ela encontrará Jesus, o homem que a fará entender o significado do amor verdadeiro, um amor puro e impossível destinado a despertar sua fé e o desejo de viver. Ela deixará de ser uma mulher rejeitada e se tornará a discípula mais importante do profeta nazareno.
María Fernanda Yepes, Manolo Cardona, Andrés Parra, Luis Roberto Guzmán, Diana Lein, César Mora, Juan Sebastián Calero, Vicente Peña, Danielle Ciénegas, Gustavo Sánchez Parra, Alejandro de Marino, Paquey Vasquez, Juan Manuel Lenis, Alejandro Buitrago e Luis Miguel González são alguns nomes que integram o elenco desta produção.
"María Magdalena" é uma história de Lina Uribe, Darío Vanegas e Jaqueline Vargas, escrita com a colaboração de Marcela Rodríguez e Jacques Bonnavent. A produção é de Daniel Ucros, com direção de Felipe Cano e Rodrigo Lalinde. A trama estreia no México na próxima segunda-feira, dia 18 de Fevereiro, às 9 e meia da noite.

Créditos: TV Azteca / Sony Pictures / Dopamine

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Aberturas de Novelas - Teresa (Televisa, 1989)

Pôster da novela "Teresa"
Foto: Montagem / Reprodução

Em 1989, Lucy Orozco produziu "Teresa" para a Televisa, uma novela escrita por Francisco Sánchez e Silvia Castillejos, baseada na história original de Mimí Bechelani. A trama é bastante conhecida por trazer uma protagonista bastante peculiar.
Teresa (Salma Hayek) é uma jovem bonita e inteligente, que procura desesperadamente sair da pobreza. Ressentida com a vida miserável que levou sua irmã, planeja usar sua beleza e inteligência como uma forma de entrar no mundo do luxo, ao qual sempre desejou pertencer. 
Para conseguir seu propósito, ela faz com que sua companheira de estudos, Aurora (Patricia Pereyra), entre em seu círculo de amizades. No convívio com a nova "amiga", ela conhece Raúl (Miguel Pizarro), primo de Aurora e um jovem milionário, um pouco neurótico e com tendências suicidas. Teresa se aproxima do rapaz se fingindo de rica, e usa sua beleza para seduzi-lo. 
Tempos depois, Raúl descobre que Teresa estava mentindo sobre sua condição social, mas como está completamente obcecado por ela, ele a perdoa. Os pais de Teresa aceitam o romance da filha com Raúl, justamente para o jovem não tentar tirar a própria vida. 
Conforme a história vai avançando, outros homens vão se rendendo aos encantos de Teresa, como o humilde Mario (Rafael Rojas) e o milionário Héctor de la Barrera (Daniel Giménez Cacho). No entanto, sua ambição desmedida trará consequências que afetarão sua vida e a de seus familiares.
Para o papel-título desta novela, a escolhida foi a então desconhecida Salma Hayek, sendo esta sua primeira e única protagonista de uma novela mexicana. Em entrevistas, Lucy Orozco comentou que ficou surpresa ao conhecer a atriz iniciante nos corredores da Televisa, pois ela tinha a atitude que a produtora queria para a protagonista de sua novela: "Eu a vi sentada, fora do escritório de meu chefe e lhe perguntei seu nome. Ela levantou a sobrancelha e disse soberba: 'Salma Hayek'. Eu lhe perguntei: Gostaria de fazer um teste para novela? Ela respondeu: 'Para que papel? O de protagonista?'. Respondi à ela que iria pensar. Mas naquele momento já sabia que ela era a Teresa que buscava", concluiu Orozco.
Assim como as versões anteriores (a original em 1959; outra em 1961, realizada para o cinema e uma terceira em 1965, um remake produzido no Brasil), "Teresa" foi um grande sucesso. A versão mais recente, produzida em 2010, pode ser vista novamente na tela do SBT em sua primeira reprise.
Na coluna desta semana, confira a abertura original da versão de 1989. O tema principal instrumental, que leva o nome da novela, foi composto por Guillermo Méndez Guiú.
Créditos: Televisa