Fique por dentro da história de "Ringo"

Novela da Televisa é a grande estreia no México nesta semana.

Trilhas de Novelas - Tudo Por Nada (Pérola Negra)

Tema principal da novela do SBT foi interpretado por Paulo Ricardo.

Aberturas de Novelas - El Clon (Globo / Telemundo, 2010)

"El Clon" é a versão hispânica da novela "O Clone".

Verão 90 - Novos Promocionais

Nova novela das sete da Globo estreia neste dia 29 de Janeiro.

Fique por dentro da história de "Jugar Con Fuego"

Nova versão de "Amores Roubados" estreia no dia 22 de Janeiro.

Notícias

quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Aberturas de Novelas - Prova de Amor (Record TV, 2005)

Pôster da novela "Prova de Amor"
Divulgação: Record TV

Entre 2005 e 2006, a Record TV produziu uma das novelas de maior sucesso desde sua mais recente retomada à teledramaturgia. Escrita por Thiago Santiago, Altenir Silva, Anamaria Nunes e Luiz Carlos Maciel, "Prova de Amor" foi um divisor de águas na produção de novelas da emissora de Edir Macedo e a primeira produção do Recnov, o novo Centro de Produção de Dramaturgia da Record.
Na história, Daniel Avelar (Marcelo Serrado) e Clarice Luz (Lavínia Vlasak), pais de Mariana (Júlia Maggessi), chamada de Nininha, tinham tudo para serem felizes. Amavam-se e estavam em franco progresso em suas vidas profissionais. Daniel é um jovem advogado que foi aprovado no concurso de Direito para ser defensor público e Clarice é uma jovem estudante de Biologia, que está fazendo mestrado em Ecologia e Educação Ambiental. A gravidez e a iminente vinda da pequena Mariana fazem com que os dois decidam se casar e constituir família. A união de Clarice e Daniel acaba sofrendo com as articulações do mau-caráter Lopo Jr. (Leonardo Vieira), que, apaixonado por Clarice, não poupa esforços para destruir a vida de seu inimigo. Nininha é sequestrada a mando de Lopo Jr., que a entrega para os vilões Elza Socorro (Vanessa Gerbelli) e Vicente Pestana (Luiz Henrique Nogueira), que usam crianças sequestradas como pedintes de esmolas nas ruas da cidade. Além da trama principal, há a história dos gêmeos Eduardo (Pedro Malta) e Joãozinho (Pedro Malta), que, separados aos nascer, um deles acaba tendo uma vida difícil, sendo obrigado a pedir dinheiro nos faróis da cidade. Eles são filhos da médica Joana (Bianca Rinaldi), que pesquisa células-tronco e casada com o fotógrafo Felipe (Heitor Martinez). Quando Joana deu à luz aos gêmeos, um deles foi roubado da maternidade.
O sucesso de "Prova de Amor" chegou a roubar pontos preciosos de "Bang Bang", que não vinha fazendo o sucesso esperado, e também do Jornal Nacional, com quem competia diariamente durante alguns minutos. Com uma estética, iluminação e fotografia idênticas às novelas globais, além da contratação de artistas conhecidos do público, a novela foi a responsável pelo salto de qualidade na produção de novelas da Record TV. Planejada para 143 capítulos, a novela ganhou 54 capítulos e posteriormente, mais 32, terminando com 229 capítulos.
Na coluna desta semana, relembre a abertura da novela. O tema principal é uma versão da cantora Karla Sebah da música O Barquinho, sucesso da bossa nova composto por Roberto Menescal e Ronaldo Bôscoli, que ficou conhecido nas vozes de Nara Leão, Maysa, Elis Regina e João Gilberto.

Créditos: Record TV

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Aos 42 anos, morre o ator Caio Junqueira

Caio Junqueira
(1976 - 2019)

Na madrugada desta quarta-feira, morreu o ator Caio Junqueira. Ele estava no Hospital Miguel Couto desde o dia 16 de Janeiro, quando bateu o veículo contra uma árvore e capotou. A notícia do falecimento foi confirmada pela Secretaria de Saúde do Rio. 
Caio de Lima Torres Junqueira nasceu em 20 de Novembro de 1976, no Rio de Janeiro. Vindo de uma família de artistas, Caio era filho do ator Fábio Junqueira e irmão do ator Jonas Torres.
Desde muito jovem, Caio já mostrava um grande talento para as artes. Seu primeiro papel na TV foi em 1985, no seriado “Tamanho Família”, da extinta TV Manchete. Logo depois, participou do seriado “Armação Ilimitada”, da TV Globo, ao lado de Jonas Torres.
O currículo do ator coleciona diversos trabalhos em novelas e minisséries como “Desejo” (Globo, 1990), “Engraçadinha” (Globo, 1995), “Hilda Furacão” (Globo, 1998), “Malhação” (Globo, 1998), “Chiquinha Gonzaga” (Globo, 1999), “Um Anjo Caiu Do Céu” (Globo, 2001), “A Escrava Isaura” (Record TV, 2004), “Ribeirão do Tempo (Record TV, 2010), “José do Egito” (Record TV, 2013), entre outros.
No cinema, participou de filmes como “O que é isso, companheiro?” (1997), “Central do Brasil” (1998), “Abril Despedaçado” (2001), “Zuzu Angel” (2006), “Tropa de Elite” (2007), entre outros.
Seu último trabalho foi em 2018, na série política “O Mecanismo”, no papel de Henrique Villa Verde.

terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Coluna: Adela Noriega em 5 faces


Considerada uma das atrizes mais queridas das telenovelas, Adela Noriega começou muito jovem na carreira artística. Enquanto suas novelas não passavam desapercebidas, sua vida pessoal nunca foi exposta aos holofotes. Há mais de 10 anos afastada da TV, vamos relembrar as suas 5 faces mais marcantes.


Quinceañera (1987): Nesta novela adolescente, Adela interpretou Maricruz, uma jovem de origem humilde que era apaixonada pelo mecânico Pancho (Ernesto Laguardia). Sabendo da condição do rapaz, Carmen (Julieta Egurrola), mãe de Maricruz, não aprova a relação. Ela deseja fazer uma festa de quinze anos para Maricruz bem acima das possibilidades da família, e sonha com a filha se casando com um milionário, como Sergio (Fernando Ciangherotti), o primo de Beatriz (Thalía). Maricruz também é alvo das investidas de Memo (Sebastián Ligarde), um perigoso líder de uma gangue de adolescentes bandidos e usuários de drogas.
"Quinceañera" foi a primeira novela adolescente a abordar temáticas polêmicas como as drogas e o estupro. Nesta história, Adela dividiu créditos com Thalía. Aqui se via o início de duas futuras estrelas das telenovelas.


Guadalupe (1993): Depois de emplacar seus primeiros sucessos na Televisa, Adela é contratada pela Telemundo e protagoniza "Guadalupe" ao lado de Eduardo Yañez. Nesta história, Guadalupe é fruto do relacionamento do poderoso empresário Ezequiel Zambrano (Miguel Gutiérrez) com sua empregada. Ficou órfã assim que nasceu e viveu ao lado de Catalina (Isaura Mendoza), a melhor amiga de sua mãe. Anos depois, ela decide sair em busca de seu pai. O destino coloca pai e filha frente a frente, mas também Alfredo Mendoza (Eduardo Yañez), seu grande amor, que busca ajustar contas com Ezequiel pela morte de toda a sua família.
"Guadalupe" foi um dos grandes sucessos da Telemundo na década de 90. Além da história, parte do sucesso se deve à química entre Adela Noriega e Eduardo Yañez, que já havia sido testada em "Dulce Desafio" (Televisa, 1988) e se repetiria anos mais tarde, em "Fuego en la Sangre" (Televisa, 2008).


María Isabel (1997): Em seu retorno triunfal à Televisa, Adela tem o desafio de interpretar a heroína da nova versão de um clássico. Em "María Isabel", a atriz interpreta uma índia que ao conquistar a maioridade vai buscar trabalho na capital. Após algumas aventuras, ela acaba indo parar na mansão do arquiteto Ricardo Mendiola (Fernando Carrillo) e acaba se apaixonado por seu patrão. Quando os dois se casam, María Isabel terá que enfrentar as provocações e as críticas da alta sociedade por causa de sua origem humilde. 
Em "María Isabel", Adela se tornaria a grande estrela das novelas da Carla Estrada, sendo convidada para outros futuros projetos da produtora.


El Privilegio de Amar (1998): Depois do grande sucesso de "María Isabel", Adela Noriega volta a repetir a parceria com a produtora Carla Estrada. Nesta nova versão da novela "Cristal", a atriz viveu Cristina, uma jovem que foi abandonada ao nascer e passou boa parte de sua vida no convento. Quando decide sair em busca do sonho de ser modelo, ela aluga um apartamento que divide com Lorenza (Sabine Moussier), uma jovem sincera, mas descontente, e com Magnólia (Isadora González), uma estudante universitária e trabalhadora incansável. Ao conseguir trabalho na casa de moda da estilista Luciana Duval (Helena Rojo) Cristina não imagina que está perto de sua verdadeira mãe. Mas nem tudo são flores, pois Luciana impedirá que seu enteado Víctor Manuel (René Strickler) tenha algum relacionamento com ela, nem que para isso precise prejudicá-la.
"El Privilegio de Amar" teve a difícil missão de substituir "La Usurpadora" tanto no México como no Brasil. Em mais um trabalho de sucesso, Adela emocionou os telespectadores com esta grande história.


Amor Real (2003): Em mais uma parceria de sucesso com Carla Estrada, Adela protagoniza uma novela de época ao lado de Fernando Colunga. Nesta história, sua personagem é Matlide Peñalver y Beristain, a filha de um renomado general e uma bela aristocrata. Apaixonada pelo tenente Adolfo Solís (Mauricio Islas), um homem sem posses, ela é obrigada por sua mãe a se casar com um homem rico para salvar a família da ruína. É aí que aparece Manuel Fontes Guerra (Fernando Colunga), um fazendeiro dono de uma grande fortuna. Com o passar do tempo, a relação tumultuada acaba se transformando em amor.
"Amor Real" foi uma novela bastante elogiada pela sua qualidade de produção e por seu elenco de luxo. Adela e Colunga formaram um dos casais mais inesquecíveis das novelas mexicanas.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

SBT adquire direitos da série mexicana "La Rosa de Guadalupe"

"La Rosa de Guadalupe" será uma das novas apostas do SBT
Foto: Reprodução

Grande sucesso da televisão mexicana, a série "La Rosa de Guadalupe" foi adquirida pelo SBT. A informação é do jornalista Flávio Ricco, do UOL. 
Ainda sem data de estreia ou previsão de horário de exibição, a série deverá ser rebatizada como "Rosa dos Milagres".
"La Rosa de Guadalupe", produção da Televisa, é um dos programas mais assistidos do momento. Exibida diariamente na faixa das 19 horas, a atração consegue, de forma frequente, superar a audiência das novelas mexicanas do horário nobre.
Escrita por Carlos Mercado, com produção geral de Miguel Ángel Herros, a série apresenta histórias dramáticas com protagonistas que enfrentam muitas situações difíceis da vida real, onde os únicos recursos para progredir são a fé e a devoção.
"La Rosa de Guadalupe" estreou no México em 2008, tornando-se um coringa na programação do Las Estrellas. A produção tem grande apelo junto ao público católico, sendo exibida com sucesso em vários países da América Latina.

domingo, 20 de janeiro de 2019

Fique por dentro da história de "Ringo"

Banner promocional de "Ringo"
Divulgação: Televisa
"Ringo, la pelea de su vida", ou simplesmente "Ringo", é a história de um lutador nato que não medirá esforços para vencer os obstáculos e construir seu destino. Uma história de fraternidade e solidariedade, em que a luta pelo amor e pela vida prevalecem.
A trama gira em torno de um jovem que dedicou sua vida ao boxe e no auge de sua carreira perde o título nacional ao receber a notícia da morte de seu irmão. A partir deste momento, Ringo (José Ron) se afasta dos ringues. 
Gloria (Gabriela Carrillo), sua esposa, decide abandoná-lo para ir morar com Turco (Alfredo Gatica), seu principal rival nos campeonatos. A decisão de Gloria deixa Ringo sozinho com seu filho Santi (Patricio de la Garza).
Tempos depois, Gloria reaparece para reivindicar a custódia de seu filho. Ringo terá que conseguir um emprego que lhe forneça uma renda fixa para continuar com Santiago. Dessa maneira, Ringo decide voltar aos ringues com o objetivo claro de tornar-se um campeão de boxe.

Conheça os principais personagens desta história: 

Divulgação: Televisa
Ringo (José Ron): Lutador de boxe de origem humilde. Solidário, bom pai e bom filho, sempre luta pelo que deseja. Suas maiores lutas serão fora dos ringues, pois precisará brigar pela custódia de seu filho e conquistar o amor de Julia.

Divulgação: Televisa
Julia (Mariana Torres): Mulher comprometida com o meio ambiente, luta para proteger as pessoas de uma comunidade dos danos causados por uma fábrica. Formada em medicina, presta seus serviços às pessoas mais carentes. Embora seja firme em suas convicções e comprometida com Diego, ela se apaixona por Ringo.

Divulgação: Televisa
Diego (Jorge Poza): Namorado de Julia, costuma colocar sua ambição desmedida acima do relacionamento. Ele gerencia a carreira de Turco, o rival de Ringo no boxe. Lutará por Julia e para atingir seus objetivos a qualquer preço.

Divulgação: Televisa
El Turco (Alfredo Gatica): Grande rival de Ringo, deseja agradar Gloria em tudo. Ele vai ajudá-la a ganhar a custódia de Santi e derrotar Ringo tanto no ringue, como no amor.

Divulgação: Televisa
El Oso (César Évora): Mentor e patriarca de todos no clube do boxe, é um grande treinador que aparenta ser muito duro, mas possui um grande coração. Dono de um grande talento para a música, compôs vários temas musicais que acabaram sendo plagiados. Ele foi ferido por um amor do passado, que teve como fruto um filho, que saberá muito mais tarde.

Divulgação: Televisa
Iván (Otto Sirgo): Pai de Julia e de Brenda, é dono de uma cervejaria e patrocinador das lutas de boxe. Acredita que Diego é o genro perfeito e confia plenamente nele, a ponto de não suspeitar de que algum dia ele possa trair sua confiança.

"Ringo" é uma história adaptada por Lucero Suárez, Carmen Sepúlveda, Luis Reynoso, Lorena Salazar e Maykel R. Ponjuan, baseada na obra original de Adrián Suar e Leandro Hernán Calderone. A direção está a cargo de Jorge Robles e Claudia Aguilar, com produção geral de Lucero Suárez. Sua estreia no México está prevista para esta segunda-feira, dia 21 de Janeiro, às 6 e meia da tarde, pelo Las Estrellas.

Fonte: Televisa

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Fique por dentro da história de "Jugar Con Fuego"

Pôster da série "Jugar Con Fuego"
Divulgação: Telemundo

Nesta história, Fabrizio (Jason Day), um homem atraente e sensual, que invade a vida de três mulheres: Camila (Gaby Espino) e Martina (Margarita Rosa de Francisco), mulheres casadas que são grandes amigas, e Andrea (Luara Perico), filha de Martina. 
Recém-chegado do México, a presença de Fabrizio perturbará a vida das casas de uma próspera zona cafeeira da Colômbia. Além disso, a sua incursão no território proibido confirmará que brincar com fogo pode ter consequências terríveis.
"Jugar Con Fuego" é uma coprodução da Rede Globo e Telemundo. Escrita originalmente por George Moura, o roteiro foi conceituado por Marcos Santana e adaptado por Julia Montejo e José Luis Acosta. A direção é de Mafer Suárez e Riccardo Gabrielli.
No elenco, Jason Day, Carlos Ponce, Margarita Rosa de Francisco, Gaby Espino, Laura Perico, Tony Plana e Marcelo Serrado.
"Jugar Con Fuego" estreia nos Estados Unidos na próxima terça-feira, dia 22 de Janeiro, às 9 da noite, pela Telemundo

Fonte: Telemundo Internacional