Novelas turcas podem estar com os dias contados na Band

"Amor Proibido", que termina em Julho, poderia não ter uma substituta.

Elenco de "Contracara" se reúne para anunciar o início das gravações

Trama será protagonizada por Angelique Boyer e Michel Brown.

"Corazón Esmeralda" será exibida pela TV Aparecida

Novela foi produzida na Venezuela em 2014.

"Que pobres tão ricos" chega ao Brasil pelo SBT

Novela é protagonizada por Jaime Camil e Zuria Vega.

Notícias

terça-feira, 19 de junho de 2018

"Que pobres tão ricos" chega ao Brasil pelo SBT

Pôster oficial da novela "Que pobres tão ricos"
Divulgação: Televisa

Depois de muitas especulações, o SBT começa a divulgar a próxima novela da Televisa que irá substituir "Coração Indomável". Trata-se de "Que pobres tão ricos", uma história protagonizada por Zuria Vega e Jaime Camil.
"Que pobres tão ricos" foi produzida no México entre 2013 e 2014 por Rosy Ocampo ("Cúmplices de um Resgate", "Por ela sou Eva", "As tontas não vão ao céu", "A feia mais bela"). A novela é uma história de amor, romance, encontros, desencontros e um sem número de divertidas situações entre duas famílias que não tem nada em comum, mas que agora serão obrigadas a conviver na mesma casa. De um lado, os Ruizpalacios, milionários de linhagem, e do outro, os Menchaca, uma clássica família de bairro.
A estreia da novela está prevista para Julho. Confira o primeiro promocional e a abertura original da novela.


"Corazón Esmeralda" será exibida pela TV Aparecida

Pôster oficial de "Corazón Esmeralda"
Divulgação: Venevisión

Faltando alguns meses para o o final de "O Direito de Nascer", a TV Aparecida já decidiu qual trama será a substituta. Trata-se de "Corazón Esmeralda", novela venezuelana produzida em 2014 pela Venevisión. A informação é do site NaTelinha.
Escrita por Vivel Nouel, com roteiros de Zareth Romero, Juan Carlos Duque e José Manuel Espino, a produção é assinada por Romina Peña e Sandra Rioboo.
Inédita no Brasil, "Corazón Esmeralda" ressalta o interesse pela ecologia em prol da conservação do planeta, mas também nos traz uma história de amor com todos os ingredientes essenciais de um folhetim. A novela é protagonizada por Irene Esser e Luiz Gerónimo Abreu.

Logotipo em português da novela
Divulgação: TV Aparecida

Com o título traduzido para "Coração Esmeralda", a estreia está prevista para o dia 17 de Setembro, às 7 da noite, com reprise às 11 e meia da noite. Confira o trailer e a abertura original da novela.


segunda-feira, 18 de junho de 2018

Elenco de "Contracara" se reúne para anunciar o início das gravações

Michel Brown, Angelique Boyer e Alejandro Nones se reuniram 
para anunciar o início das gravações de "Contracara"
Foto: Twitter

Na última quinta-feira a produção de "Contracara", a nova série da Lemon Studios e W Studios para Televisa e Univisión, se reuniu para anunciar o início das gravações.
Depois de um breve período de descanso, Angelique Boyer volta à TV bastante empolgada com o novo projeto. Em sua conta pessoal, no Instagram, a atriz comentou sobre o encontro: "Deixe o show começar! Com este CLAQUETAÇO, iniciamos oficialmente as gravações. Agora sim! Quem quer ver Contracara? Que vontade marcar todos eles e começar a conhecê-los. Nessa reunião, senti todos com o coração nas mãos, prontos para formar o melhor time e criar essa história maravilhosa. Obrigada Leonardo Padrón pela carta. Você esteve ali em todos os momentos. Sucesso e bênçãos para todos".


Escrita por Leonardo Padrón, "Contracara" é uma história complexa de destinos que se cruzam no momento em que um magnata da mídia é assassinado no dia do seu casamento, ao mesmo tempo em que um assassino nos Estados Unidos é executado na cadeira elétrica. A alma do magnata é reencarnada no corpo do assassino e, por sua vez, a alma do assassino acaba no corpo de um professor de antropologia. Agora, todo homem não apenas terá que lidar com um novo corpo, mas também se adaptar a um novo espírito.
Michel Brown, Alejandro Nones, Claudia Martín, Macarena Achaga, Jessica Más, Bárbara López, são alguns nomes que formam o elenco da série. 
"Contracara" deve estrear no segundo semestre no México, pelo Las Estrellas, e nos Estados Unidos, pela Univisión.

domingo, 17 de junho de 2018

Novelas turcas podem estar com os dias contados na Band

Fatmagul", "Mil e Uma Noites", "Sila" e "Amor Proibido" 
são algumas das produções turcas exibidas pela Band
Foto: Reprodução

Sucesso de audiência pelo mundo, as novelas turcas podem estar com os dias contados no Brasil. De acordo com o jornalista Flávio Ricco, do UOL, corre nos corredores da Band a informação de que "Amor Proibido" será a última produção turca a ser exibida pela emissora, não tendo uma substituta. Por enquanto, não há nenhum comunicado oficial.
Caso a notícia se concretize, será uma decisão equivocada, pois entre os vários programas lançados sem sucesso na programação da Band, a exibição de novelas turcas mostrou-se um grande acerto. É preciso considerar que um público cativo começou a se formar em 2015, com a exibição de "Mil e Uma Noites", e pode aumentar com a escolha de novas histórias. 
O final de "Amor Proibido" está previsto para Julho.

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Delia Fiallo, autora de "Esmeralda", afirma que o narcotráfico e a violência destruíram as telenovelas

Escritora cubana foi a responsável pelo sucesso de histórias como 
"Esmeralda", Kassandra", "Cristal", entre outras
Foto: Reprodução 

Prestes a completar 94 anos, no dia 4 de Julho, Delia Fiallo fez uma reflexão sobre a atual safra de novelas. Em entrevista concedida à Agência EFE, a escritora afirma que as novelas de hoje abandonaram a fórmula do romance, passando a usar a violência e o narcotráfico como artifícios principais para conquistar novas audiências, destruindo o gênero que a tornou conhecida mundialmente.
"O conteúdo de uma novela não é a droga, o sexo, a violência ou o espetáculo, mas sim, os sentimentos. [...] Tratando de ganhar o homem com esta temática, perderam a mulher, que era o sujeito idôneo da telenovela, que tinha direito de sonhar, de ter desejos, de ver algo romântico", acrescentou Fiallo.
Dedicada atualmente em transformar suas novelas mais famosas em livros, Delia considera negativo o fato de narcotraficantes serem convertidos em "heróis" nas diversas produções que estão sendo levadas às famílias e aos lares de todo o mundo.
Nascida em Cuba, Delia Fiallo estudou Letras e Filosofia. Em Havana, no ano de 1949, começou a escrever radionovelas. Quando precisou abandonar sua terra natal, mudou-se para Miami com seu marido e seus cinco filhos. Nas décadas de 70 e 80, seus maiores trabalhos seriam realizados na Venezuela, para as emissoras Venevisión e RCTV. "Esmeralda" (1970), "Peregrina" (1973), "Una muchacha llamada Milagros" (1973), "Leonela" (1983) e "Cristal" (1985) são apenas algumas das histórias da veterana escritora que ganharam o mundo.
Com o passar dos anos, suas novelas ganharam novas adaptações em vários países. Como exemplos destacamos: "Topacio" (Venezuela, 1985), "María de nadie" (Argentina, 1985), "Kassandra" (Venezuela, 1992), "Guadalupe" (EUA, 1993), "El Privilegio de Amar" (México, 1998), "Luz María" (Peru, 1998), "Rosalinda" (México, 1999), "Cristal" (Brasil, 2006), "Cuidado con el Ángel" (México, 2006), "Un refugio para el amor" (México, 2012), entre outras.
Delia também rebateu as críticas de feministas que rotulam suas novelas como superficiais e escapistas, pelo fato de sempre enfatizar a busca pelo amor. "O que é considerado o enredo mais frívolo de uma telenovela é a busca por seu par, o que é muito importante para a felicidade, porque disso depende se você será afortunada ou não na vida", insistiu a escritora.

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Aberturas de Novelas - Zacatillo, un lugar en tu corazón (Televisa, 2010)

Pôster oficial da novela "Zacatillo, un lugar en tu corazón"
Divulgação: Televisa

Em 2010, Lucero Suárez produziu "Zacatillo, un lugar en tu corazón" para a Televisa. Além da função de produtora executiva, Lucero escreveu a trama ao lado de Carmen Sepúlveda e Edwin Valencia, baseados no argumento original de Pedro Paulo Quintanilla.
Nesta história, Karla Abreu (Ingrid Martz) é uma cantora de sucesso e precisa dar um tempo em sua carreira. Para isso, ela informa seu desejo a sua empresária Miriam (Laura Zapata). Temendo que Karla descubra que ela vem lhe roubando grandes somas de dinheiro, Miriam arquiteta a morte da cantora. 
Por causa de um compromisso profissional, Karla viaja para uma pequena cidade chamada Zacatillo. Lá, alguns comparsas de Miriam estão prontos para executar o serviço. Karla é dada como morta, mas ela consegue se salvar da armadilha e descobre quem planejou sua morte. Para conseguir justiça, Karla passa a usar a identidade  de Sara Villegas (o nome de uma prima muito distante) e se esconde na pacata cidade.
Como ninguém suspeita e nem descobrem que Karla está viva, Sara passa quase desapercebida em Zacatillo. No entanto, ela se reencontra com Gabriel Zárate (Jorge Aravena), um jovem que a conheceu quando era Karla em sua primeira visita à cidade. Gabriel fica confuso pois se apaixonou por Karla e não suspeita de que as duas são a mesma pessoa.
Os problemas aumentam quando Adriana (Carmen Becerra), que sempre esteve apaixonada por Gabriel e esperou anos para ser correspondida, começa a tramar um plano para separar o casal. Enquanto isso, Miriam e seu amante Fernando Gálvez (Mike Biaggio) começam a gravar um filme biográfico de Karla em Zacatillo, mas distorcendo a realidade e retratando a artista como uma pessoa ambiciosa, fútil e excêntrica.
Em Zacatillo tudo acontece. Como exemplos, há o caso da ex-vedete que se tornou primeira dama da cidade, a solteirona que tem um stripper sequestrado em sua casa, o machão que só recebe ordens da esposa ou a mulher que coloca chifres no namorado e está na boca do povo. 
"Zacatillo" apostou em personagens cativantes, no bom humor e na simplicidade, resultando em uma história divertida e bem contada. Por ora, a novela está engavetada no SBT, devidamente dublada desde 2016, quando estava praticamente certa para substituir "Mar de Amor". Se a novela terá uma oportunidade no Brasil, só o tempo irá dizer.
Na coluna desta semana, confira a abertura da novela. O tema principal, intitulado Hasta Mi Ultimo Día, é interpretado pela La Banda Original El Limón.